Contemplação!

Imagem:Google

Aqui sozinho
Sentado na areia fina
Contemplando o mar

 Olho para tudo sem ver
Pensando em você

 Sinto a brisa do vento trazendo seu cheiro
Percebo seu sabor ainda  dentro de mim
Com a saudade me envolvendo
Meu coração fica cansado
 Tanto desejo de sua presença

Gostaria da  doce magia
De ter parado o tempo
Quando dormi contigo nesta areia fina
Fazendo dela o leito de um amor urgente
Nossos corpos ao ritmo das ondas
Gemerem abafados pelo chuá chuá
Da onda que molhava nossos corpos
Misturando frio com prazer

Agora...
Com a saudade batendo forte
O sol lentamente adormecendo

Vejo um barco surgindo
Penso que você está voltando

Para que eu possa dizer
Neste silêncio que não me acalma

Como eu sinto a sua falta!

Autor: FelisJunior
 Postagem original 19/11/2011

Imagem: Google

"Se pedires minha vida
Te darei sorrindo
Se pedires que eu vá embora
Para sempre partirei
Mas não peças para te esquecer
Pois jamais te esquecerei."

Comentários

Descer Página
  1. Oi Felisberto!
    Ah é isso mesmo! Logo eu to bem de novo, liga não a vida segue seu curso!
    Nossa fui a primeira a comentar! Que milagre de sorte!
    Bom nem preciso dizer que é mais um poema bem escrito!
    bjs e bom findis de novo!

    ResponderExcluir
  2. Lindo demais meu amigo...mas o amor nos faz isso. Nos ama e depois vai embora deixando saudades.
    Uma bela noite. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  3. Ah, meu querido amigo, nada como o Mar pra nos trazer inspirações poéticas...Nada como a maresia, a areia molhada, o sol lentamente adormecendo...(lindo isso..."o sol lentamente adormecendo")pra nos encher a alma de poesia...
    Eu lhe digo isso com convicção, porque vivi uma história de amor e paixão a beira mar...Hummm, eita madrugada pra recordar, liga não...são devaneios da tua amiga,que ao ler teu poema, alavancou em mim lembranças adormecidas...
    Te adoro , Felis!
    Beijos e abraços, de fã!

    ResponderExcluir
  4. Amor tambem espero por ti. Um abraco desses bem apretadinho. Te Amooooo. Beijos bom sabado. sua Nina

    ResponderExcluir
  5. Lindo amigo, parabéns
    olá amigo Junior vim aqui pedir o seu voto em minha poesia, desde já agradeço, beijos e muitas flores em sua vida

    ResponderExcluir
  6. Bom dia!!
    "...e sentado la olhando o mar
    fiquei a te cntemplar, pensando
    e tentando entender porque pessoas tem que partir e outras tem que ficar...Sem resposta, fiquei sentado la e o Mar a contemplar!"
    Desejo um bom dia!
    Bjinhos salgados...Maresiados!
    Sua Amiganja!

    ResponderExcluir
  7. Bom dia!!
    "...e sentado la olhando o mar
    fiquei a te cntemplar, pensando
    e tentando entender porque pessoas tem que partir e outras tem que ficar...Sem resposta, fiquei sentado la e o Mar a contemplar!"
    Desejo um bom dia!
    Bjinhos salgados...Maresiados!
    Sua Amiganja!

    ResponderExcluir
  8. fazer uma poesia assim tão
    linda e vendo o Mar fica melhor
    ainda..tenha um final de semana
    bem alegre,e com novas ideias.
    Abraços Rita!!!

    ResponderExcluir
  9. Este poema é o que toda mulher gosta de ouvir, parabéns! Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  10. clap clap clap clap parabéns Júnior pelo teu espaço, escritos dignos de um pena de ouro... Sou a Lindalva da Ilha e administradora do Ostra da Poesia, teu voto 6º Pena de Ouro foi computado com sucesso... beijos perfumados no coração!

    ResponderExcluir
  11. Felisberto, mais um belo poema.

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  12. Oi Felisberto !!
    Que poema lindoo !!
    *-*
    bastante tocante e profundo !!
    Abração !
    :D

    ResponderExcluir
  13. Maravilha, nada como olhar o mar, mesmo num momento de saudade fica mais suportável, adorei.

    ResponderExcluir
  14. Olá querido Felis,

    Ontem, não estivemos "juntos", porque nos foi impossível, mas, hoje, estamos, estávamos, agora é já passado, com saudades um do outro, porque, agora, estamos aqui conversando, agradavelmente.
    Deu para notar, né?

    E por falar em saudade, seu poema transborda nela e dela.
    Ela, seu amor, lhe pode pedir tudo, menos, que a esqueça.
    Bonito! Mas por "morrer" uma andorinha não acaba a Primavera, sabe disso.

    Se for a vontade de ambos, que ela regresse, repleta de amor para lhe dar.

    Bom fim de semana.
    Beijos de luz.

    ResponderExcluir
  15. NINA, é o nome dela.
    Belo e doce.

    Beijo de luz.

    ResponderExcluir
  16. Pois é Felisberto...O amor faz coisas neh, nos faz perder o chão,mexe com a emoção, enlouquece o coração!
    =D
    E quanto a seguir o meu blog, só agora que o Blogger disponibilizou o Gadgets seguidores, então é simples, passe o mouse no lado direito da tela,mais ou menos na altura do título da postagem, onde fica a barra de rolagem, abre uma janelinha seguidores , é só clicar e seguir.

    Bom fim de semana!
    Bjos

    ResponderExcluir
  17. Linda poesia Felisberto,o amor é dessas coisas, bom final de semana, beijos.

    ResponderExcluir
  18. Olá, Felisberto

    Passo por aqui exclusivamente para lhe apresentar o Ostra da Poesia, este blog criado pela blogueira Lindalva visa somente a integração entre blog poéticos desta imensa blogosfera. O Ostra, sempre realiza um pequeno concurso interno nomeado como "Pena de Ouro" onde oito poesias ficam concorrendo a um selinho que o blog oferece como honra ao mérito. Enfim chegamos na sexta edição do concurso e consegui fazer minha inscrição estando entre os oitos primeiros selecionados na primeira fase do concurso. Passou por aqui, não para te pedir um voto! Gosto de competir, mas de forma justa e igualitária... Venho aqui lhe cedendo o link de acesso a página para que possa ler as poesias concorrentes e votar na que mais lhe agradar. Apresento abaixo dois links de acesso ao Ostra, o primeiro te leva diretamente a página do Ostra da Poesia que te ensina como votar no concurso aberto e ainda como poderá participar em uma edição futura. O segundo link te leva diretamente a página do concurso, para votar é simples: você deve ler as poesias, em seguida clicar em comentar e no comentário você escreve a poesia que na sua opinião merecia a premiação e deixe o link do seu blog para que a moderadora do Ostra possa passar a interagir com você.
    1- http://ostra-da-poesia.blogspot.com/
    2- http://ostra-da-poesia-as-perolas.blogspot.com/

    * Conto com sua participação! Abraços, as votações encerram no próximo dia 12. Até mais =)

    ResponderExcluir
  19. obrigada pelo seu carinho e pelo seu votinho, me deixou muito feliz, beijos

    ResponderExcluir
  20. Ola Felis,

    Muitas vezes fiquei assim contemplando o mar, observando o movimento das ondas o vai e vem dos barcos, sentindo o vento no rosto, essas coisas... Nos faz pensar com mais clareza sobre os assuntos da vida!

    Abraços, Flávio.

    --> Blog Telinha Critica <--

    ResponderExcluir
  21. Que poesia maravilhosa!
    Muito bem escrita e transbordando de amor.

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. Oi amigo que lindo poema!!!!

    Contemplar é maravilhoso, e recarrega a alma. Independente de qual motivo dessa contemplatação.

    Tenha um lindo final de semana.
    Beijinhos de paz.
    Lua.

    ResponderExcluir
  23. Que maravilha de texto Felisberto,bom fim de semana!Abraços

    ResponderExcluir
  24. Olá Felis!!
    O que o amor nos faz!!!
    Um sábado maravilhoso,amado amigo!!!
    Beijos carinhosos no core!!
    Soninha!Bye!!

    ResponderExcluir
  25. A contemplação de uma bela paisagem sempre nos traz à lembrança pessoas e momentos vividos, mesmo que acompanhados da saudade. Bjs.

    ResponderExcluir
  26. Que inspiração vinda do vento, do mar, da brisa...
    Assim contemplando a paisagem linda de Santos fica fácil escrever lindas palavras!
    Querido, estive passeando hj no aquario com a família! Que legal que já tem o Leão marinho. E como está tudo lindo por lá.
    Estou esperando o Orquidário abrir...demora...
    E que bom receber elogios seus!
    "Linguagem simples", bem bacana eu transmitir isso, porque sou o que escrevo!
    Beijos querido venha sempre me ver!

    ResponderExcluir
  27. Ótimo poema, como sempre...
    Como já comentei em outra postagem, quando a gente ama, vê sentido em poemas de amor.. sempre lembro do meu amado quando leio teus versos.

    Nem sei mais o que comentar, pois você exprime tão bem a emoção, a paixão.. puxa!

    ResponderExcluir
  28. Essa contemplação veio acompanhada de uma grande saudade, não!? Acho que a saudade vem sempre acompanhada de recordações. Boas recordações são sempre bem vindas, mesmo que às vezes doa no peito!

    Adorei!!!

    Ah, obrigada pelo comentário lindinho, sobre o dia da mulher! Vc é um fofo, sempre!!

    bjks JoicySorciere => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  29. Oi amigo,
    adoro vir aqui e ler os seus poemas de amor. Nessa contemplação marítima é certo que iria brotar desse lindo coração versos tão românticos. Parabéns... o texto é maravilhoso, aliás, como tudo que você escreve.
    Beijos grandes
    Gracita

    ResponderExcluir
  30. Oi amigo,
    adoro vir aqui e ler os seus poemas de amor. Nessa contemplação marítima é certo que iria brotar desse lindo coração versos tão românticos. Parabéns... o texto é maravilhoso, aliás, como tudo que você escreve.
    Beijos grandes
    Gracita

    ResponderExcluir
  31. Que lindo poema!
    Que linda paisagem. Eu amo o mar, basta dizer que eu nasci e me criei numa cidade praiana. É a minha primeira vez por aqui, mas já estou te seguindo. Amei.
    Bjos.
    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. Que lindo... e romântico! E um pouco triste também. Uma mistura de emoções!
    Aprecio teu jeito de escrever que entra dentro da gente, dos nossos sentimentos e emoções.
    Beijos e bom domingo!

    ResponderExcluir
  33. O amor quando é intenso, deixa marcas, deixa aroma, deixa cheiros e gostos que se imortalizam na nossa alma. Mas a vida continua e mesmo se arrastando a gente tem que continuar nao é mesmo Felis??
    Lindo querido.
    Beijokas doces

    ResponderExcluir
  34. Adorei...
    As vezes vivemos momentos tao lindos e tao intensos que carregamos conosco pra toda vida...

    ResponderExcluir
  35. Muito bonito, retrata bem a saudade de um grande amor. Bem expressivo e intenso. E mostra como a saudade dói.
    Abraços

    ResponderExcluir
  36. Com toda ausência de exagero.. Ando outrora bem sensivel.. Quao poético e profundo teus versos, chorei ao lê-los..
    Que intensa essa saudade, ao ver um barco contenta-se por esperança de ter de volta a pessoa amada.. Embora ela nunca ter partido do coração!

    Beijos! Bom domingo!

    ResponderExcluir
  37. Boa noite amigo querido,

    Nem preciso repetir que por meio dos seus verso, observei o mar e contemplei as estrelas.

    Saudades de você! Beijos e bom domingo.

    Lu

    ResponderExcluir
  38. Relembrar um amor sentado na beira da praia e olhando a vastidão do mar..é prá matar mesmo. A saudade dói mas, é bom mesmo assim lembrar aquele momento alucinante. Belo poema. Uma boa semana prá você e um final de domingo cheio de muita Luz e Paz. Beijos carinhosos.
    PS: Eu também sou muito tímida pessoalmente, mas aqui escrevendo eu sou outra...Beijos.

    ResponderExcluir
  39. Oi meu qrido..
    td bm?
    saudades
    não esqueci e nem vou esquecer daqui e de vc tá
    abraços
    c cuida
    e seja felizzzzzz *--* no amor, na saude, na VIDA
    Deus te cuide

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Subir Página