Ainda o sinto

Imagem:Google
Não conseguiram 
Retirar o amor de meu coração.
Ainda o sinto.

Um coração que se despedaçou
 Contra a sua indiferença. 
Que me fez sentir 
Seu adeus longo e triste.
A  renúncia ao meu grande amor.

Não conseguiram
 Reter a minha alma.
 Logo, o amor ainda existe.
Por isso insisto,persisto, resisto.
Ainda o sinto.

  Minha alma assegura
Um afastamento passageiro
Para um reencontro futuro

 E já não espero.

Serei aquele
 Por quem se espera.
______________________________
"A alma é sábia: enquanto achamos que só existe dor, ela trabalha, em silêncio, para tecer o momento novo. E ele chega."
Ana Jácomo
____________________________________________
up 17/01/2012

Comentários

  1. Felix-Poeta!
    Tudo bem?
    Poema profundo, pois quando não conseguimos virar a página, é complicado. Se ficam fragmentos de um relacionamento que não progrediu em nosso, isso nos faz não conseguir avançar.

    Adorei teu comentário de esquecimento por lá! Achei super original, só por isso já valeria ter vindo por aqui; mas teus escritos valem também, bastante!

    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  2. O amor deixa suas pegadas que jamais serão apagadas, mas também deixa uma força danada de prosseguirmos em busca do que realmente irá nos fazer feliz,,,,

    Beijos com carinho e uma ótima terça pra ti...

    ResponderExcluir
  3. Minha alma assegura
    Um afastamento passageiro
    Para um reencontro futuro

    Nossa essa frase do poema me tocou
    com certeza esse encontro pra mim
    e para todos é um sonho lindo
    deixo um bom dia com todo meu carinho pra vc.
    Um poema de amor que como sempre
    amei bjusssss
    Rita!!!!

    Adoro ter vc como amigo e sempre
    presente no meu cantinho!!

    ResponderExcluir
  4. Afasta esse desgosto
    Do seu coração
    Pior que fogo posto
    Causado pela chama da paixão!

    Sua alma insegura
    Sofrimento tem fim
    Vivendo na rua da amargura
    Não pensa mais nele sim!

    Coitado desse coração
    Por amor se despedaçou
    Adormecido na ilusão
    Ainda não acordou!

    Boa terça-feira
    um abraço
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  5. Amor jamais acaba, se acaba nunca foi amor.Por isso não podes retirar o amor do seu coração!!!
    Felisberto meu amigo, lindos versos! Venho aqui agradecer o carinho de sua visita e comentario, nesse dia muito especial pra mim e meu marido,conheci meu marido quando eu tinha 9 anos de idade e ele 11, por isso o verso dizendo pela longa espera, rsrs, primeiro e único amor de nós dois, é mesmo especial e lindo isso,sempre escreverei sobre isso, amanhã sairemos para comemorar, pois hoje tem de ter bolo e champanha em nossa casa, só não sei quando voltar, talvez na semana que vem,todos os anos saímos em "lua de mel" rememorar!!!
    Compartilhar com os amigos é mesmo muito bom, estás em meu coração, muito obrigada!!!
    Beijos e abraços apertados!
    Ivone

    ResponderExcluir
  6. Oi!! Todo sentimento deixa suas marcas, su his tória, temos é que aprender com tudo o que ele nos traz.
    Tenha lindos dias. Bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi,miguito!!
    Fizeste piada com o que escrevi"então...tudo na vida é passageiro, menos o cobrador e o motorista...
    E no seu lindo poema,vc diz :
    "...afastamento passageiro..."!rs!!
    E aí????rs!Brincadeirinha!!
    Belo poema,amado amigo!
    Boa terça,quarta,.....
    Bjs no core!SONINHA!!

    ResponderExcluir
  8. Também não conseguiram afastar o amor do meu coração, por mais que se tentasse... Trancaram ele lá dentro de um cômodo chamado coração e não se lembram onde colocaram a chave...

    (Obrigada pelo carinho lá no blog e pela paciência que tens de ler essa aprendiz de escritora)

    http://senhoritamoca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá amigo, que linda poesia e muito inspiradora. Parabéns!!

    Também vim te agradecer por seguir meu outro blog Heath Ledger. Valeu mesmo pela força!!

    Um forte abraço XD

    ResponderExcluir
  10. Acredito que o que é verdadeiro, sobrevive e retorna, mais bonito e forte. Um abraço!

    ResponderExcluir
  11. Obrigada por me visitar...estava precisando me sentir querida!!!!

    ResponderExcluir
  12. Lendo o teu poema, lembrei de uma fase terrível que passei à alguns meses atrás.
    Ainda bem que tudo passa, e passou (:

    bjs;*

    ResponderExcluir
  13. O amor verdadeiro nunca morre, ele, apenas, adormece... linda poesia, Jr!
    Ps.: meu aniversário foi no dia 24 de maio. :)
    beijos e linda noite.

    ResponderExcluir
  14. O amor é dessas coisas que custa muito para nos largar.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Oieeeee...Consegui!
    E no silencio de minha alma,
    eu consigo rever tudo que passou
    e tentar reconstruir o que um dia
    terminou...Amei!!
    Bjinhos de novo agora com sabor
    de sono...Uaaaa!!
    Fique com DEUS!
    Sua sempre amiganja!

    ResponderExcluir
  16. Felis, tudo que vc escreve é maravilhoso e muito bom sua finalização do post com essa linda frase da Ana Jacomo. Abraços pra vc!

    ResponderExcluir

Postar um comentário