Amor de minha vida!

Imagens:Google
Amor...
Como é doce o teu beijo...


Vinho doce,  mel
Puro, tua boca, teus beijos

Vinho tinto,uva nobre
Madura, que muitos gostariam de ter

Amor...
 Como é gostoso
 Acordar e
 Sentir teu corpo
Junto ao meu

Amor...
 Estar contigo é uma alegria
Permanente, brincar de fazer amor

Amor...
 Onde quer que vás,
 Ou esteja
Parte de mim estará 

 Amor...
Grande Amor de minha vida..

Autor: FelisJunior


Comentários

  1. Bom dia estimado Felis,

    Que ternurinha de poema!
    Que belíssimas metáforas você usa, para falar de seu amor.

    Um dia muito feliz, lhe desejo.

    Beijos de luz.

    ResponderExcluir
  2. Oi Felisberto.
    Já podemos publicar um livro com tantos poemas, heim? xD
    Gosto muito dos seus poemas declarativos. Eu ainda ei de escrever um poema desses para meu amado :)

    Que bom que o resultado está sendo bom. Eu sempre leio os comentários da postagem. E nesse segundo capítulo já rendemos até mais leitores. Eu estou mesmo empolgada com a escrita. Ah, eu endendi o poema junto com a fanfic. Mas não reclamei nem nada não, viu? Pelo contrário. Eu gostei tanto dos pequenos poeminhas, eles são daqueles que conseguimos escrever no blilhetinho para mandarmos rapidinho para quem gostamos. ;D Espero que a galere continue gostando e acompanhando. Estou cada vez mais feliz com isso ^^
    Abraços
    http://suinguken.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Realmente tem alma de grandes poetas que já li, parabéns.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia!!
    2X0 para voce!
    Essa declaração, irá conquista-la
    ou voce não seria voce, poeta apaixonado...Bjinhos de sua Anja, sempre por aqui para defender-te!

    ResponderExcluir
  5. Oi
    Lindinho
    Beijinhos
    Paeeee lindão e micão
    Te amuuu

    ResponderExcluir
  6. Olá meu amigo apaixonado, que Deus conserve a sua doçura e sensibilidade sempre! abraços

    ResponderExcluir
  7. Olá querido Felisberto

    O amor é um sentimento inexplicável mesmo...
    Lindo teu poema.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  8. Olá Felisberto,
    estou em falta com a visita mas... hoje vim me deliciar com a beleza dos versos. Os recursos poéticos que usa dão uma sonoridade deliciosa ao poema.
    Desejo-lhe um dia iluminado!
    Beijos de carinho,
    Gracita

    ResponderExcluir
  9. Oi Felisberto !!
    ja virou rotina pra mim !!
    começou o dia vamos no blog do felisberto ver um poema lindo de encher os olhos !!!
    eu chego a ficar intrigado de como tu fala de um sentimento tão complicado com tanta facilidade !! TT-TT
    eu não conseguiria !!
    o amor pra mim é um sentimento muito forte que tem também muitas variações !!
    Cara só posso te dar os parabens por por no papel o que muita gente não consegue !!
    Abração !!
    :D

    ResponderExcluir
  10. a poesia é a música e amúsica é poesia pra falar de amor então!
    o fagner faz mto bem em borbulhas de amor né?!
    "Tenho um coração
    Dividido entre a esperança
    E a razão
    Tenho um coração
    Bem melhor que não tivera...

    Esse coração
    Não consegue se conter
    Ao ouvir tua voz
    Pobre coração
    Sempre escravo da ternura...

    Quem dera ser um peixe
    Para em teu límpido
    Aquário mergulhar
    Fazer borbulhas de amor
    Prá te encantar
    Passar a noite em claro
    Dentro de ti..."
    uauuu amor sublime amor!!!
    Parabéns, bj!

    ResponderExcluir
  11. Olá!!!Boa tarde pra você também!!
    Felis, você que é tudo de bom, amigo!
    Sua empatia, seu coração, atravessa a telinha do computador!!
    Que poema,amado amigooo!!ufa, aff!!!
    Que calor!!rs!
    Bjokas !!Soninha!!

    ResponderExcluir
  12. Que imagem mais cute e cute de linda.. (exagerei ne? rsrs)

    Que romantismo e vereração e admiração pela mulher amada.. Ela deve ser intensamente inspiradora, não é? não deve ser á toa que ela ser A mulher da sua vida..

    Vou te contranger agora, rsrs sempre que leio seus poemas, formulo uma imagem de mulher na cabeça, me pergunto quem ser essa musa inspiradora? rs

    P.s.: Também gosto de me ver assim... meus sonhados dias de paz que falei que ia conquistar chegaram e eu os semeio no vento com a vibe mais positiva presente em mim, para que contagie a todos..

    Um grande beijo, e obrigada pelo carinho, presença e amizade!
    Até mais

    ResponderExcluir
  13. Felis,

    Sorte daqueles que tem
    um amor na vida ou um Grande amor.
    Ser parte do outro, rir chorar, acordar,enfim AMAR é sentir a vida pulsar, o jardim florir e o céu se iluminar.
    Um texto apaixonante, adorei.

    BeijO

    ResponderExcluir
  14. Boa tarde,
    Poetinha de asas,que voa pela imensidão dos sentimentos mais puros e idealizadores,onde o sentimo "AMAR",é tão eterno e duradouro,por ti que escreves poesias apaixonadas e o "AMOR" é o dono da situação.
    Vim retribuir tua nobre visita,sempre agradecendo o teu comentário,claro,franco e objetivo.
    Tenhas uma terça-feira cheia de amor e carinho.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  15. Sim um segundo pode ser mesmo muito tempo obrigada (;

    ResponderExcluir
  16. Olá, Felisberto
    Muito obrigada pela sua visita à minha «CASA».
    Fiquei muito feliz principalmente com suas palavras tão gentis!
    Bem haja!

    Seu blog é muito interessante, com poemas muito bonitos.
    Gostei particularmente deste último, de Amor, sim, mas onde a ternura está muito presente.

    Espero voltar a vê-lo mais vezes.
    Já me fiz sua seguidora para não lhe perder o rumo... :)
    Voltarei sempre que possível.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  17. Adoro poemas assim, curtos, pequenos, mas grandes em sentimento e emoção. Adorei, meu querido Felis!

    Bjoss da Lu...

    ResponderExcluir
  18. Amor com gostinho de uvas, de mel...que coisa boa, nada como estar apaixonado...fica-se bemmmm inspirado. Beijos no teu coração meu amigo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário