Desencontro!

Desencontro by Junior Oliveira
Desencontro, a photo by Junior Oliveira on Flickr.


Eu queria tanto te encontrar
Para olhar teus olhos
Para beijar tua boca
Para sentir seu cheiro
Para ouvir sua voz

Eu queria tanto te encontrar
Com qualquer humor
De qualquer jeito

Eu esperei até o ultimo momento...
Você não veio

Sei...
Não consegue mais disfarçar
Que é incapaz de me amar?

De onde vem essa indiferença
Que mora em teu peito?

Minha voz vai calar...

Em típicos dias de chuva
Em típicos dias de sol
Vou deixar de ser criança
Mostrarei meu lado homem
Não vou me enfraquecer
Diante de quem não me quer mais
Não vou mais me queixar...

Amar você
Nunca mais!

Autor:FelisJunior

Comentários

  1. bom dia meu amigo feliz.... havera sempre na janela do nosso coração as flores da aurora d"manhã se abrindo com suas cores azuiz lindas nos trazendo a esperança de um novo amor maduro e eterno, pois ela é a unica flor que floresce em todas as estações do ano independente de frio, calor, inverno ou seca. porque simplesmente é o amor verdadeiro. beijãozão pra ti.

    ResponderExcluir
  2. Oi Sr. Felis! Quase não tenho entrado no seu blog, pq meus navegadores estão uma b----! rss. Lindo o seu poema. Obrigada pela visita na Confissionarium. Um beijin pra tu fica mais FELIZ!!! rsss

    ResponderExcluir
  3. "A vida é a arte do encontro, embora haja tantos desencontros na vida".
    Belo embora com final triste..
    eu acredito no amor com mão dupla senão
    não vale a pena.

    beijos

    ResponderExcluir
  4. O desencontra faz parte da vida...

    ................................
    Não me ame.
    Não me espere.
    Não me deixe.
    Não se apegue.

    Eu sou apenas seu sonho...

    .................................

    ResponderExcluir

Postar um comentário