Essa é a história de Carlos Amante Brasil.


Brasil, como era chamado, era uma criança Infeliz.
 Seu pai um viciado e sua mãe meretriz.
 Não teve infância, nem sorte também.
 Não ia à escola, não era ninguém.
Aos 10 anos de idade, ficou órfão de pai e mãe.
Com 18 anos, já era chefe de tráfico.
Uma arma na mão, adrenalina ia a mil,
O seu primeiro brinquedo,foi um lindo fuzil.

Brasil, era mais um menino pobre que o mundo esqueceu, mas ele era feliz naquilo que escreveu.
O tráfico era seu mundo, dinheiro, droga, e mulheres ele achava o maior barato, mas vivia assustado. Na favela onde mandava era muito respeitado. Lá no alto da favela, jovens subiam a procura de seus minutos de
 prazer.
Brasil  não temia seus rivais nem mesmo a justiça, metia bala nos bandidos e na própria policia. Mas ele não contava com a ganância e nem a traição, os seus próprios comparsas queriam passar a mão. Ele andava sempre armado, não gostava de confusão, o seu negócio era as drogas que tinha de montão.
Certo dia o inesperado aconteceu, e não foi o acaso não, ele levou cinco tiros e caiu morto no chão. Brasil mais um filho sem pai e mãe, morto pelo próprio fuzil.

Autor: Ls Costa                 www.recantodasletras.com.br        

                Agradecimentos: Laércio Costa  obrigado pela autorização (sei que vai ler!)



Comentários

  1. Oi Júnior,
    Passando para conhecer se cantinho e agradecer sua visitinha...Obrigada pelo comentário carinhoso que deixou por lá!
    já estou te seguindo também.
    bjus
    http://casadaanajardim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Garoto você tem talento! Olha que não falo isso para qualquer um, só com pessoas que tem esse dom maravilhoso, que ninguém pode roubar de você, esse dom de escrever! parabéns

    ResponderExcluir

Postar um comentário