Blogagem Coletiva:Espiritualidade

  Espiritualidade. 
Registro, de início, propositadamente,  que a
 presente postagem é  condizente substancialmente em 
conhecimento, vivência e pesquisa   de um Cristão Católico. 
 Conjugando-se com isso o meu direito pelo reconhecimento por parte dos leitores de que cada pessoa possui pontos 
de vista, crenças e religiões, seguindo seu  plano de vida e ação e embasadas em valores próprios,  mesmo quando estes divirjam dos valores  dominantes na sociedade. 
E no meu ponto de vista, há uma  
 visão distorcida da verdadeira e autêntica espiritualidade. 
A espiritualidade  do incenso queimado ou das novenas feitas somente com a intenção de receber  a graça  são vazias e sem fundamento.
Espiritualidade não é um conjunto de espíritos, nem  um conjunto de ideologias vinculado ao espírito e sim, um conjunto de práticas aplicadas em busca da harmonia do espírito.
Portanto, para  mim, espiritismo e feitiçaria não é espiritualidade.
Também, não podemos confundir a espiritualidade no sentido católico do termo, esta não pode ter outro alicerce a não ser Jesus Cristo, onde a espiritualidade não é uma parte da vida, mas a vida inteira guiada pelo Espírito de Jesus, destacando-se a oração,
que o levará, aos poucos, a ver a realidade com um olhar contemplativo, que lhe permitirá reconhecer a Deus em cada instante e em Todas as coisas; de contemplá-lo em cada pessoa; de procurar cumprir sua vontade nos acontecimentos.
 Vive-se hoje muito mais a fala do que a ação e isto obriga o homem a rever  seus valores de vida, que ficaram perdidos pela falta de fé em si mesmo, inclusive o impedindo de entender 
 que a ação é o caminho  de toda forma de espiritualidade 
O caminho da verdadeira espiritualidade é um processo de libertação interior onde  nada mais poderá nos impedir de sermos livres no nosso agir. 
 Percebemos que é necessário  produzir dentro de nós uma mudança e superar as ideologias que não realizam nada em nós.
  Há mudanças que são superficiais e exteriores e que não nos transformam. 
Mas há mudanças  que modificam o que há dentro de nós, são interiores e  verdadeiras transformações, capazes de dar um novo sentido à vida ou de abrir novos campos de experiência e de profundidade rumo ao próprio coração e ao mistério de todas as coisas. 
  A espiritualidade vem sendo descoberta  como o momento necessário para o desabrochar pleno de nossa individuação e como espaço da paz no meio dos conflitos  sociais e existenciais.
 É aqui e agora que a nossa vida deve se realizar.
 Penso que não há outras vidas e nem outra existência a não ser a vida  que  conquistamos no dia a dia , e na luta sem trégua contra o mal que está dentro e fora de nós.
Devemos viver a  vida plenamente como ela é, por inteiro, o que nos levará a estar mais próximo de Deus,  e assim, podemos ser reconhecidos  como aquele que viveu a vida que Ele nos deu.
A espiritualidade plena e verdadeira nada mais é do que ser você mesmo.
 Desde que você tenha isto como sua verdade e não a do outro, tudo pode ser aceito.
 A espiritualidade faz parte de nossa vidas, do nosso EU.


“Espiritualidade é aquilo que produz no ser humano uma mudança interior”
Dalai-Lama
Líder espiritual e político tibetano
6/7/1935, Takster, Tibet (atual China)
****************
Blogs que se comprometeram à participar da
Blogagem Coletiva
Segue o Link

06/Julho/2012

Comentários

  1. Felix-Poeta!
    Muito bem escrito!

    Ressalto a parte da espiritualidade como uma 'libertação' como bem escreveste, algo de dentro para fora, penso que assim como a fé. Uma experiência individual regida por algo maior.
    Beijos e ótima sexta-feira!

    ResponderExcluir
  2. Bom texto, Felisberto. Mas apesar de católico, eu considero espiritismo uma religião tb. Aliás, Deus é um só e todas as crenças merecem ser respeitadas. Abração e boa sexta!

    ResponderExcluir
  3. Feeee, Bom Dia. Obrigada por estar presente na festinha da minha filhota.Dorei o texto do niver.Mil bjus. Boa sexta.TA

    ResponderExcluir
  4. Concordo aqui com o comentário de Sergio Santos. Todas as crenças devem ser respeitadas.(Também sou católica)

    Adorei este seu texto, muito bem escrito!!! Parabéns Felisberto!

    Uma ótima sexta com muita paz e luz

    Beijo
    Sónia

    ResponderExcluir
  5. Bom dia com alegria!!!

    Tbém sou católica, e acho o espiritismo, uma boa palavra, que traz muita sabedoria,nada contra e Dali-Lama tem uma sabedoria impar
    As palavras dele só faz bem, a gente sente dentro de nós o melhor quando lemos textos tão gratificantes.
    Deixo um abraço com carinho
    Bjuss
    Rita!!!

    ResponderExcluir
  6. Um texto muito inteligente! a fé é tão individual, que eu não consigo encaixar-me em qualquer tipo de coletivização da fé. Não consigo seguir religiões. Concordo com quase tudo, a não ser que só temos esta vida, pois creio que a alma é imortal, e continua após a morte. mas não sei como, ou onde, e nem me atrevo a especular.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Felis, fostes bem direto a fonte...de dentro pra fora!
    A transformação do espirito realmente se da de dentro pra fora, onde possamos evoluir e melhorar nosso preespirito.
    Acredito em DEUS e na energia que vem do Universo, mas entendo seu texto como catolica que ja fui. Deus está acima de tudo, do bem e do mal, mas nos permite termos o livre arbitreo para escolher o melhor caminho para aprendermos e a recebermos Jesus em nossos corações...Adorei!!
    O meu foi bem simplesinho, contei o que passei desde a infancia até os dias de hoje, as mudanças em minha vida! Não entendo muito sobre o tema, mas sobre a minha vivencia sim!
    Bjinhos de Alma limpa!!
    Sua sempre Amiganja! Parabens!!

    ResponderExcluir
  8. Bem escrito sim! Obrigada pelo seu carinho.

    ResponderExcluir
  9. Olá felisberto, gostei do texto, passei para lhe desejar um Iluminado fim de semana.
    Beijinhos de Luz!
    Ana Maria

    ResponderExcluir
  10. Olá ,meu amigo Felis!!
    Num determinado momento vc diz:
    " espiritualidade não é uma parte da vida, mas a vida inteira guiada pelo Espírito de Jesus, destacando-se a oração,"!!
    Isso é tudo !!Somos livres!!
    Amei!!Bjs no core,amado amigo!
    Soninha.

    ResponderExcluir
  11. Um texto em que se segue para várias reflexões. Fui muito "comandada" na religião. Obrigada e castrada mesmo. Deus castigo. Pecado. E, por ai tantos dogmas de catecismo... ultrapassados! Encontro-me desde há muito nas leituras espirituais e nos valores humanos, sem hipocrisias, mas na verdade do que faço para mim e para o meu próximo. Hoje, liberto-me e cuido, pelo menos tento, do meu espiritual - pois é o que tenho e o que levarei para outras vidas. Excelente reflexão!
    [] Célia.

    ResponderExcluir
  12. muito bom, o que realmente importa é que somos filhos de um único Pai, e isso nos torna mais próximos, beijinhos e shalom

    ResponderExcluir
  13. Adorei tava esperando a sua postagem, concordo meu amigo esta dentro de nós.

    ResponderExcluir
  14. Olá Felisberto, texto muito bom e foste verdadeiro em suas palavras,o mais importante é o respeito de um para com o outro este é meu pensamento. Parabéns.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  15. Muito interessante sua visao. A espiritualidade e inerente aos seres humanos y e um grande mistério... cada pessoa percebe como única e especial...
    Um beijo grande e feliz fim de semana.

    ResponderExcluir
  16. Ola parceiro,
    Primeiramente perdoe-me pelo equivoco anterior.

    Bem, como ia dizendo, o seu belo texto me chamou atenção em dois aspectos: primeiramente quando você diz que devemos sair da teoria excessiva para por na prática os conhecimentos aprendidos, visto que somente na prática é que podemos amar a Deus, amar o próximo e praticar a caridade, transformando assim nosso bairro, o país e depois o mundo! Em seguida quando diz que o mais importante é que cada um vivencie a espiritualidade e se transforme numa pessoa melhor. O que na minha doutrina chamamos de reforma íntima. O que é muito difícil, mas temos que tentar sempre, no caminho do bem.

    Abraços Flávio,
    --> Blog Telinha Critica <--

    ResponderExcluir
  17. Grande Felisberto, como estás mano?

    Bem, gostei do teu texto, bem pessoal, direto, e sem firulas, é muito particular discorrer sobre espiritualidade, entra na esfera da fé, e fé não se explica, se vive, quando aprendemos a respeitar a fé alheia e expomos a nossa sem impor, ai começa o respeito pela espiritualidade alheia, e essa blogagem coletiva serve justamente pra isso, para expormos as nossas impressões sobre este tema, quem está certo ou errado não cabe julgarmos, um dia saberemos quem esteve certo ou errado, mas ter fé e acreditar em algo superior além de nos dar um lado emocional equilibrado, somos mais esperançosos em relação à vida e à morte. Eu sou cristão protestante, acredito em Deus, em Cristo como sendo Deus Filho e o nosso único Salvador, e na pessoa do Espirito Santo, exponho minha crença em meu site sem impor ou ofender a fé alheia, e graças à Deus as pessoas comentam as minhas postagens sem constrangimento, e isso pra mim já é uma vitória.

    Parabéns pelo seu texto, e que Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
  18. Bom texto, direto. Gosto disso. A espiritualidade é algo íntimo como disseste e não está ligada a objetos ações ou pessoas em específico. Acredito que a espiritualidade é um filtro por onde percebemos as coisas. O importante é estarmos realmente bem, e sentindo as coisas que nos acontecem. Se nossas religiões ou crenças nos permitem isso. Ela são validíssimas! Grande abraço! http://salpage.blogspot.com.br/2012/07/blogagem-coletiva-espiritualidade.html

    ResponderExcluir
  19. OLá Felis, meu bom e querido amigo!!

    Interessantíssimo o teu texto/depoimento, discorrendo sobre a tua espiritualidade! Gostei demais, conhecer esse teu lado tão autêntico!
    Além de um texto muito bem escrito,no que, aliás,você tem se revelado excelente cronista, deu pra sentir, perceber que você não se encontra algemado em dogmas, antes,sim, ligado a sua espiritualidade de forma sincera e bonita.

    Tenho dito em meus comentários aí pela blogosfera, que essa Blogagem Coletiva com a temática "espiritualidade", foi uma idéia genial, brilhante mesmo, por nos oferecer o lado íntimo, de alma e coração dos amigos com quem interagimos diariamente. Fantástico!

    Apenas preciso e devo fazer uma ressalva à sua referência ao Espiritismo, como não sendo espiritualidade.
    Quando indagado sobre se a Doutrina Espirita era mais uma religião, o insigne codificador da Doutrina , disse que ela , a doutrina, não era uma religião no sentido como uma religião é comumente conhecida, mas que possuía os atributos ciência e filosofia que levariam às consequências morais. E, que ao Ser fortaleceria aquela "fé inabalável que encara a Razão, face a face, em todas as épocas da Humanidade". E, que a sua maior finalidade era a educação do espírito, e por isso se fazia e faz Libertadora de Consciências! Só por isso, o Espiritismo já tem em si mesmo a mais autêntica e lídima ESPIRITUALIDADE, com a qual todos que a conhecem, concordam.

    Parabéns meu bom amigo, por sua participação brilhante nessa Blogosfera Coletiva , adorei!

    Beijos da amiga de sempre, Lu...

    ResponderExcluir
  20. Religião é um decisão que merece respeito, cada um tem a sua e ponto, Jr! Isso é ser autêntico! Eu sou Católica e sabia que também gosto de incenso? Uso para perfumar meu quarto e se a finalidade dele não trouxer carga positiva, negativa é que não vai trazer. beijos e tudo de bom sempre!

    ResponderExcluir
  21. Felis,
    Você deu algumas definições de espiritualidade e eu concordo com todas. Espiritualidade é vivência pessoal e cada um de acordo com sua vivências e experiencias pode defini-la de um modo peculiar.
    Parabéns pelo texto!
    beijokas doces e um bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  22. Olá, Felis!
    Gostei muito quando disse que a melhor maneira de evoluir e alcançar mudanças é através da ação. Mais atitude e menos palavras! E acima de tudo ser autêntico ao desenvolver a nossa espiritualidade!
    Excelente texto!
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  23. Olá estimado Felis,

    Você iniciou sua postagem, inserida na Blogagem Coletiva, dizendo qu é Católico.

    OS MEUS PARABÉNS!

    Eu vou comentar, dizendo para você e para quantos aqui passarem e lerem, que sou CATÓLICA, também.

    Penso que no Brasil, proliferam as igrejas. Se compreende, o país é enorme, as necessidades, a todos os níveis, são imensas, e nada melhor que surgir alguém, com poder de Oratória, bastante empolgado e que leve os frequentadores dessa Igreja a pagar o dízimo, que foi bíblico, e que mais tarde foi abolido, com a vinda de Jesus à terra. É evidente, que na Igreja a que pertencemos e onde fomos batizados, também passa uma caixinha, um saquinho, nas missas. Eu, não dou. Prefiro ir falar com o Padre, e saber se "X" ou "Y" estão precisando de uma cadeira confortável, devido à idade, e coisas, desse género.

    EU NÃO QUERO, QUE À CUSTA DO MEU DINHEIRO, NINGUÉM COMPRE LUXUOSAS MANSÕES, EM ILHAS PARADISÍACAS. É IMORALLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL.

    Ora agora, vamos falar do Vaticano, um estado dentro de outro estado, que é a nossa Igreja, e que é bem rico, por sinal.
    Não aprecio como pessoa, nem como Papa, Bento XVI. É vaidoso, frio, calculisata, mas só DEUS CONHECE OS CORAÇÕES, portanto o meu é capaz de ser bem pior que o dele.
    No final dos tempos, veremos, quem cá estiver.
    O Armagedon não será coisinha de brincar, será coisa séria.
    O Vaticano desenvolve uma obra meritória, em prol da sociedade mais desfavorecida, embora talvez alguns possam arrecadar para si, quantias significativas.
    Que Deus me perdõe, não o possso afirmar, com certezas, mas é o que eu penso. No final dos tempos, serão julgados.

    Quanto ao tema, Espiritismo, que para mim não é Espiritualidade, não tenho uma ideia muito bem formada acerca dessa atitude mental. Não a denonimo de Religião, porque, penso que é composta por uma série de práticas, tais com: acredite em você, viva a vida em harmonia, tenha auto-estima, se valorize, mas, não sei até que ponto eles conseguem aplicar na vida diária essas ideias, que vinculam.
    Afinal, todas as religiões dizem isso. Então, onde reside a diferença?
    Eu ligo, associo o espiritismo, e em Portugal, também, à feitiçaria. à mesa de pé de galo e a coisas um tanto transcendentais.

    Faço novenas, uso água benta, quero eu lá saber se quem benzeu não o fez com verdade, ou se mesmo não o fez. Para mim, ela está benta, benzida, e o que conta é a minha boa fé. Incenso, purifica, todo o mundo sabe.

    CRISTÃO PROTESTANTE, como diz um seu comentarista e muito bem.
    Todos nós somos Evangélicos, porque nos baseamos nos Santos Evangelhos, não é?

    DOUTRINA PROTESTANTE DE MARTINHO LUTERO E CALVINO, seus fundadores, é o termo correto, porque uma dezena de pessoas, incluindo Padres se revoltaram, PROTESTARAM contra algumas coisas com as quais não estavam de acordo na Igreja Católica. E deu-se o Cisma. ESTE MOVIMENTO PROTESTANTE, chamou-se REFORMA, mas a Igreja católica não ficou dormindo, e passado alguns anos, lhe deu a resposta com a CONTRA-REFORMA, onde já eram aceites reivindicações dos Protestantes. A evolução da Igreja Católica tinha de se dar e está se dando, cada vez mais.
    Ah! Temos Padres Pedófilos, abusadores, temos, temos, mas a grande maioria está, e sempre esteve em Missionação. Passam e residem em lugares inóspitos, sem água, sem luz e comem para sobreviver. SEMPRE ASSIM FOI.
    Foram os Padres, que ensinaram as pessoas a ler. É importante, que se diga. Que há Padres, que não prestam, ah! pois há. Todo o mundo será julgado.

    GOSTEI DO SEU TEXTO E DA SUA ATITUDE.

    Beijos afetuosos da Luz.

    ResponderExcluir
  24. Meu querido amigo, parabéns pelas corretas colocações, Espiritualidade é a própria essência manifestada por cada ser, claro que seguir uma Religião é uma necessidade fundamental que a fortalece, é esta compreensão que faz a distinção entre ambas. O ser espiritual busca o Bem e a prática do amor incondicional é fundamental, e este amor é seguir Jesus que é o "caminho , a verdade e a vida", que nos leva a Deus. Existem dogmas, normas e costumes que alicerçam a Religião. Parabéns pelo texto, muito bom!

    ResponderExcluir
  25. Bem maduro o seu texto. Concordo contigo: rituais (sejam eles católicos ou não) somente para receber a graça são vazios. E eu acrescentaria como perda de tempo. Acho que mais vale uma oração feita de coração do que um ritual bem feito sem o verdadeiro sentimento de espírito.
    Grande Abraço

    ResponderExcluir
  26. Eu compreendi perfeitamente o que quis dizer ao referir-se que o Espiritismo não é espiritualidade ao ler o contexto em si do que quis transmitir.
    O que você quis dizer é que espiritualidade não se limita a alguns espíritos, ou rituais, ou o que quer que seja, mesmo que ainda se mantenha cristão católico, uma instituição que também carrega os seus dogmas.
    Mas o mais importante é que você vive sua espiritualidade congregando, mas sabendo discernir o certo do errado. Sua fé não é cega.
    Não poderia estar mais de acordo com o texto de que espiritualidade não seja barganhar graças de Deus.
    E fiquei surpreso em ter algum parceiro que também teve contato com a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. É interessante isto, o fato de ela nos induzir ao conhecimento bíblico quando os pilares de sua filosofia acabam sendo um pouco desviado das escrituras. Ou talvez por ser exatamente muito diferente do que costumamos ver no Cristianismo, que esta denominação nos induza tanto a esta busca e acaba por ser muito útil. Ao menos para mim em particular foi.
    Muito bom seu post, devia escrever mais crônicas.
    Bom fim de semana parceiro!

    ResponderExcluir
  27. Ah,Felisberto se você fosse padre todos os dias eu iria na celebração de suas missas!Você destacou inúmeras verdades em apenas um texto,gosto principalmente quando você chega à conclusão que não são as ladainhas ou as mandingas que nos livrarão do mal,tão somente interferem as nossas ações nesse quesito.Sobre as vidas,prefiro viver essa mesmo,se tiver mais acho que é porque errei de corpo e sou um gato,que na boca do povo tem 7 vidas.Você entendeu o que eu quis dizer né? Beijocas amigo!

    ResponderExcluir
  28. Olá Felisberto. Quanto tempo, heim?
    A rotina me deu um baque essa semana, mas estou começando a voltar. Aos poucos eu consigo (espero!)

    Li o seu texto e gostei muito. Também sou Cristã Católica e acredito que devemos respeitar todos os nossos irmãos, independente do caminho que escolhem. Assim como você disse, acho que o verdadeiro problema da sociedade é o fato do ser humano estar perdendo os valores e a crença em si mesmo. Aceitando qualquer mudança superficial. Precisamos ser tolerantes, afinal, todos somos criaturas e filhos de Deus.

    Abraços
    http://suinguken.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Ficou bem interessante seu texto meu amigo gostei.

    ResponderExcluir
  30. Nossa... O que eu posso dizer? Que concordo bastante com você. O significado de espiritualidade e fé tem sido destorcido. Essa libertação interior é uma experiência única e individual que muitas pessoas acham que já sentiram mas não chegaram a plenitude dessa sensação. Chegar a Deus é mais simples do que se imagina, mas é indispensável vontade, querer.

    http://senhoritamoca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Olá meu doce Poeta.
    Lendo cada postagem dessa Blogagem a gente ve pensamentos tão diferentes, não participo dessa ,mas estou visitando os que participa e acho lindo o jeito de pensar de cada um.
    É a fé em Deus que faz nosso melhor
    Parabéns pelos bons post que deixa a gente mais confiante e com a sabedoria melhor
    Abraços
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  32. Oi Felisberto. Sou cristã mas respeito muito o espiritismo porque apesar de existirem várias crenças, Deus é o mesmo e sempre cuida de nós.
    Tenha um ótimo fds, abraços.

    ResponderExcluir
  33. Olá, também faço parte da blogagem coletiva e passo aqui para ler sua postagem.
    Preciso parabeniza-lo por viver plenamente sua religião e sua espiritualidade.
    Tem razão quando diz que devemos viver a vida intensamente, aproveita-la ao máximo, pois ela é um presente que Deus nos deu.
    Respeitar ao próximo e amar as pessoas é também um tipo de religião, que carece de tempo e sabedoria para praticar plenamente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  34. Acredito que a espiritualidade tem a ver com a minha relação com Deus e que a Bíblia é o Livro Sagrado.Creio que aprendo e cresço quando leio a Bíblia, quando vou a igreja para congregar. Só o que não posso ser é religiosa.
    Tenha um abençoado fim-de-semana.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  35. Menino grande !!!!!!!
    Postagem complexa quando tempos que falar de espiritualidade.Todo mundo anda atras de uma religião,mas a palavra de Deus está dentro de cada um de nós independente de religião...sempre sabemos o que nos move dentro da espiritualidade.O bem e o mal caminha sempre do nosso lado,basta querermos seguir a religião que nos convier,mas o que somos dentro da nossa alma é independente de religião.
    Bjs para aquecer teus textos que são produtivos ...

    ResponderExcluir
  36. Como sempre um deleite te ler (IN) feliz Junior... Meu amigo reabri as portas do Ostra da Poesia para mais um evento e gostaria de contar com tua presença... dias de luz e paz tenhas. Um enorme beijo no coração.

    ResponderExcluir
  37. Gostei do texto e da forma direta como expôs o tema. Acredito que espiritualidade não está relacionada a religião, sendo assim, o espiritismo, assim como o cristianismo (catolicismo, protestantismo, etc) não é realmente espiritualidade.

    Espiritualidade está diretamente relacionada a um relacionamento com Deus, então uma pessoa espírita, assim como uma cristã podem não ter espiritualidade nenhuma, porque apesar de seguirem determinado ritual, fazerem orações e pregarem o evangelho, não vivenciam nada daquilo que dizem.

    Eu, como protestante, tenho plena convicção de minha espiritualidade, não por frequentar a igreja ou participar de algum ministério, mas porque tenho um relacionamento pessoal com Deus, um relacionamento que transformou minha vida de uma forma que resplandece para quem me conhece e convive comigo.

    Muito mais importante do que gritar aos quatro ventos que é isto ou aquilo, é mostrar com sua vida a mudança que a presença de Deus traz às pessoas.

    Excelente texto, parabéns! E até a próxima =)

    palavrasdevalquiria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  38. Oi Felis,

    Agradeço sua visita e suas palavras carinhosas.

    Quanto ao texto, expôs o que pensa sobre esse tema tao complexo que é a espiritualidade, cada um acredita no que acha justo e verdadeiro pra si e isso é o que importa.



    Abçs

    ResponderExcluir
  39. Muito bem escrito seu texto... gostei especialmente quando disse que a espiritualidade deve levar a pessoa a viver melhor.

    ;D

    ResponderExcluir
  40. Olá poeta,

    Um texto muito sábio e inteligente.Ficou excelente sua participação!
    Concordo com o mestre Dalai-Lama,
    espiritualidade é aquilo que produz no ser humano uma mudança interior.

    Desejo uma ótima semana cheia de coisas especiais.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  41. Boa noite, Felisberto, como vai?
    E u não sigo religião nenhuma, e concordo inteiramente com o que colocastes em teu excelente texto; não é uma igreja, um ritual ou uma representação física de Deus, Jesus ou de um santo que irá direcionar o caminho espiritual de cada pessoa.
    A espiritualidade sim, é feita de introspecção e mudança de atitude, e deve ser realizada todos os dias.
    Ninguém tem o direito de nos dizer como devemos levar nossas vidas, esta é uma escolha apenas nossa, e se fazemos o bem, então encontramos a paz interior.
    Abraço, Felisberto.

    ResponderExcluir
  42. Olá Felisberto, tudo bom?
    Concordo com você quando diz que espiritualidade não é apenas incensos queimando ou meras ideologias.
    Espiritualidade é um pedaço mais íntimos de nós. Nos questionarmos sobre quem somos, de onde viemos ou quem nos criou já é um exemplo disso.
    Nesse caminho vamos nos aproximando de Deus e evoluindo como pessoas. Independente de religião.

    Tenha uma boa semana. E desculpe pela demora em vir comentar; esse fim de semana fiquei sem internet.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  43. Não tenho nem mais o que dizer né?
    Esse texto arrazou, disse tudo.
    Uma ótima semana pra ti.
    bjs

    ResponderExcluir
  44. Felis, eu simplesmente adorei seu texto e o modo tão lúcido como você se expressou! Me vi fazendo um "sim" com a cabeça a cada parágrafo que lia!
    Não poderia concordar mais. Esta frase que postasses, para mim resume tudo:

    "Espiritualidade não é um conjunto de espíritos, nem um conjunto de ideologias vinculado ao espírito e sim, um conjunto de práticas aplicadas em busca da harmonia do espírito"

    Como já escrevi, um texto lúcido, inteligente e que mostra fé sem fanatismo.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  45. Felis, me chamou a atenção essa parte.

    "Também, não podemos confundir a espiritualidade no sentido católico do termo, esta não pode ter outro alicerce a não ser Jesus Cristo, onde a espiritualidade não é uma parte da vida, mas a vida inteira guiada pelo Espírito de Jesus, destacando-se a oração"

    Concordo plenamente!!!!!

    Deus quer que o aderemos , o amemos e pratiquemos seus mandamentos " Vive-se hoje muito mais a fala do que a ação" como vc escreveu é a mais pura verdade, infelizmente.
    Os seres humanos são muito complicamos e acabam por vezes muitas vezes se afastando de DEus...Oração? então nem sabem , nem lembram o q é...pobres mortais

    Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade. João 4 :23

    Só não concordo muito qdo vc diz q após a morte acaba tudo, mas enfim ...não vou entrar nesse assunto

    Mas não estou desmerecendo seu texto por isso NUNCA ele ficou esplendido e gostei muito de saber sua opinião sobre espiritualidade.

    Um dia se tiver um blog diferente tb participarei desse tipo de blogagem , é muito bom.
    Gr abç e fique com Jesus!

    ResponderExcluir
  46. Queridooo, tinha pulado esse seu post por achar até que você estava apenas divulgando a blogagem coletiva.
    QUE BURRA! DÁ ZERO PRA ELA.
    Gostei do seu texto. Foi bem escrito e mostrou de uma forma muito clara o seu ponto de vista sobre o tema.
    Espiritualidade foi, é e sempre será um tema bem complexo, onde muitas pessoas ainda concordarão ou discordarão de outras por terem pensamentos totalmente opostos.

    Parabéns pela sua participação na blogagem coletiva.

    Beijo!
    Cléo - Conheça o blog Vejo Por Aí...

    ResponderExcluir
  47. Oi amigo,

    Tudo bem? Desculpe-me a demora em passar por aqui porque fiquei com Mateus esses dias.

    Quanto ao texto, sempre penso em você como um ser espiritual, bondoso, amigo e aí encontro Deus em ti, sempre.

    Que Deus te acompanhe!

    Beijos,

    Lu

    ResponderExcluir
  48. Espiritualidade é individual, é íntimo! Gostei demais da forma como vc escreveu, Felis. Diferente do habitual. Vim esperando por um texto em forma de poesia! rs... mas, mesmo a estrutura estando diferente, percebi a sensibilidade que vc possui em cada palavra lida.

    bjs JoicySorciere => CLIQUE => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  49. Cade vc meu poeta????
    Por onde anda????
    Achei falta dos seus poemas , esse post da Blogagem ficou divino ,muito
    bom e gratificante
    Abraços com carinho
    Rita!!!!!

    ResponderExcluir
  50. Olha a unica postagem que aparece pra mim, mais recente é essa da Blogagem, como tem postagens de ontem aqui no Blog pensei que vc não estava atualizando....mas pode ser erro do Blog mesmo...não consegui ver mais poemas, só a Blogagem Coletiva
    Mas tudo bem uma hora aparece rsrsr
    bjusssss

    ResponderExcluir
  51. A espiritualidade é nada mais nada menos que o crescimento espiritual de uma pessoas mediante a palavra de DEUS é na realidade como vc relatou um libertação de dentro pra fora.. é como um termômentro que mede o grau.. quanto mais a pesoas se envolvve com as coisas de DEUS mais espiritual ela é.. um abração meu amigo..

    ResponderExcluir
  52. Oi Felisberto!
    Hey acho que é a primeira postagem que vejo sua que não é um poema rs...então eu desisti de participar da blogagem coletiva porque como faço parte da minoria que não desenvolve qualquer religiãoo (porque pra mim seita/religião/etc é tudo a mesma coisa) acho legal vir conferir os posts dos colegas blogosféricos!
    Ah as coisas não andam muito certas ultimamente não mas fazer o que n´r? Preciso me ferrar um pouco para poder aprender, vai saber...enfim. É, a sessão Sonoridade foi uma idéia diferente e osso dizer ousada porque terei quefazer boa pesquisa sobre bandas e etc. Acho que preciso me afastar um pouco do Face para poder me dedicar melhor aos projetos.
    bjs!

    ResponderExcluir
  53. Olá muito lindo o que vc escreveu sobre á Espiritualidade!Parabéns adorei beijos.

    ResponderExcluir
  54. Olá obrigada Felisberto pela sua linda mensagem,e sua visita.
    Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  55. Ola Feliz,
    Sua postagem ficou excelente.
    Todas religião leva a Deus.

    Grande abraço !
    Ótima semana!

    ResponderExcluir
  56. Olá, Felisberto. Olha, eu jurava que tinha deixado um comentário aqui!rs. Não sei o que houve,vai ver o comentário não seguiu.
    Bom, o que tenho a dizer é que, como você viu no meu texto, não sigo religião, mas, para mim, todas as religiões deveriam, (deveriam!) ter um única finalidade. Infelizmente, alguns lideres religiosos, e até mesmo muitos que dizem seguir uma religião, desvirtuam os propósitos da própria religião que difundem, agem em total desacordo com suas pregações, aproveitam-se da ignorância alheia, de acordo com suas interpretações e conveniências. Acho que, tanto espiritualidade quanto religião (não costumo vincular uma coisa à outra), levam a um único propósito, o da elevação do espírito.
    O Espiritismo que estudo não lida com feitiçaria, quanto às demais religiões que usam desses meios, ou
    que usam de "trabalhos",também não estou em sintonia com elas. Respeito toda forma de espiritualidade, desde que coerentes com o senso de justiça e amor ao próximo, sem sacrifícios de animais ou qualquer outro tipo de "magia". A mágica está no fazer o bem.

    Obrigada por sua presença no meu espaço.

    Um abraço pra você.

    ResponderExcluir
  57. Oi, já vou de início pedindo desculpas, mas estou passando em cada blog com a mesma mensagem também pedindo desculpas pelo meu imenso sumiço e agradecer a sua visita ao meu blog mesmo quando eu não estiv presente no seu. Eu fiquei sem computador por um bom tempo, e pouco conseguia atualizar. Mas agora estou de volta e prometo visitar com mais frequencia cada blog querido! Beijos e te aguardo para ver minha nova postagem.

    Luciana de Mira

    ResponderExcluir
  58. Mesmo sem saber dessa postagem coletiva eu postei em meu blog sobre espiritualidade, pois é um tema bem atual em que estamos muito a perguntar sobre isso.
    Posto abaixo um pequeno trecho do que eu acho da espiritualidade e você dissertou bem a respeito, pois é mesmo difícil de falar, escrever ou pensar sobre o assunto sem causar polêmica.

    ESPIRITUALIDADE.
    O que é espiritualidade? Em meu modo de entender é a conscientização do nosso espírito, de nossa essência de nossa alma, será que alma e espírito são a mesma coisa?
    Os meus "amigos espirituais" me dizem que o espírito é quando estamos no mundo espiritual e quando reencarnamos somos alma, portanto espiritualidade é sentir e perceber a vida de forma subjetiva, através das sensações da nossa alma/espírito.
    A função natural de todos os seres humanos, tanto faz se estando ou não condicionados a uma religião!
    Até já está sendo provado dentro da psicologia que somos parte de um "eu superior",...

    Segue o texto, mas deixo aqui a minha opinião, pois cada um tem a sua e a que melhor lhe faz feliz, pois o que importa mesmo na nossa vida é encontrar o que todos buscam, ser feliz e viver em paz com fé na Vida que tudo dá e tira se preciso for para o nosso aprendizado!

    Você está certo em seu ponto de vista, ou melhor, todos estão, cada um com a sua fé e a sua religião (não sou religiosa como já disse, mas respeito a todas)!

    Abraços meu amigo querido!
    Ivone

    ResponderExcluir

Postar um comentário