Postagens

Inspiração que me dá

Imagem
Conheci - a na pequena cidade. Foi em silêncio que fomos construindo uma certa cumplicidade.  De forma sutil, os flertes e olhares com respostas começaram a moldar um cenário colorido. Um dia, a propósito do seu gosto pela escrita  que não é a que diz, mas a que insinua, descobrimos uma paixão comum.  Vem esta conversa a propósito da sempre inspiração que me dá , além de deliciosas curvas que me dão muito que pensar. A blusa transparente ondula, a minissaia convida. A beleza que me fascina, ultrapassou a cintura e chegou lá no intelecto. Por isso me conquistou. °   [ repaginada,  qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!] °

Novo Perfil no Facebook ⇒ Nagata Felisberto Junior

   Obrigado,

Escolhas

Imagem
Escolher um entre dois não é nada fácil, porque envolve perdas.
Sem querer  sair à luz com uma reflexão definida, tantos os subjetivismos arrazoados, escolher um em detrimento do outro, seria aceitar como válido que já avaliamos sobre as vantagens e desvantagens de um e outro, antes de escolhermos  um. 

No entanto, com o tempo nos perguntamos se de fato éramos conscientes de tudo.
E voltamos à ter, nas nossas mãos, o um e o outro, e entre eles, a dúvida.
E ficamos preocupados pelo fato de não ter sido responsável naquele poder de escolha, naquela decisão , naquela ação, e ficamos com a consciência  excessivamente sensível.

Mais fácil seria se pudéssemos ficar com um, depois com outro , voltar para um , retornar para o outro e a vida continuasse, como uma fase. 

Mas não é sempre assim; natural, que se deve reavaliar e trocar de caminho, mas nossas escolhas não podem ser apenas intuitivas, elas têm que refletir realmente o que somos.
° Novo Perfil no Facebook ⇒ Nagata Felisberto Junior

Coração dilacerado

Imagem
Sem as alegres quimeras compartilhadas
Nossas noites foram em cinzas transformadas
Nossos passos, outrora, cadenciados
Perderem-se, agora, por caminhos bifurcados

Dentro do coração, um turbilhão
Um dia, risos de amor 
No outro, as lágrimas do desamor

Levaste-me onde eu nunca tinha ido
Conheci o que nunca conheci
Vivi o que nunca tinha vivido
E hoje é cada um por si

Do que fomos , nada do mesmo jeito
Apenas essa dor latente no peito 
E um coração dilacerado ° [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!] °
Novo Perfil no Facebook ⇒ Nagata Felisberto Junior