A tempestade

...A tempestade chega...
Minha paz vai embora.
As horas passam.
Não acredito que tudo acabou.
Eu tento encontrar a minha liberdade. 
Encontrar o consolo que tanto preciso
Neste caminho doloroso.

Escuto o barulho da chuva.
 Sinto o quanto 
A solidão é sofrida.

Neste momento obscuro.
Eu penso em tentar 
Explicar o que eu sinto .
Eu não posso mudar o que sinto.
Eu não posso mudar isso.
Não consigo.

Não fujo desse pensamento
Que a saudade é um tormento
Pior do que o esquecimento.
Quero apenas sensações
Da verdade que surgirá
 Exteriorizando sensibilidade
Me impedindo de 
Ir buscá-la.

Vivo escondido pela tua força
 Não estou conseguindo
 Viver sem você.

...Eu preciso demais de você...
03 e 04/Julho/2012
Imagem:Google
Up 16/04/2012

Comentários

  1. Quando uma grande tempestade chega, temos a impressão de que ela nunca mais vai nos deixar...Mas ela passa, Felis! As tempestades sempre passam :)

    ResponderExcluir
  2. Boa noite Felis...O poeta ama por demais, ela por sua vez, o maltrata com esse amor indeciso. O poeta sonha, entra em devaneios e sofre com esse amor...Ela por sua vez, o seduz, o encanta mas se mantem distante. O poeta quer ir busca-la e mante-la junto de si, ela por sua vez...?
    Adoro seus poemas melancolicos pois muitos me identifico neles, apesar de ter meu amado ao meu lado e como se estivesse longe!
    Bjinhos Melancolicos...Sua sempre Amiganja!

    ResponderExcluir
  3. De fato, as tempestades abalam a nossa alegria... mas depois que passa, a tristeza some... beijos e tudo de bom sempre!

    ResponderExcluir
  4. Nossa... que lindo... mais que uma poesia, é um desabafo...forte, pode-se quase sentir o que vc sente...

    ResponderExcluir
  5. Querido Felis! O melhor da tempestade é a certeza de que depois virá um sol maravilhoso estampado num céu azul...é só uma questão de paciencia e força...
    beijos...
    vera portella

    ResponderExcluir
  6. Felix-Poeta!

    Isso é um verdadeiro "temporal de paixão".
    Momentos de tempestade no amor, deixam vazios que água nenhuma escorre, não é mesmo?
    Muito lindo!

    Beijos e ótima quarta-feira :)

    ResponderExcluir
  7. Oiii amigo, a tempestade de ventos que leva um amor, e deixa a saudade no lugar, mas a vida continua, e outros ventos e outros amores virão! Abraços de minas

    ResponderExcluir
  8. SILÊNCIOOOOOOOOOOOOOOO
    Estou chegando devagarinho para não fazer barulho...
    Olha as palavras mágicas que usas te faz um ser sensível.
    tens veia lírica nas escritas...admirável sempre...
    Bjs recheado de saudades meu menino grande !

    ResponderExcluir
  9. Bom dia!!!

    Que a tempestade passe logo e traga
    o amor , a paz e que seu dia seja
    muito bonito com a luz do Sol
    Abraços carinhosos, pra vc meu poeta lindo que está sempre presente no meu cantinho
    Bjusss
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  10. Ah esqueci de dizer, coloquei o top
    comentárista, e adivinha quem está la no topo?????

    Passa la pra ver rsrsrsrsr
    Bjussssssss

    ResponderExcluir
  11. Bom dia querido amigo Felisberto.
    A tempestade da saudade talvez seja a pior...Relatou em lindas e chorosas palavras um amor sofrido que busca remédio na poesia como fazem milhares de amantes...Desculpa minha ausência, não te esqueci, apenas intermeio a minha visita nos blogs, pois são muitos e meu tempo muito curto.
    Tenha uma linda e iluminada semana.
    Um beijo da amiga
    Ivany

    ResponderExcluir
  12. Olá,meu anjo amigo, Felis!
    A tempestade vem,mas não é eterna!!
    Logo virá a bonança!!Novos amores!!Creia!!
    Deus quer te ver totalmente feliz!!!E eu também.
    Bjokinha no core!!Um dia iluminado,abençoado.
    Soninha.

    ResponderExcluir
  13. Adoro o que vc escreve! Consegue passar de forma tão clara, que a gente chega a sentir tb rs. Parabéns!! bjos

    ResponderExcluir
  14. Bom dia Felis...Obrigada pelo carinho e sim...É HOJE!
    Coração a mil por hora, batimentos cardiacos sem controle, emoção a flor da pele!!
    Mas deixo aqui meus Bjinhos Emocionados e a flor da pele...Sua sempre Amiganja!

    ResponderExcluir
  15. Olá amigo,
    tempestade nunca é para sempre e existem vários tipos de tempestades...
    Sublime como vc escreveu bem!
    Abraço

    ResponderExcluir
  16. Que seria, se não fosse a doce calmaria depois de uma tempestade?
    lindo como tudo que escreve.

    bom dia!
    bjs

    ResponderExcluir
  17. VERSOS QUE DEMOLEN LA CALMA.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  18. Este e um de seus mais maravilhosos e sentimentais poemas, Felis. Quanta beleza que ele contém! e cheio de significado... especialmente em um dia chuvoso como o de hoje.
    Um grande abraco.

    ResponderExcluir
  19. Pior é3 quando essa tempestade acontece dentro da gente também...
    Triste e lindo. Eu adoro tristeza rsrsrsrs.
    PS:Meu blog estava dando erro e mesclando com outro blog que parece ter o mesmo domínio e então eu mudei o meu link :
    http://palavresias.blogspot.com.br/
    Por favor adicione esse.
    Bjks doces

    ResponderExcluir
  20. ...................
    "Vivo escondido pela tua força
    Não estou conseguindo
    Viver sem você.

    ...Eu preciso demais de você..."

    Eu sei...eu sei...que não consegues viver sem mim...por isso estou aqui!!!!...rsrsrsrs...
    Poeta,tu és demais,sempre te digo isso quando te leio...
    Mas saber das coisas boas é bom demais,né???
    Agora uma coisa melhor ainda:UM beijo de mim para ti...\o/uhuuuuu\o/...

    ResponderExcluir
  21. Olá Senhor Felisberto!
    Quem nunca passou por essa tempestade! O bom das tempestades é que sempre passam!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário