Há dias...

Há dias assim...

...Da janela contemplo...
O horizonte infinito
De dois caminhos 
Com rumos diferentes.
Escuto o barulho da chuva
E o bater na porta
Da ausência de sua presença.

Coração dispara
Quando o anoitecer
Traz a saudade calada ante o adeus
Uma sensação que se torna angústia
Que permanece no coração
Pelo amor que foi embora.

Dos meus olhos
Escorrem lágrimas
Com  gotas vermelhas
Pela dor que me causou.
Deslizam lágrimas de tristeza
Sabendo que te perdi
Caem lágrimas da saudade
Que não me faz te esquecer.

Saudade que traz 
O medo de fechar os olhos
E no amanhecer distante
Um despertar carente
De seus beijos ardentes
E de seu corpo quente

Há dias assim...

Que o amor fala mais alto
Vem a ansiedade da esperança
Que antes do sol raiar
Você voltará
Dizendo  palavras pequenas
...Que fazem a maior diferença...

Te amo!
29 e 30/Junho/2012 
01/Julho/2012
Imagem:Google
Up
 29.12.2011
30/04/2012

Comentários

  1. Ai,ai...o que dizer
    depois de te ler?
    Apenas que há dias
    assim, que o Amor fala
    mais alto que o coração!
    Bjinhos Acanhados..rsrs
    Sua sempre Amiganja

    Ps.Obrigada pelo respeito
    e carinho com meus blogs.
    e minha pessoa...;)

    ResponderExcluir
  2. Existem sempre dias assim quando se ama, saudades que torturam pelo amor que não está ao lado...Mas quem sabe em outros dias tudo não se resolva, não é? Um beijo e um bom fim de semana amigão e obrigada pela presença lá no meu blog.

    ResponderExcluir
  3. Quando se ama tudo é possível... Pequenos instantes se transformam em grandes momentos....Muitas vezes nem se precisa de palavras, bastando apenas um olhar, um único olhar....Poesia linda demais! Coração sempre inspirado, hein meu amigo.... Um final de semana iluminado!
    Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ola meu amiguinho tudo bem ? desculpa a demorada da vista é que estou visitando os amigos de pouquinho..
    Bem agora vou falar do seu poema com sempre você escreve poemas lindo.. e esse é muito lindo..
    Boa noite meu amigo e beijos em seu coração..

    ResponderExcluir
  5. Bom dia meu menino grande !!!!!!
    Como vc está depois que conheceu essa blogueira arretada,rsrsrsrsrs.
    Eu fiquei mais talentosa depois que vc começou a visitar meu blog.Pois é assim que o mundo do blogueiro gira.É com os novos amigos chegando e nos conhecendo,trocando ideias,escritas e fazendo sempre novos amigos.
    Te visitar é sempre uma honra,pois tens um talento,uma energia ,uma luz,que te faz um ser visto em destaque nas escritas.
    Toda essa melancolia que virou um poema,para nos fazer do amor uma saudade saudosa .Eu sou uma pessoa que vivo e sobrevivo de saudades até de quem nunca vi,rsrsrsrsrs.Vá entender essa vida de escritor...
    Bjsssss para aquecer teu dia!

    ResponderExcluir
  6. É assim, há dias bons e dias maus. Espero que venha aí uma semana cheia de dias bons! Que tenha um excelente fim de semana!

    ResponderExcluir
  7. "o bater na porta da ausência de sua presença"
    Amei!
    Não só esta figura mas todo o poema que se derrama em profundo sentimento!
    Grande abraço, amigo poeta Felisberto!

    ResponderExcluir
  8. Sim! O amor fala mais alto e crava em nossa mente e coração a alegria de viver! Lindo poema! Tocante!
    [] Célia.

    ResponderExcluir
  9. Olá, Felisberto!
    Bela homenagem!!!
    Abçs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  10. Olá, Felis!

    Ah, o amor!
    Transforma pessoas, deixa os brutos suaves, amolece duros corações, faz brotar outros lindos sentimentos e, entre tantas coisas boas, transforma em poeta!

    Parabéns por mais este belo poema!

    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Pra quem ama, um sorriso da pessoa amada é um pote de ouro. Um olhar cheio de promessas é uma festa. Um 'sim' é a abertura para um mundo novo e mágico. Dizer 'eu te amo' então...nossa! tem um valor gigante... que só um coração enamorado consegue entender.

    :)

    ResponderExcluir
  12. Olá querido amigo Felis!
    Há dias que o amor fala, e a saudade impera,este amor que não cala,e se faz das palavras uma linda poesia.
    Bjim e otimo final de sábado e um bom domingo iluminado.

    ResponderExcluir
  13. Quanta tristeza num poema amigo. Ânimo rsrs, bola para frente... brincadeirinha... lindo poema amigo, um amor que vive pelo outro sem receber retorno é triste demais, mas infelizmente é fato e o pior é ficar recordando quando cai o anoitecer.
    Muito obrigada pelo carinho em meu cantinho e já se encontra modificado novamente. Beijos...

    ResponderExcluir
  14. Que belo poema. Gosto da intensidade com que escreveu. Me identifiquei em diversas passagens. A saudade constante e a esperança de que um dia a pessoa que amamos voltará.

    ResponderExcluir
  15. Estou voltando aos poucos
    estou feliz meus olhos já estão doendo menos.
    E muito feliz também por meu livro já estar comigo
    espero de coração que possas adquir um exemplar.
    Tenho certeza que ira gostar muito o prefácio do livro esta na postagem.
    estou feliz por já ter livros encomendados.
    Agradeço de coração toda força que tem me dado com suas visitas tão carinhosa.
    Um feliz Domingo beijos no coração.
    Carinhosamente,,Evanir.
    Nunca desista de sonhar assim como eu não desisti.
    Nunca é tarde para plantar uma boa semente
    a colheita será próspera e abençoada.

    ResponderExcluir
  16. Que o amor fala mais alto
    Vem a ansiedade da esperança
    Que antes do sol raiar
    Você voltará
    Dizendo palavras pequenas
    ...Que fazem a maior diferença...

    Te amo!

    Te amo meu poeta lindo!!!!!

    Bjuss de boa noite!!

    ResponderExcluir
  17. Quando o amor é verdadeiro, ele não desaparece, dá um tempo... adorei o poema, Jr!
    Poxa e que coincidência, aquela ser a música de seu primeiro perfil do blogger, sabia que ela também já foi trilha de um vídeo no meu aniversário? De fato, é uma música encantadora. E nem fale, cultura na vida de uma criança é tudo mesmo. beijos e lindo domingo.

    ResponderExcluir
  18. Felisberto, digo o mesmo, estive aqui faz um tempão, mas me arrependo por não ter sido assíduo, ótimo blog o teu, e o teu poema, muito bem escrito, profundo e gostoso de ler, e como diz o teu texto, quando o amor está presente, vivemos em permanente estado de êxtase, tudo fica mais leve, nos relacionamos melhor, enfim, tudo fica mágico. Lindo texto, parabéns.

    Um abração pra ti.

    ResponderExcluir
  19. Oi Felis,

    Há dias assim, tem razão.
    E vem aquela saudade, aquele pranto, aquele desejo, que não dá pra controlar, apenas exprimir.

    Bom Domingo.
    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir
  20. Oi, Felis. Confesso que hoje não estou muito para falar de saudade, ando com ela há tempos batendo na porta, estou um pouco cansada. Queria deixar um pouco de viver de saudade e passar a viver mais de realidade. Seu poema é lindo, um abraço e bom domingo!

    ResponderExcluir
  21. Há dias em que o poeta levanta com preguiça e não posta nada...Mas como sou atrevida, passo mesmo assim, pois há dias assim, que sinto vontade de ser sua Amiganja...rsrs. Bem feito, quem mandou não postar nada, vim assim, mesmo!
    Brincadeiras a parte, deixo meus Bjinhos sempre tão carinhosos!
    Bom Domingoooooooo!! Descanso...

    ResponderExcluir
  22. Amigo. Pelo visto vais fazer coleção de links meus... kkkkk. Muito obrigada pelo carinho tão especial por mim e minhas mudanças rsrs... Adoro seu cantinho tão especial também completando com suas palavras em poemas belíssimas também. OTIMA SEMANA e tenho postagem nova. Beijos no coração da sempre sua amiga.

    ResponderExcluir
  23. O que dizer de alguém que sabe transformar em poesia a dor de uma ausência? É Felisberto, você realmente é um poeta! Parabéns! Nunca deixe de nos honrar com a beleza de seus versos.

    um grande beijo.

    ResponderExcluir
  24. Há dias (e noites) em que a companhia de um vinho ajuda muito a nos fazer esquecer, ou ao menos lidar, com lembranças. Sejam de saudades, de traumas, de uma paixão platônica.

    ResponderExcluir
  25. Muito bonito Felis esses poemas d amor, saudade e etc... descreves tudo tão perfeito que nada mais temos a dizer.

    ResponderExcluir
  26. Felis..." Hay dìas "

    Son deseos despuès de rodar las làgrimas, esbozar una sonrisa con un ¡¡Te amo !!!

    ¡¡¡ muy bonito !!!

    ¡¡Felìz domingo !!!

    un beso

    ResponderExcluir
  27. Olá Felis,

    É mesmo, parece que em certos dias nossos sentimentos estão mais "aflorados" e temos vontade, como poetizou, de chorar lágrimas vermelhas...

    Abraços, Flávio.
    --> Blog Telinha Crítica <--

    ResponderExcluir

Postar um comentário