Postagens

Mostrando postagens de Março, 2014

Amor ou amizade

Imagem
O amor ou amizade.   Existem várias  maneiras para lidar com isso.   É difícil.  Cada um tem uma forma. E transformar amizade em amor , começa com uma tentativa incerta, mantendo uma linha de limite que  é redesenhada quase discretamente em algum lugar...
...o coração bate mais forte, vem a palpitação, as ideias vagueiam entre os complexos derivados dos sonhos e realidades.   Não consigo libertar a minha mente do coração,  paralisado pelo receio de algo que  poderá destruir tudo que construí.  Estou sempre ansioso para  gerir essa minha incapacidade,  que me torna marionete , onde as decisões são nada...
De um jeito ou de outro, o que tiver de acontecer, sempre acontecerá. O que me vale são alguns dos sonhos. Já que parece que tudo está escrito...(ou não!)

A mesma sensação de sempre

Imagem
Quando se faz o silêncio, começo a ouvir a noite suspirando, a chuva gemendo com o vento
e não sei o que fazer com isto.

Há alturas até em que o desespero teima em mim,  se agarra ao sangue e corre por dentro das veias  e depois perco-o porque ele solta-se de mim,  deixa-me tão só com um torpor permanente que vai aos poucos transformando-se em tédio.

É a mesma sensação de sempre...
A vida que não surpreende,   o tempo que não passa, o silêncio que grita alto e sufocante.

Tudo o que há agora é este barulho da chuva  e os sentimentos pulsando... 
No todo, o tudo do nada.
Paro por aí e aqui...

Talvez seja isto que falte.
 De  colo, de abraço e de beijo.
E uma taça de  vinho,por favor...

..."e se não for pedir demais,  qualquer coisa que me fizesse morar em alguma parte tua..."
  Mix De Prosa Poética

Corpo ardente

Imagem
Quando vejo seu corpo dourado,
Pedacinho de pecado,
Nem a brisa suave,
Esfria meus desejos.

Meu corpo ferve,
Teu corpo se acende,
Labaredas tantas,
Faíscas demais.

Faço seu jogo,
Transgrido minhas regras,
Loucuras de um  corpo aceso.

E no calor de tuas entranhas,
A erupção transbordada,
De meu corpo ardente.

(...) "e no silêncio da noite, só ouço o barulho do vento, as quatro paredes testemunhas do meu sofrimento!"...

...ouvi muitas histórias e relatos que me levaram a repensar a minha opinião sobre um homem gripado. 
Não vou aqui mencionar estes fatos, mas posso adiantar que não sou o único homem que faz um verdadeiro drama quando fica gripado ...aiaiai, hehehe!

WeBeijos e Abraços!

Timidez

Imagem
No começo da noite passada saí  sem rumo e sem direção. 
Na contramão do tempo, gosto de caminhar bem devagar,olhando tudo com atenção.
Reparei a luz das estrelas, o belo luar   e um cãozinho brincalhão.
Foi na terceira rua por onde enveredei que vi uma bela moça caminhando   em minha direção.   
 Pensei em dizer olá, cumprimentá-la,  mas minha timidez me impediu.  Ela andava um pouco e olhava para mim e, assim, ia se distanciando, mas sempre se voltando para mim. Ao me afastar dali, levei comigo aquele rosto. Talvez fosse o grande amor da minha vida que acabou de passar.  Pode ser que nunca mais irei vê-la... 
... a princípio fiquei triste ; depois entrou me no coração uma singular felicidade,  íntima e insidiosa, pois  na exata sintonia , da exata fração de segundo, 
na timidez do não dito , senti no coração, o que eu sempre procurei...

Bela moça..."Meu coração grita, o que a minha timidez impediu de dizer": Aqui, começa a nossa história, juntos!


"a.d" Mix de Prosa Poética
(.…

Ócio Interativo, calar ou declarar?

Imagem
O ócio me oferece , sobretudo, a possibilidade de diversão e deixa de ser um atormentador da introspecção, se do conjunto das constatações puder legitimar uma certeza.

Me faz, também, deambular por confusas perguntas, que talvez nunca encontre a resposta - nem para satisfazer o meu interesse em saber, nem para esvaziar a minha cabeça das dubiedades.

Um dia perguntei-me," Por que tenho receio de declarar meu amor ?", e, então questionei-me,
"Se o meu coração vive no momento presente, não é melhor dizer agora?"

A resposta ficou perdida algures, na corda bamba da ambivalência.

Sendo assim, começarei do começo, somando tudo!

Com SUA experiência subjetiva, responde à(s) minha(s) pergunta(s)?

"Há o amor, calar ou declarar?"

Mais sonhador que o errado

Imagem
Abraçado ao meu travesseiro Acordei do sonho, o  que me fez calar Esperei por um beijo e um abraço Em vão, regressei a mim...
Na noite que fica  Fim não se explica  Apenas um bilhete me deixou  Palavras poucas,  branco demais... 
Mais sonhador que o errado  Rasgarei este bilhete  Esperarei você... Não me espere! ... menos sonhadora que o errado, com um papel e uma caneta, e ainda um branco vazio, a mão se desprendeu, escrevi o lado triste, para poder viver feliz com o que me sobrou... Vou viver,   Caindo e sofrendo. Escrevendo sobre sentimentos e apanhando de meu próprio coração...

Comentaristas Página 3

Imagem
"Comentaristas"
"Agradecimentos"
Período de 01/01/2014 à 17/03/2014
Andréa
Vera Lúcia
Sérgio Santos
Daniel Costa
Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz
ReltiH
Cris Bo
Beatriz Paulistana
Elisabete
Célia Rangel
RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO
Rita
Carmen Lúcia.Prazer de Escrever
Roberta
Calu B.
O  principal objetivo dessa , além de ser um agradecimento, é  para, quem Não as/os conhecem,  que façam uma carinhosa visita , Clicando no nome.
 Não importa a quantidade e  nem a presença constante em meu Blog ,  o meu carinho ,  respeito e agradecimento à Todos/as, que sempre acreditaram e caminharam ao meu lado. 
Muito Obrigado! WeBeijos e Abraços!

Senta que lá vem história

Imagem
(...) poucas coisas me dava mais prazer que morar sozinho.

De mãos dadas

Imagem
Tenho instantâneas sensações quando olho para você.  Lembro do primeiro olhar,  o primeiro  abraço, o primeiro beijo. 
É inevitável, nenhum detalhe passa despercebido. Lembro das suas roupas,  rosa era a cor  do vestido, salpicado de flores amarelas.
Teus cabelos  esvoaçavam  ao sabor da brisa suave  e brilhavam sob o sol que parecia querer seguir-te. 
E lembro do seu sorriso, ah o inesquecível sorriso.
 E das risadas que juntava-se em coro ao cantar dos passarinhos.

Eu escrevo, Amo te

Imagem
(...) lembrei-me do presente e fui naquela bomboniére.
Mandei preparar uma cesta enfeitada com laços vermelhos, recheada de chocolates finos.

Cheguei na porta, ganhei um sorriso.
E um abraço.
Me olhou fundo nos meus olhos.
Notou as gotas de suor que seguiam caindo.
Olhou para baixo, e as minhas mãos ,nervosas, esfregavam-se uma na outra.
Meus lábios apertados, rosto franzido, expressão pálida.
Me disse que o amor pode tudo.
Mas implica alguma coragem...
De volta para casa depois, fechei a porta do quarto, acendi a luz.
Sentado no assoalho de casa, olhando para o vazio do teto branco.  Pensando naquelas palavras que tem tanto de mim, que parece que as palavras mexem em algo tão pessoal que, se eu abrir a boca para falar sobre eles, estarei falando sobre você também. Sem teus olhos, com certeza manterei minha decisão, pois não tenho nada mais a não ser uma caneta e um papel à mão para que eu possa tentar expressar todos os meus sentimentos. Sentimentos no papel que sustenta, ainda, frases e…

Aquela que chega sempre

Imagem
Quem é aquela que  chega sempre?  Aquela que sempre gosta de me fazer companhia?    Aquela que  criou por mim uma afeição diferente. Inexplicável.  Aquela que me conquistou para o resto da vida. Um laço que o tempo jamais  conseguirá desfazer.
  Não sei nem como descrever.  Vivo intensamente com ela.      Ela nem  se dá conta de que sua presença já é suficiente para isto.  Ela me assusta em alguns aspectos.       Mas  já me encantei por sua companhia. Por encará - la como opção.
Estarei com você onde for... Solidão! Só se sente sozinho, quem abandonou a si mesmo...

"Minha força está na solidão.  Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite."  Clarice Lispector

Dar a volta por cima

Imagem
(...) claro que nem sempre estamos radiantes... e, assim, ficamos nós com um estado mais soturno.  Perdemos até a capacidade de pensar e sentimos imensa tristeza...
... em tempo de despreparo, com  uma  linda e simples voz me deparo,  é  a luz do sol que  me irradia,    a esperança que não mais existia... asas que não imaginava mais crescer...
۶...quando  a tristeza instalar-se em teu peito, enlaçando-te com os nós da inquietude, fecha os teus olhos e ... faz-me de mim ,  seu colo...
seu ninho...cama para teu sossego.  Faz-me de latíbulo para os teus anseios. Abriga se no meu espaço. Durma no meu abraço.Flutua em sonhos.  Deixa o mundo inteiro girar. E quando não há mais nada a ser feito,  permitas apenas estar e ficar na companhia do meu coração...۶    ... momento de apoio e colo , que nos faz entender que temos que ficar e enfrentar os problemas, e se beneficiar com eles, aprendendo e crescendo emocionalmente.
 A hora de jogar fora todo o peso da tristeza  e dar a volta por cima...

Mix de Pro…

Guest Post Renata Cordeiro

Imagem
SONETO
Paro no tempo, movo-me no espaço,
Ando e viro na curva de uma estrada
Sem começo, sem fim e sem pousada,
E ouço, na sombra, a fuga dos meus passos.

No chão vermelho, caem do azul lasso
Só lágrimas de tempo concentradas
Que são por filtro mágico passadas,
Gotejando nos múltiplos cansaços.

Amortalha-me o espesso véu da noite,
Estou só e não tenho quem me acoite,
E ninguém pode ouvir o meu lamento.

Corro, respiro, busco uma saída,
Mas me apunhala toda a dor da vida,
E mergulho no sumo esquecimento.
Renata Cordeiro
Renata Cordeiro
Blog Eu e Daí?
http://blogrenataeuedai.blogspot.com.br/ Guest Post:  é um post escrito por quem não pertence à uma equipe fixa/ Blog.
Geralmente é um/a convidado/a.

Extra

Imagem
Esta , para registrar e agradecer à  todos/as pela disponibilidade, atenção, delicadeza, carinho e oração quando da internação de meu irmão Eduardo e por me dar forças nos momentos difíceis. 
Hoje, dia 07/03/14,  recebendo alta e  recuperando bem dos procedimentos médicos, quero   reforçar mais uma vez meus agradecimentos a Deus e a cada um/a de vocês.  Meus eternos,  Muito Obrigado!  WeBeijos e Abraços!
Postagem Não aberta para Comentários! Postagem Anterior Aqui!

Sem dó e assim

Imagem
O homem que ama a traição Se arruma em cores de sedução Para a dúbia relação
Profana ou santa, tanto faz E que sublimes perversões Nesse encontro voraz 
Nem tenta disfarçar O amor à outra Alardeia esse amor aos amigos Sem querer importar
Nem mais o pegam ao acaso Como se passasse da matriz À filial e à matriz retornasse
De manhã volta  Nem cínico nem triste Só beija e mente
Sem dó e assim...
Mas por que trair Se só vive a sentir Amor pela real mulher
Fica somente Depois a chorar Pois não tem O amor da sua mulher Para consolar
Que sem piedade O deixou na saudade
Sem dó e assim...
Bastidores em cena! (...) mais uma vez, ficou provado para mim, que  é bom fazer tudo que fazemos sem esperar nada em troca, fazemos por uma questão de arbítrio, amizade, escolha , carinho e consciência... A postagem anterior, Destaque:Vera Lúcia  e Célia Rangel, apesar de ser algo que pretendia fazer já algum tempo, principalmente a parte do "destaque",  foi feita, conforme o jargão, sem freio, ou seja, sem edição nenhuma , sem …

Destaque: Vera Lúcia e Célia Rangel

Imagem
Quem me acompanha sabe da importância que dou para cada comentário em meu blog.  Ainda mais por ser um Blog com postagens, em sua essência, contextual e emocional! Todo post feito é direcionado para o leitor e é através dos comentários, que há como saber se a mensagem , a que quis me referir, foi passada.  Para que cada leitor possam interferir no seu contexto e/ou usufruir de um universo plurissignificativo que os textos podem oferecer.