A dor de amar.


Quão sofres coração!
Amas sem limite.
Andas na solidão a vagar.

Onde estás teu amor?
Deixaste o vento levar.
Como brisa leve...
Foste brincar...
Em outro coração.
Fazer morada...
Fazes rir...
Fazes chorar...
Ah! Dor imensa...
Sentes esse coração!
Partistes...
Uma parte chora...
Outra sorri...
És tolo coração!
Brincas de amar...
Vives por viver.
Quem entende?
Só quem ama...
Sabes a dor de amar...
Mas não perde a esperança
De um amor encontrar!
22 e 23/Agosto/2012
Up
Imagem Google

Comentários

  1. Olá Felis,

    O amor não deveria ter dores..mas..

    Minha alma tem o peso da luz. Tem o peso da música. Tem o peso da palavra nunca dita, prestes quem sabe a ser dita. Tem o peso de uma lembrança. Tem o peso de uma saudade. Tem o peso de um olhar. Pesa como pesa uma ausência. E a lágrima que não se chorou. Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros.
    E assim se fez dor!!!

    Beijos com gosto de praia e sol.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde meu peixinho de água doce !!!
    A calma e a paz sempre a reinar por aqui...mas a dor de amar transforma todo o cenário...ainda bem que é só no poetar ...imagina se sofrer dessa forma na vida real,affff,eu nem aguentaria...
    bjs recheados de frescor de uma tarde de inverno!

    ResponderExcluir
  3. SI MI AMIGO, DEBEMOS ARRIESGARNOS A AMAR.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  4. Oi Junior!

    Pois é!
    Quando o amor não é levado a serio por uma das partes, dói sim, causa dores, tristezas, decepções e frustrações.

    Essa é a explicação de quando,
    "o amor dói"
    Pois quando ele é recíproco é tudo lindo e maravilhoso rs.

    Muito lindo e tocante,
    por vezes triste,em outras, feliz!

    bjos poeta querido.

    ResponderExcluir
  5. Esperança deve ser o sentimento que não se deve perder, principalmente falando-se de amor.
    Um abraço,
    Élys.

    ResponderExcluir
  6. Oi big friend,

    Tudo bem? Por aqui muito trabalho e sem tempo de visitas mais frequentes.

    Não gosto de pensar no amor como uma dor, se incomoda, procuro antecipar a sua ida. Sei lá, já doeu e procurei vacinas.Logo, amor para mim só para ser como um vinho.

    beijos,

    ResponderExcluir
  7. Ola Felis,
    como estas, tanto tiempo! =)
    Bela poesia de um coracao dolido, a esperanca de um coracao gemelo encontrar, e la eterna busqueda da vida..
    Obrigada por sempre voce permitir lir suos sentidos poemas. Beijo grande, lindo dia!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Felis! Um dos meus maiores medos é perder, depois de muitas decepções na vida, a esperança de viver um amor intensamente. Muito bem escrito seu poema. Um abraço!

    ResponderExcluir
  9. Amor e dor podem até rimar, mas não devem combinar! Amor deve estar lado à lado com a leveza da alegria, do sorrir, do ser feliz. Contudo, todavia, porém, sabemos que nem tudo são floress e a realidade muitas vezes é mais complicadinha!

    bjks JoicySorciere => CLIQUE => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  10. Amor é felicidade
    Por amor se sofre de dor
    Amor, alegria e liberdade
    Se junta o perfume da flor!

    O amor comanda a vida
    A vida pelo amor é comandada
    Quem no amor não acredita
    Vive na tristeza e na desgraça?

    Boa noite para você, amigo
    Felisberto
    um abraço
    Eduardo.





    ResponderExcluir
  11. Oi querido Felis,

    Coração sofre!
    Essa expressão passou do Brasil para Portugal e ainda hoje, a ouvimos, com frequência.
    O coração é mesmo tolo, como você diz, mas ele se situa no meio do peito e não no cérebro. Essa é a justificação, que encontrei, agora.
    Sofre, mas mais tarde, ou mais cedo, vai encontrar um amor, quase perfeito. Tenhamos fé.

    Boa quinta.
    Beijos da Luz, com apreço.

    ResponderExcluir
  12. O amor faz doer, mas quem quer viver sem amar? Acredito que ninguém,portanto meu amigo poeta, vamos amar e poetar que é mesmo lindo tudo isso, amo ler seus poemas de amor!
    Abraços
    Ivone

    ResponderExcluir
  13. Oi Felisberto, adorei o post!
    Vim lhe desejar uma ótima semana,!
    http://www.arionetorres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Felis
    Achei esse poema tão fofo! Até a imagem é linda! Adorei como sempre! Achei que ele é leve mesmo falando de dor, não tem peso. Eita coração apaixonado kkkkkkk.
    Bjão. fofinho. Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  15. Oi Felis! às vezes temos que deixar um amor ir embora, só assim conseguimos nos encontrar.
    Bjo no coração.

    ResponderExcluir

  16. Como estava um pouco afastada estou tentando voltar aos poucos
    novamente tentando digerir o desconforto que estou passando no momento.
    Eu não posso parar muito menos desistir de lutar como sempre fiz.
    E a amizade nos da força sempre para continuar nossa jornada.
    Nessa rapida visite convido você a ler minha postagem
    também dizer se gostou do novo visual da nossa Viagem.
    Linda noite beijos no coração,Evanir.

    ResponderExcluir
  17. Felis, querido, te superas a cada poema. Um abraço com carinho
    poeta, Avante!
    vera portella

    ResponderExcluir
  18. Oi,Felisberto!
    O amor dói quando não é correspondido
    Mas, faz parte pro nosso crescimento.
    A vida, é amor!Sem amor não vivemos.
    Beijos /abraços, de quem te gosta muito.
    Sua amiga,Soninha.

    ResponderExcluir
  19. Dor de amor dói mesmo!! E como. Eu já passei por tantas, todas sofridas..mas a vida é isso, um dia estamos felizes amando, na outra estamos tristes a chorar. Encantador poema Felis, gostei mesmo. Beijinhos e até.

    ResponderExcluir
  20. Boa noite Felis...Ah, o Amor, sempre o amor...Maltrata, magoa, mas também quando junto, traz muitas felicidades
    Ah, quando se ama, se quer por perto a pessoa amada...Onde esta ela? Ah, poeta sensível, vá atras de teu amor, lute por ela. O amor não pode deixar-nos tristes, mas sim, felizes...Bjinhos Apaixonados, ai,ai é o Amorrrr...Sua sempre Amiganja!

    ResponderExcluir
  21. Pois é amigo kkkk... que situação! Tem horas que vejo os comentários e o que publico, outras some de novo. Mas recebi algumas mensagem de amigos me dizendo que também estão assim com o face. Deve ser problemas de lá mesmo.

    Obrigada XD

    Poema lindo esse. Parabéns!
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Oi Junior!
    É sempre um prazer
    vir aqui, acredite!

    bjs, e uma ótima
    quinta feira pra vc.

    ResponderExcluir
  23. El amor a veces duele, pero siempre impulsa a seguir luchando por eso que tanto queremos a pesar de las frustraciones.
    Bellísima entrada mi querido Junior, te dejo un fuerte abrazo.
    Bonita noche.

    ResponderExcluir
  24. Verdade só quem ama sabe a dor de amar, mas jamais perde a esperança de um amor encontrar...gostei demais.

    ResponderExcluir
  25. Dizem que quando é amor de verdade, sempre é recíproco, não sei se esta lei existe, mas é o que se comenta, que quando algo traz dor e não é correspondido, é somente paixão e não o amor.
    Tenha uma boa quinta parceiro.

    ResponderExcluir
  26. Bom dia amigo!
    Eu amo ler os seus devaneios, o aperto de um coração partido que se sente só e parte em busca de um novo amor ou até o reencontro do amor que ficou para trás!
    Amar é muito dolorido. A princípio parece doce, mas depois pode se transformas em dor...

    Adorei como sempre amigo!
    Você tem inspiração divina!!
    Beijos e um ótimo dia!!

    ResponderExcluir
  27. O amor, por vezes, machuca, mas se assim foi, é porquê não era verdadeiro, pois o real vai chegar... beijos e linda tarde.

    ResponderExcluir

Postar um comentário