Dúvida eterna

Imagem:Google

Escrevo-lhe emails jamais enviados.
A contar-lhe os meus sentimentos.
O que me vale são alguns dos sonhos.
Estou  paralisado pelo receio da rejeição  ou algo que  poderá destruir tudo que construímos. 
Cada vez que te vejo ilumina-se o meu interior. 
O coração bate mais forte, vem a palpitação, as ideias vagueiam entre os complexos derivados dos sonhos e devaneios.
 Como revelar as minhas emoções e sentimentos, sabendo que corro o risco  da rejeição.
 Mesmo assim não consigo libertar a minha mente e coração, estando sempre ansioso para te  ver ou ouvir.
Será preferível viver nesta dúvida eterna.
 Como arranjar a coragem para dar este passo...

"Aquilo que mais secretamente tememos, sempre acaba acontecendo" 
 Albert Camus

Comentários

  1. Acho que todos nós já passamos por esse dilema, sabe.
    Gostar de alguém mas ter medo de revelar seus sentimentos!
    http://conexaoimaginetics.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Bom dia!!
    Nosso desejos
    mais secretos
    precisam e devem
    ficar escondidos,
    mas se valer a pena,
    por que não correr o
    risco? Se não der certo,
    voce irá sofrer, mas partirá
    para outro amor, que seja livre!
    Feito para voce!

    Bjinhos dorminhocos, vou mimi...rs
    Sua sempre Amiganja de plantão!

    ResponderExcluir
  3. Felis..." La eterna pregunta "

    No pienses como soñando en un rechazo ..mi ejemplo : si voy a realizar algo o esperar algo de alguien etc....voy tranquila, si no se me da...me digo Dios no lo quiso y me quedo tranquila asì me haya quedado con las ganas de algo bonito o alguien a quien amar.

    un beso

    ResponderExcluir
  4. Oi Felis
    Quero te agradecer pelo último comentário que vc deixou no meu penúltimo post, eu realmente amei! Seu poema, estava com saudades de passar por aqui, de tuas palavras, quem não arrisca não petisca né?! Tem que arriscar. E por último e não menos importante. PARABÉNS PELO CAMPEONATO PAULISTA!
    Bjos. fofinho e uma ótima semana.
    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Felix-Poeta!
    Muito lindo teus escritos!

    O amor sempre vem acompanhado de desassossegos, não é mesmo?

    Beijos e ótima terça-feira!

    ResponderExcluir
  6. Ótimo poema, mas confesso que a frase final me atraiu bem mais. Realmente é um fato, o que mais tememos, normalmente acaba acontecendo. Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Felis querido! Adorei! Tudo vale a pena se a alma não é pequena(F.Pessoa)! Arriscar e viver! Tem Selo de Amizade de presente lá no Blog!
    Excelente terça-feira! Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá,Felisberto!

    Melhor saber logo, do que viver de ilusão.De for verdadeiro, florescera, senão é porque não era para ser.Não é fácil.Mas é melhor do que viver se enganando.
    A frase do Camus é perfeita.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá amigo, achei lindo o poema mas sinistra a ultima frase rsrs, afinal se tememos não queremos que aconteça, aiaiaia rsrsr
    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Bom Dia Fe, estou um pouco melhor ainda doi a cabeca, mas um pouco menos. Eu sou como esse texto, meus desejos mais secretos estao guardados. Somente p mim rsrs. Mil bjus TA obrigada pela atencao

    ResponderExcluir
  11. Bom dia Felis querido


    Vim agradecer a visita e dizer que amei o poema...
    Desassossegos do amor, quem nunca os teve???

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  12. Felisberto! Tudo bom?
    Peço desculpas, dei uma sumida, não é mesmo? (Sentiu minha falta? rsrs brincadeira)
    Mas e ai, quais são as poucas e boas do momento?

    Mas uma vez, vc escrevendo surpreendentemente bem. Sabe, queria ter tido essa inspiração. É assim que sinto com aquele que tenho amado a tanto tempo. É aquela dúvida incerta, fico como estou, sempre tendo vc por perto, ou talvez eu te conte e te perca.. ao mesmo tempo que poderia ganhá-lo. Bem, eu já contei a ele que o amava, por sorte ele não sumiu de minha vida... mas, eu não sei o que faço. Será que consigo ainda conquistá-lo?

    Bem... assim que estou ultimamente. rsrs Desculpa o desabafo.
    Abraços
    http://suinguken.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Feliz! Tudo bom??
    Andei um pouco sumida, né? Desculpe-me, mas realmente a facul tá tenso. E essa semana ainda começo a trabalhar. Oh tempo, para ondes foi?

    Mas gostei muito do seu poema. Uma inspiração que estou tendo ultimamente com um amigo meu... rsrs

    Abraços
    http://suinguken.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. PS: Desculpa ter mandado 2 comentários... é que eu não vi que agora precisa da sua moderação. Tava acostumada a ver os poemas aparecendo direto e quando não apareceu eu fiquei pensando: "Ué, eu não mandei o comentário não??" Ai eu mandei outro.. rsrs

    Pode apagar que não tem problema xD

    ResponderExcluir
  15. Verdade todos passamos por este tipo de duvida, sinceramente um dos poemas que mais gostei parabéns.

    ResponderExcluir
  16. Bom Dia,Felisberto,amado anjo!!
    Sentimentos do poeta ou do próprio??
    "Será preferível viver nesta dúvida eterna.
    Como arranjar a coragem para dar este passo..."
    Dá pra viver nessa dúvida?
    Só se for do poeta !!
    Beijão no core!!!!!
    SONINHA!!

    ResponderExcluir
  17. Acanhados desejos
    Secreto amor
    Não se deram beijos
    Sem coragem ficou a dor!

    Boa terça-feira
    um abraço
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  18. Eita dúvida heim? Todos nós passamos por isso e chega uma hora que temos que arriscar, pois viver o platonismo é válido somente por um tempo.
    Lindos versos e envia o email vai!
    Beijokas doces

    ResponderExcluir
  19. Meu querido,
    Mais vale um não definitivo do que uma dúvida persistente.
    Se souberes com o que podes contar, choras, deprimes uns tempos e voltas à vida. Se continuares na dúvida arrastarás o sofrimento sabe-se lá até quando. Força, envia mails, telefona, marca um encontro, mas vive!
    Um beijinho

    ResponderExcluir
  20. Bom...se vc ama a sua esposa(imagino que seja esposa... pq vc disse que se separou dela a pouco tempo)e por tudo que vc escreve desse sentimento...acho que a ama...tbm acho que vc deveria procura-la seja como for...ate por sinais de fumaça...e sobre a rejeiçao... no fundo vc sabe se ela te ama...sempre se sabe...conseguimos sentir no outro o desamor e o amor...

    ResponderExcluir
  21. Quando a gente lê alguma coisa temos
    que pensar bem e refletir, pq cada
    um tem seu sentimento..Para mim é
    apenas um Poema, mas para outros não
    sei...até onde ele toca, e o porque toca...E se toca em você!
    Mas desejo que tudo de certo ,que seja feliz
    Eu torço por um amigo Poeta que amo
    de coração.
    Fica com Deus
    Bjuss
    Rita!!

    ResponderExcluir
  22. Yo no me callaría, nada se pierde y sí se puede ganar mucho.
    Belísimas letras, te dejo un fuerte abrazo, bonito martes.

    ResponderExcluir
  23. Oi, Felis, entendo bem as palavras que escreveu, muitas vezes me sinto assim. São dúvidas de quem ama e não quer perder o(a) amado(a). A rejeição é algo extremamente doloroso principalmente quando vem de quem amamos. Um abraço!

    ResponderExcluir
  24. Gosto de tua expressão sincera e sebsível... Vai direto ao coração! Fica-se a torcer, como num jogo, para que "tudo dê certo"...
    Abraço, amigo Felisberto!

    ResponderExcluir
  25. OH!! miguinho!!!!!!aff!
    Oh!amado!
    Só porque já esteve lá, é só boa 3°f, 4°f!!
    Diga algo a mais!!!!kkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  26. Entendi sim meu Poeta, fica bem
    pq tudo que vc escreve me toca muito
    A sensibilidade das palavras é uma
    maravilha
    Bjuss
    Tenha uma bela noite com bons sonhos!!!

    ResponderExcluir
  27. Olá boa noite! Venho agradecer a sua visita,já estou te seguindo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  28. Para a frente, não há nada a perder e tudo a ganhar! =)
    Beijos.

    ResponderExcluir
  29. Boa noite meu querido!
    "Como arranjar a coragem para dar este passo..."?
    Essa é realmente uma duvida cruel!
    Porem o pensamento abaixo completa perfeitamente o raciocínio do poema!

    Lindo!

    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Olá Felis, meu poeta querido!
    Cheguei com saudades...demorei, mas cheguei! rsss

    Hummm, acha mesmo que a dúvida é melhor que a rejeição?
    Penso que a expressão clara e honesta dos nossos mais profundos sentimentos, é a nossa melhor arma nas relações, seja de amizade ou de amor. A dúvida, traz inquietação...Já a declaração de um grande amor, com seus misteriosos mecanismos pode produzir novidades inesperadas...rsss

    A cada dia, a tua poesia reflete a tua alma com grandeza!

    Beijos da Lu...

    ResponderExcluir
  31. Ola Felis,

    Sempre devemos dar o primeiro passo.

    O egoísmo por vezes impede a muitos de ver alem de si mesmo, não conseguindo ver o proximo por mais proximo que esteja.

    Boa noite

    Beijo

    ResponderExcluir
  32. Acredito que enviar o e-mail, seria uma boa opção.

    Deve-se pensar que: o não já existe, tente conquistar o sim, pois quando a rejeição não acontecer a surpresa vai ser uma maravilha.

    lindo poema, Jr... beijosss

    ResponderExcluir

Postar um comentário