O outro!

Trio by __kel
Trio, a photo by __kel on Flickr.


Como é difícil esta situação...

Eu sempre tive meus princípios
 Chegou uma hora
Que minha paixão foi maior

 Este relacionamento me faz mal
Queria ter coragem para resolver essa situação


Queria encontrar outra pessoa
Que me faça feliz como mereço
Que me ame da mesma forma que eu amo


Mas não estou encontrando um jeito
Vou continuar vivendo deste modo


Enquanto isso...
Meu coração pulsa
Por  esta relação escondida e perigosa

Nunca imaginei...
Que um dia seria...

O outro!

Autor: FelisJunior


Comentários

  1. Bom dia!
    Ás vezes ser o outro é uma vantagem,só ai percebemos como os outros nos veem.
    grande abraço

    ResponderExcluir
  2. Sabe Feliz depois de Einstein tudo se tornou tão relativo...mas o amor cobre multidão de pecados...por ele violamos os mais sagrados princípios ... e só ele possui razões que a própria razão desconhece.Eu que o diga.

    ResponderExcluir
  3. olá! gostei muito do texto!

    ResponderExcluir
  4. ola querido
    teu blog tambem poderia esta la na blogorama assim vc poderia comentar mais no meu blog de la e eu te visitar mais vezes tambem vc pode transferir um dos seus doi blos da qui para la
    arteblog.blogorama.com.br
    abraços
    josé

    ResponderExcluir
  5. Gostei do texto.

    Mas ser o outro ou a outra tem suas vantagens!

    Um beijo

    ResponderExcluir
  6. Sabe as vezes nem tudo é do jeito que queremos como é difícil amar passar por isso eu também as vezes penso assim como vc, mais que sabe um dia parece realmente alguém para corresponder a esse amor bjoss e vou passar o link de outro blog pra vc dar uma olhadinha tá bjosss no seu corção

    ResponderExcluir
  7. Comigo ñ existe meio termo, ou é ou ñ..Não é claro!Bjokas..

    ResponderExcluir
  8. Adorei a forma como escreveu e principalmente suas palavras, com tanto sentimento...
    Nós nunca esperamos que isso aconteça conosco "Ser o outro"de alguém, mas acontece quando menos esperamos... Mas, o amor amigo é um enigma, é até mesmo traiçoeiro, pois nos pega de um jeito que fica incapaz de pensar, e só queremos sentir... E muitas vezes, nos livrar dele fica quase impossível, pois é tão bom...

    Adorei seu blog, meus parabéns.
    Débora

    ResponderExcluir

Postar um comentário