Postagens

Não dessa vez!

Imagem
Não vou atender meus desejos e olhar para alguém que vai tirar meu chão. Eu não vou! Não dessa vez!
Eu só preciso controlar esse ímpeto de querer olhar. Segurar meu chão e fingir que teu olhar não me incendeia. Perturba-me!  Provoca o meu íntimo!
Ficarei dentro de mim, esperando que as estrelas que acompanham-me em toda noite, tornando-as menos escuras, brilhem no firmamento e repitam, vezes sem conta, mesmo se as nuvens as escondem, quando será bom tirar os pés do chão.
Poder abrir as asas e voar para ser feliz, por trás do sol que corta o horizonte, feito um pássaro no ar, para se encontrar, olhar pra trás e ter vontade de voltar! °
[Repaginada,  qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!]
° Novo Perfil no Facebook ⇒ Nagata Felisberto ° Obrigado,


Corpo ardente

Imagem
Quando vejo teu corpo dourado, Pedacinho de pecado, Nem teu suave beijo, Esfria meu desejo
Meu corpo ferve, Teu corpo se acende, Labaredas tantas, Faíscas demais
Faço teu jogo, Transgrido minhas regras, Loucuras de um  corpo aceso
E no calor de tuas entranhas, A erupção transbordada, De meu corpo ardente
° [ repaginada; qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!]
°

Divagação no tédio

Imagem
Divago no tédio e não estou só.
Recordo ocasiões que desfilam pela minha lembrança, tão vivas quanto a presença de sua ausência.
No meu coração uma angústia impiedosa que não me deixa respirar. 
Nos meus ouvidos a constante sonoridade da sua voz tocando no meu íntimo em consonância com os murmúrios da saudade.
Na minha alma os monólogos que recorri para provocar a fuga da solidão. 
No fundo da memória procurei-te e só pude conversar comigo num diálogo pleno de harmonia que me dizia ...bem... que me dizia para esquecer-te.

Como te esquecer?
Sinto-lhe o cheiro. Sinto-lhe a alma. O teu corpo a cercar-me. A tua mão no meu ombro e os teus lábios na minha boca. 
É preciso calar a tua voz na minha mente e conseguir uma reação para desorientar certezas. 
É preciso reencontrar toda a força , renascer para uma nova luta, para uma nova vida. 
Talvez um novo  amor à mistura. 

Amanhã passa, assim espero. 
É tão bom olhar para trás e sorrir.
[Repaginada,  qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coi…