Tudo ou Nada!



No tudo da solidão
Meu nada me assusta

O nada é a minha realidade
O tudo é a minha saudade

O tudo são meus desejos
O nada é a falta de beijos

 nada é seu desamor
O tudo o meu amor

Do tudo a tua carência
Do nada a sua ausência

De tudo tenho nada
Do nada tenho tudo

As vezes sou tudo
As vezes sou nada

Enquanto...
 Estiver  te esperando
Mesmo...
 Querendo tudo
Terei sempre o nada

Autor: FelisJunior


Postagem  Original  25/11/2011

Comentários

  1. Gostei do jogo de palavra.
    O tudo que o nada é.
    O nada que pode ser tudo.

    Gosto de te ler.
    A imagem é linda demaixx, rs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Muito bom... Me fez chorar... São tantos nadas que tenho e tantos tudo que faltam... E esse jogo que não finda de plenitude... Acho que vai ser sempre assim: dualidade, incompletude...

    beijo beijoo'

    P.s.: Eu não tenho selinho :(((

    ResponderExcluir
  3. Genialmente triste.

    Espero que essa tristeza passe e você possa encontrar o tudo que sempre esteve escondido no nada.

    Um bom domingo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário