Postagens

Mostrando postagens de 2017

Mais nada de você

Imagem
A noite estava fria e poucas estrelas brilhavam no céu escuro.
Saí de casa num passo silencioso. Tudo para passar despercebido. Respirei aquele ar que sempre me faz sentir tão bem.  Mas tua lembrança não me deixa. 
Não me deixa repousar o coração.
Fechei os olhos e sorri com toda a minha força. Senti-lhe o cheiro, senti-lhe a alma, a tua voz na minha cabeça, o teu corpo a cercar-me, a tua mão no meu ombro , os teus lábios na minha boca.
Olhei para o lado, te procurei.  Tardei em compreender realmente. Não existe mais nada  de você.
Eu paro por aqui. 
Não insisto mais.  Prometo-me que farei de tudo para reencontrar toda a força . Amor próprio para mudar o que está errado.  Renascer para uma nova luta, para um novo amor . Para uma nova vida.
Todo o resto apenas atenuará a saudade. ° [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!]
°

Pai

Imagem
Não importa se foi pouco o tempo que passamos juntos.
O que importa é que em tão pouco tempo tanto aprendizado tive.

Não importa se foi difícil superar a dor da sua perda e a saudade. 
O que importa  é  que  se algumas lágrimas ainda se vertem ante a falta física do seu  sorriso, do seu abraço , de uma palavra sua,  essas nunca serão suficientes para apagar as doces lembranças .

Pois é, um dia você se foi.
Todavia, com a  sua ausência, a compreensão da dimensão do ser eterno.
 É todo dia, toda hora; apesar de invisível,   continuamos juntos; sinto-o presente, dentro de mim, feliz...

[Feliz Dia dos Pais!]
° [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!]
°
O dinâmico ambiente da blogosfera produz sempre leitores novos e eventuais. 
Na realidade do momento - e há muito,  "salvo  especiais exceções, disponibilidade e vontade" -  este blogueiro-autor-blog não está interagindo/reciprocando pela blogosfera/redes afora.
As publicações continuam sendo efe…

O sofá

Imagem
Não é um sofá muito grande, mas dá para esticar e me soltar um pouco. 
Respiro fundo ,  fecho os olhos e  contrastando com o forte calor que  faz,   sinto a brisa leve e fresca do ventilador. 
E ali fico.
E penso. 
O que gostaria de ter dito.
 Que  apenas ficou na intenção.
 Não saiu. 
Limitei-me ao silêncio.

'Gosto de um sofá apertado, um colo para deitar,  um filme romântico ,  uma bacia de pipocas quentinhas e um abraço demorado,' era o que eu queria falar, mas obviamente  não falei.
Se tivesse falado as coisas poderiam ser diferentes.
 No entanto, tenho que  aceitar que as pessoas  não depositam esperanças e nem  permanecem, se não há qualquer razão para quererem.
E agora é tarde.

E é tarde mesmo, está na hora de ir dormir.
Mais um dia chega ao fim.  
Mais um dia que fico sozinho no sofá.
Se pudesse ter mais do que um neste sofá, melhor ...

... um dia eu troco o silêncio .  
Pela coragem de falar. 
° [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!]
°

Desejo que me invade

Imagem
No espelho largo e contínuo de bordas douradas, consigo enxergar teu reflexo, 
de quando meus desejos  eram satisfeitos.
 Teus lábios volumosos nos quais eu me perdia em deleite, a tua pele despida de cor, 
quente, que arrepiava a minha, despertas as asas de um homem sonhador.

Desejo-te, 
Presente entre os meus dedos, 
Verter esse desejo que me invade.
° [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!]
°

Com ou sem

Imagem
Estou vendo o confronto
Nesta hora confusa e serena
Desta maldita e bendita noite
Onde a esperança insiste
Nem muito, nem pouco
Em uma sentença possível 
Neste seu coração 
Que abre, que fecha 
Que dilata, que diminui

Se não for sim
O amor acaba
No desenlace das almas 
 E no olhar a despedida
 Se o amor acabar
É para recomeçar 
A qualquer segundo
Em qualquer lugar
De manhã, de tarde, de noite

Com ou sem
Não me movimento no escuro
Eu fico por aqui
Por que ir embora?
A dor se perde no tempo
° [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!]
°

É assim que tem que ser

Imagem
 Aproximadamente cinco e trinta da manhã.  Fiquei deitado decidindo se deveria me levantar ou esperar até que pegasse no sono novamente.  Olhei o relógio novamente.  Seis horas.  Vou acordar, e vou sim. 
Dei um suspiro enquanto me levantava da cama .  Andei preguiçosamente até a porta do guarda roupa.  Vesti-me, peguei meu notebook e celular, desci as escadas e me arrastei até a cozinha. Enchi uma xícara de café e sentei no balcão, bebendo vagarosamente. Ajeitei o cabelo com a ponta dos dedos. Mordi os lábios e pensei na vida. 
Passaram-se algumas semanas de silêncio, e como ninguém me mostrou um botão para ligar e desligar pensamentos, as  palavras dela continuavam a se repetir em minha cabeça, como um eco retumbante que se propagava no ar. É muito fácil falar algo da boca pra fora e agir de modo contrário, na prática, mas a verdade é que quando alguém fala algo comigo sem que me faça entender bem, eu espero que venha novamente.  Não corro atrás, posso até ter vontade, mas não faço isso.
Busquei r…

Feliz em tons de cinza

Imagem
Aquele não era um dia igual aos outros.  Tudo parecia diferente.  A começar pela coragem em levantar da cama. E à observar o céu alaranjado que estampava a janela.
Estalei os dedos e voltou ao normal.  O sol perdera seu brilho.  E os tons de cinza,  tomando conta de tudo.

Mais um dia.  Que o pão caiu com a manteiga virada para o chão.  E que sem carro e sem dinheiro, vou trabalhar à pé. 
Por onde eu passo, não deixo de ser centro das atenções .  Depois que passei a mastigar as balas fazendo barulho com a boca e respingando saliva. 
Não ando direito, tropeço, sou meio disperso, meu sorriso sai forçado.
Meu cabelo é desajeitado e os olhos sonolentos. 
O jeans fica torto , a camisa amassada e o perfume não me deixa sexy e nem selvagem.  Gosto de olhar meus sapatos , conto os passos e observo a sombra de todos na calçada . 
E quer saber, não estou nem um pouco preocupado.  Sei o que sou e para onde vou.
E ainda me imagino em um cavalo branco.
°
[ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma …

Quero sentir, e só!

Imagem
Na manhã do outro dia, assim que abri os olhos, imediatamente toda aquela atmosfera de amor e carinho voltou . Fiquei reflexionando em todas as sensações e em cada detalhe maravilhoso.  Ainda podia ver as curvas do seu corpo. Podia sentir seus beijos, seu toque em meu corpo. Ainda podia ouvi-la suspirar no meu ouvido.  Perguntei-me se poderia estar apaixonado ou era uma necessidade de preencher um vazio na minha vida. A atraente plenitude ou a impertinente incompletude de um corpo solitário de alma alegre ou a maçante incompletude de um corpo alegre de alma solitária.  Eu não sei e pensar nisso me dá um certo enfado.  Nem sei se quero mais ter a resposta. Talvez seja mais dolorido encontrar a resposta do que a ausência dela.
Quero sentir, e só!
Agradeço pela dúvida que me toma, assim me dá a certeza da incerteza e a vontade de colocar para fora que eu sei onde você está. Está aqui, ali e acolá. Está no meu pensamento. ° [Repaginada;  Qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mer…

Entre quatro paredes

Imagem
Entre quatro paredes
As palavras acariciam o ego
O silêncio afirma
Ninguém sabe, ninguém vê 

Entre quatro paredes
A paixão expressa-se na face
O tesão nas alturas 
O amor à flor da pele 

Entre quatro paredes 
A química encaixada 
A respiração arrepiada 
Os lençóis umedecidos
 Os sorrisos adormecidos

Entre quatro paredes
Eu não queria que - as paredes - falassem.
Apenas que repetissem as palavras ditas por você.
° [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!] °

Novo caminho

Imagem
Há muito tempo.
Eu sei.

Conduzo-me ao dever impávido de fazer um novo caminho.
Sendo que o antigo permanece e eu com uma árdua maneira de o dissimular.
Sigo um passo, olho para os pés e não consigo vê-los sair do lugar.

Espero, não me  desespero.
E agora é só esperar.

Pois as estrelas que acompanham-me em toda noite, tornando-as menos escuras, sempre brilham no firmamento e repetem, vezes sem conta, que estão comigo, mesmo quando as nuvens as escondem.
 Tão somente mostrem-me o quanto é bom o equilíbrio da interiorização dos sentimentos que nos chegam doridos, inflamados e lancinantes.
E que um leve, suave e caloroso  caminho venha ao meu encontro: não mais com ilusões, mas com a realidade!
° [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!]
°

Palavras

Imagem
Eu te prometi uma vida nova; que você pudesse entender que isso não é o que eu planejei; não se preocupe agora, isso vai mudar;  eu preciso de mais tempo, só mais alguns dias e nós ficaremos bem; eu preciso de mais tempo, só mais algumas semanas e nós ficaremos bem.  Vai ficar tudo bem, sim,   acredite em mim, vai ficar tudo bem! Por favor, não se preocupe agora, isso vai mudar. Porque eu preciso de mais tempo, só mais alguns meses e nós ficaremos bem...
[Palavras iludem; atitudes provam.] ° [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!]
°

Seus olhos

Imagem
 Calmos, apaixonantes, encantadores.  Tão límpidos, tão íntimos.   Transmitem mistério,  desvendam,  refletem paixão.  Não se escondem e nem ligam para os pesares da vida. Mergulham na profundidade sem o medo da queda.  Sem complicações, sem barreiras e sem obstáculos. Atiçam a curiosidade. 
Atiçam o meu olhar.
Adentram onde ninguém mais pode ver.  Adentram em mim com toda sua magnitude.  Que me dá amor .  Quer o meu amor. Seus olhos. ° [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!] °

Nem um nem outro

Imagem
Ainda que me julguem  bonzinho ou terrível , há sentimentos, emoções, ações, reações extremas,  que nunca serão aqui expostas. Portanto,  nada se pode saber suficientemente sem propinquidade e convivência.
Não sei se à observação atenta pode-se  decifrar. Somente sei que  não é um fato fielmente realizável,  porque os valores escolhidos  tendem à ser sob a própria perspectiva ou seja ,   define-se os valores segundo princípios auto-escolhidos.  No entanto,  se algo  apresenta de forma  pouco convencional, assim é  que temos que  usar a curiosidade por si só, para acumular experiências.   Agora, se deixaram ser enganados pelo imediatismo - um dia, o que é falso e ilusório, cai por terra - e se não houve nada que pudesse firmar a veracidade e, também, se abriram mão de esperar que tudo   se fortalecesse após diversos  outros contatos , há de se encarar o erro. 
E isso  significa que  embora  qualquer história tenha um, dois ou mais lados, quando  nos sentirmos traídos não podemos nos colocar …

Tenho saudade

Imagem
Tenho saudade de você Saudade do teu olhar Olhar infantil Olhar sensual Olhar pedindo beijos Beijos pedindo amor
Tenho saudade de você Dos seus beijos de longe Dos seus beijos de perto Do gosto de sua boca
Da sua voz Voz pedindo amor

Tenho saudade de você Dos carinhos em meu rosto Do cheiro de seu pescoço Do aroma do seu sexo Dos afagos em meu corpo Corpo pedindo amor
Tenho saudade de você Tenho saudade Do seu amor ° [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!] °

Email

Imagem
Conforme escrevi em paixonite agudadurante a adolescência não queria saber de nada na vida: não trabalhava, não estudava, dormia durante o dia e passava noites inteiras pensando na Sharon Stone e assistindo filmes . 

Aquilo já era demais para meus pais!
- Meu filho, estamos preocupados. 
O que você quer da vida?

Resolveram então me colocar em um Colégio Interno , avisando de antemão que minhas notas deveriam ser boas, ou quase, e se não  assim, minhas 'mordomias' iriam acabar .

Queridos pais:
Faz seis meses que estou no Colégio e demorei muito para escrever-lhes, mas, agora, vou colocar as notícias em dia.

Parei de pensar na Sharon Stone e estou bem melhor.
O traumatismo craniano e a fratura que tive, ao pular da janela de meu quarto, em chamas, estão praticamente curados, porém como o incêndio foi causado por um descuido meu, teremos de pagar 30 mil para o Colégio pelos danos que lhe foram causados.
Mas isso não é nada, o importante é que estou vivo!
Felizmente, a mulher que traba…

Mundos diferentes

Imagem
Esqueça a quanto tempo estamos aqui, sem saber o que dizer  Pois quando o Sol invadiu a minha vista, impedindo me de te ver  Queria mais uma vez, mergulhar em palavras que ecoam o bastante  Para você compreender, o que meus olhos dizem, nesse instante 
Somos dois mundos diferentes , que por vezes se encontram no mesmo lugar  Sonhos mais altos , do que um dia eu possa alcançar Fica com o teu mundo , eu ficarei com o meu   Talvez um dia , voltaremos a nos encontrar  E eu posso até começar a acertar
Não quero mais saber, não quero mais ser Não quero mais dizer Se não compreendeu, não sou eu, quem vai fazer você entender Hoje eu sou assim, amanhã não sei como vou ser ° [A necessidade de reciprocidade é muito exigente.  Ser amado é um desejo e dói não ser amado como queremos. Temos a impressão de que nunca vamos encontrar alguém com a mesma intensidade e que possa viver esses momentos - intensos - ao nosso lado.] ° [repaginada, ficção, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou n…

O vinho e o sangue

Imagem
O tédio dos dias quentes seca-me os lábios. 
Deixa-os sequiosos à espera de uma gota. 
Volto os olhos em direção à adega . 
A garrafa de vinho se insinua para mim. 
Estico a mão. 
O vinho. A taça.
O vinho na taça.
A taça  meio cheia.
Sorvo o vinho.   
A taça    vazia. 
Deixo cair. 
Os estilhaços  ferem -me . 
Sorvo o sangue .
  Mistura de sangue e vinho na boca.  
 Um sabor conhecido. 
 Abro-me em longo sorriso.
O vinho e o sangue.
 O vinho. O sangue. 
  Lembra - me de ti.  
 Lembra - me a tua língua.
Que passava na minha boca.
Lembra - me de  teu sabor do amor colado no lençol.
Lembra - me a primeira vez.
° [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!] °

Vamos nos cuidar

Imagem
Num dia qualquer, quem sabe, vista-se com o melhor do amor que tens aí e venha. 
Envolva os seus braços nos meus, quem sabe. 
Vamos passear por aí, que seja. 
Mas diga que virá aqui cuidar de mim. 
E deixe-me cuidar de você. 
Vamos nos cuidar, você cuida de mim e eu cuido de você. 
Então, esqueça tudo , deite-se aqui comigo e encaixe a sua alma bem aqui, no meu coração. 
Venha, quem sabe, que seja.
° [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!] ° Obrigado, 

Sempre juntos

Imagem
Quando ainda estava só, orei:
- Deus! Que faço? Manda-me um pouco de companhia, suplico-te.
E Deus disse:
- Vou mandar-te uma companheira, amorosa, doce, carinhosa, cúmplice, que te fará feliz para todo o sempre, mas vais ter de pagar um preço...
E conheci a minha amada Amanda, companheira de todos os segundos, todos os  minutos, todas as horas e todos os dias; administramos o blog, trabalhamos, vamos para a igreja, assistimos um jogo de futebol, saímos para festas e jantares , sempre juntos ; nos divertimos muito juntos. 
E o preço? ... 
No início do casamento, apesar de estar muito feliz com a companhia de Amanda , fiquei com uma vontade de sair com meus velhos amigos . — 'Mozinho', vou dar uma saidinha mas não demoro… — Onde você vai, meu 'lindinho'? — Ao barzinho, tomar uma geladinha. Amanda colocou a mão na cintura e respondeu: — Quer cervejinha, meu 'queridinho'? Abriu a porta da geladeira e me mostrou 15 marcas diferentes de cervejas de 10 países. Sem saber o que …

Você

Imagem
É você! 
Não tem jeito. 
Pode passar o tempo que for.
Eu digo e não tenho dúvidas: é você!
Só você. 
És única no mundo.
Tens a beleza infinita de uma lua.
O brilho intenso do sol.
Os  cabelos  como ondas do mar.
Os olhos  cintilantes como as estrelas do  céu.
Os lábios  macios como uma seda.
O sorriso é o mais lindo raio de sol.
A voz é a mais bela canção. 
O corpo belo como o alvorecer.
O andar leve como a nuvem.
A fragrância suave de uma flor.
 O abraço, o lugar mais aconchegante.
O coração é um universo iluminado.
No mundo, o tesouro mais precioso.
É você, somente você.
Sempre foi você. 
E continuará sendo você.
É tudo por você, para você, com você.
 Você!
[ qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!]

Limitação

Imagem
Acordo e após o café da manhã,  café com leite, pão e manteiga, faço uma caminhada de cerca de uma hora.
Depois do almoço, termino de ler o terceiro livro do mês. Na hora do jantar, eu coço a cabeça: - Sei não, Amanda, com uma filha bonita como a Bianca. Sou homem . Filha mulher e bonita... - Lá vem machismo - responde Amanda e eu calo o que estava prestes a dizer, olho o rosto dela e termino com um 'te amo'. Antes  de ir dormir, no banheiro, olho no espelho, vejo o meu rosto, cabelo liso e preto, olhos pequenos e puxados, pele boa. Não existe nenhuma parte faltando. E nada faltando. Não preciso de você para nada.

Como não acreditar na própria derrocada  sem desconfiar da própria afirmação? Como, então,  não preciso de você para nada ?  Se em todo lugar que ando, ouço passos, o toque das suas mãos;  calma, paciência, força, sabedoria e direção. Passos  que me seguem, mãos que me tocam e nunca me deixam só no movimento do universo, onde sou apenas uma partícula infinitesimal.

Assumo  e …

No acaso da vida...

Imagem
No acaso da vida , eu te vi
...e eu tentei, eu quis muito, mas não deu certo.
Soube então que estava no acaso errado.
Peguei outro caminho, andei, andei e cruzei novamente com o acaso.
Tentei mudar mais uma vez de acaso e mais uma vez não deu certo.
Percebi que mudar de acaso não era a solução.
Percebi que, o que tinha de errado não era o acaso e sim as minhas escolhas.
E sinto lhe dizer, mas chegou a hora de você mudar seu acaso .

No acaso da vida , eu te vi
... tão doce e linda
Meia vista olhei para ti
Já te amei por inteira
Tá no peito de quem ama
É o amor conquistando meu coração
Vai meu amor, olha para mim

No acaso da vida , eu te vi
...e hoje eu acordei com uma vontade de você.
Se não reparou, recolho, embalo e guardo.
Essas coisas não são para desperdiçar.
Obrigado,

A estrela

Imagem
Era muito feliz: porque podia escrever de ti e do nosso amor a toda a hora,  o dia inteiro.  A  letra ficava doce ; o escrito levava romantismo aonde quer que fosse.  Mas, um dia, e a cada dia , ficava cada vez mais infeliz.  Você se fez ausente, me tornaste alma carente.  Te querendo em todo momento presente, te procurei em todos os lugares.  Não te encontrei  em lugar nenhum.

Certo dia, resolvi partir para um voo através dos céus da minha própria solidão. Dia após dia, conciliando sonho e realidade, enfrentei toda e qualquer imposição, em busca da estrela que faria bater o coração e que iria permitir - me adormecer embalado pela resignação e quiçá devolver a alma poeta à este corpo.
No final da viagem, ao permanecer de pé, com a estrela em minhas mãos , dei conta que venci, do meu jeito, e a lembrança boa do nosso  amor que ainda bate em meu peito. ° [ qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!] °

A placa

Imagem
Pouca gente sabe que profissionalmente tive uma ascensão meteórica.
Com pouca idade, era gerente e tinha mais de 100 pessoas subordinadas a mim.
O problema é que eu era extremamente tímido e introvertido e além do mais
havia subordinados descontentes porque não tiveram as oportunidades que eu tive; alguns outros com muito mais anos de empresa do que eu; outros subordinados eram amigos do futebol; outros do happy hour; alguns estudavam comigo etc e tal!
Conclusão: poucos respeitavam a minha liderança.

Assim, tomei uma medida drástica: coloquei a seguinte placa na porta de minha sala, logo que cheguei pela manhã:
- "Aqui quem manda sou eu!"

Mais tarde, a secretária entrou na sala falando alto, interrompendo, assim, uma reunião.
Fiquei muito irritado:
- Aqui quem manda sou eu!
Mandei não interromper a reunião .
Mas já que interrompeu, termine de falar!

E a secretária:
- Sua esposa ligou e disse que é para o senhor levar a placa dela de volta.

(ړײ [Não sou o autor da "ideia&quo…

Devaneio

Imagem
No silêncio da madrugada
Nuvens brancas e douradas
Escondem o azul radiante
Do amanhecer distante
Um vento suave te trouxe aos meus sentimentos Ouço a sua voz ecoar nos meus pensamentos Sinto teu sabor espalhar pela cama  E assim o meu devaneio te chama
Vem coração... Vem paixão...
Não tenha receio  É apenas meu devaneio  Aproveita este momento  Deita cabeça no meu peito  Deixa tua marca na minha pele fria Para que eu te tenha em mim de noite e de dia
Devaneio que tanto ansiei  Não te vás assim  Molhada ainda de mim  Para onde já não sei Tudo vai se perder Neste novo amanhecer! [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!]

Lá, o Sol

Imagem
O barulho forte da chuva batendo na janela , negras nuvens a voarem, raios e trovões chegando para amedrontar .  Um dia lento a passar, um misto de inércia e desejo a embaralhar e o relógio que está lá.  Um instante a fitá-lo, os ponteiros a girar , a vida sempre para frente a levar e a esperança do sonho tornar-se realidade já.
Da linha de limite que é redesenhada discretamente em algum lugar, vejo surgir da escuridão que paralisa a alma de quem tanto espera , a luz que os olhos tanto querem ver. E eu tenho a certeza. Não preciso que você apareça para te encontrar. 
Quieto , junto à parede , grito: Eu esperarei por você lá. Lá...onde o sol abraça o novo amanhecer . Que nos consegue surpreender e que vem cheio de espaço para que possamos preencher.  [repaginada, ficção "qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!]

Três Níveis

Imagem
Há coisas que acontecem todo o tempo, mas que só lembramos de contar quando passa o tempo ...sobre quando comecei a minha 'caminhada' na blogosfera, seis anos atrás.

...apesar de estar apenas iniciando e por acreditar que na blogosfera não havia imperativo exatamente por não haver estrutura e hierarquia, portanto ninguém era melhor que ninguém , fui logo visitar um blog movimentadíssimo, com Autor - 'celebridade', milhares de Fãs, 'Curtidas', '+Uns', Seguidores , Postagens e Comentários.
Mas, fui porque tinha me identificado com as Poesias daquele blog.

Bem, por ser um blog, antes de um aparato comunicativo , - e tendo esta como condição minimal - um meio de sociabilidade, onde reina a subjetividade, resolvi 'deixar' um carinhoso comentário.

 [ Juro que Não foi um comentário C.C (Copia e Cola), tipo 'belo blog; gostei de seu blog; bela postagem; bela poesia;'. 
Hão de convir comigo,  este tipo de comentário, qualquer um faz, basta copiar e …

Hoje deu saudade

Imagem
Hoje deu saudade Saudade de tardes  Tardes em parques   Em parques , cheios de você  Você e tudo o que dizia  Dizia para não cair   Para não cair dos sonhos  Dos sonhos nas tardes  Nas tardes de conversas  De conversas sobre a realidade  A realidade que foi assim  Foi assim em direção ao fim  Ao fim dos sonhos de quem te amava   Te amava nas tardes em parques  Em parques, vazios de nós  De nós, hoje deu saudade  ° [Quando há em mim saudade
Consigo ver a verdade 
Que só eu sei!] ° [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!]

Maravilhosa vida, maravilhoso mundo

Imagem
Tal como larva, venci e sobrevivi para ser crisálida.
Protegido por uma barreira, um escudo do mundo externo, as vibrações das mudanças se fazem presente.
Sinto o calor do sol, o frio da noite e a vida da chuva fina.
Sinto a livre mão do destino na espreita, esperando somente a oportunidade de me tornar diferente.
Percebo meu corpo mudar e começo a vislumbrar novas possibilidades.

Meu abrigo se foi, tenho asas para buscar novos caminhos.
Sigo um caminho, por vezes mudo, por vezes retorno.
Sem medo do medo de ter que aprender novamente como sobreviver.
Sem medo do medo de não ser mais igual. 


Feliz com as vitórias, nem tudo são só lembranças.
Infeliz com as desilusões, descubro que o coração tem vida própria.
Encontro em mim racionalidade em um ser emocional.
Para refletir sobre os dias passados e saber que ainda não estou terminado.
Porém tudo que fui está em mim.
E assim enxergo meu sorriso.
O mesmo que silenciosamente invade o meu corpo.
Logo, cabe a mim dizer, mesmo calado, que 
n…

Para sempre, Carlos Drummond de Andrade

Imagem
Por que Deus permite que as mães vão-se embora? 
Mãe não tem limite, é tempo sem hora, luz que não apaga quando sopra o vento e chuva desaba, veludo escondido na pele enrugada, água pura, ar puro, puro pensamento. 
Morrer acontece com o que é breve e passa sem deixar vestígio. Mãe, na sua graça, é eternidade.
Por que Deus se lembra - mistério profundo - de tirá-la um dia? 
Fosse eu Rei do Mundo, baixava uma lei: 
Mãe não morre nunca, mãe ficará sempre junto de seu filho 
e ele, velho embora, será pequenino feito grão de milho.
°
Drummond na voz de Drummond
Licença padrão do YouTube 0.57s Carlos Drummond de Andrade
Poeta, contista e cronista brasileiro.
Nascimento: 31 de outubro de 1902, Itabira, Minas Gerais
Falecimento: 17 de agosto de 1987, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro

°

Com ou sem você

Imagem
O quarto escuro, a porta entreaberta, a fresta. 
A cama desarrumada, incompleta, vazia. No criado-mudo ao lado, lotado de copos secos, tocos de cigarros  que se amontoam, papéis embolados. O espelho  observando meu corpo de fora, olhos vermelhos , semblante sério, cabelos revoltos.  Os ponteiros do relógio de parede que insistem em não girar, compondo o cenário perfeito para o início de uma longa noite. E como pano de fundo a música With Or Without You - U2.
À medida que os minutos iam passando ,  a música ficava cada vez mais alta e  tudo o que eu ouvia erao seu nome ecoando na minha mente. E tudo o que eu via era a sua imagem , tapando o sol que insistia .
Somente que  a realidade foi mais  imediata e o sol, teimoso como sempre, nasceu resplandecente disposto a me contrariar.  
Esperei ficar mais claro, saí do quarto e  pus-me a caminhar pela casa procurando por qualquer sinal. Mas nada.  Um silêncio intransponível. Nem um sinal de movimentação. Não havia consciência ou culpa. Não havia gota de l…

Paixonite aguda

Imagem
Talvez vocês não saibam – porque não se conta tudo em um blog.
Mas , em suma, durante a adolescência não queria saber de nada na vida: não trabalhava, não estudava, dormia durante o dia e passava noites inteiras assistindo filmes. 


Aquilo já era demais para meus pais!
- Meu filho, estamos preocupados.
O que você quer da vida?

Eu era um filho que causava preocupação  mesmo, eu admito.
Porém eles não sabiam que eu tinha sido acometido pela paixonite aguda.


Exagerados ou não, os pensamentos eram variados, ardentes e muitas vezes arriscados, mas quase sempre, em direção à concretização da expectativa desta paixão.
Apegava-me ; não conseguia mais liberá-los de minha mente.
E por isso ficava emperrado; sem vontade de estudar, sem vontade de sair do quarto, só assistia filmes.

E mesmo quando a verdade chegava pessoalmente batendo a minha porta, recusava abri-la.
Por trás estava uma dificuldade de enfrentar a realidade; uma tentativa de viver o que e como se queria viver e não o que se vive e se …