Eu sou assim

Arquivo Pessoal
Quase sempre escrevo o que não sinto. 
Falo de amor, paixão e solidão,  sem estar propriamente vivendo tais sentimentos. 
Penso que quando o poeta  descreve algum fato ou sentimento de certa forma ele vive ou já viveu o que está sentindo.
  Posso também viver a dor de alguém, sem, no entanto, estar sofrendo. Somente no fundo da minha alma.
 O que não se pode é confundir a criatura com o criador. 
Eu sou o autor de uma obra.  Tradutor de sentimentos. 
 Às vezes sou tudo, às vezes, nada.
 Sou extremamente dedicado, detalhista,  ansioso e determinado. Sou família, trabalhador e de equipe.
Sou uma pessoa  de muita sorte e coragem.
Gosto de desafios e lealdade. Novidades.  Expectativas.
 Adoro fincar os pés no chão e correr atrás de meus sonhos. 
 Odeio  perder tempo com coisas desnecessárias.
  E sou uma boa pessoa. 
Inteligentemente adaptável.

13 e 14/Setembro/2012

Comentários

Descer Página
  1. Posso então concluir que você tem uma alma linda e um caráter moldado nos aprendizados e experiências da vida! Gr. Bj. Júnior!

    ResponderExcluir
  2. hola Felisberto,
    y asi debe ser, una persona normal con todos sus sentimientos y momentos!

    un abrazo fuerte^^

    ResponderExcluir
  3. Oi Felisberto, muito prazer em te conhecer!!!
    Que bom quando já sabemos como somos, eu ainda em minha idade me sinto caindo em contradição comigo mesma, acho que é por eu ser do signo de peixes, nem sei muito se isso é mesmo assim tão "definitivo", coisas de signo, mas como sou meio romântica, gosto de acreditar nisso para "me desculpar dos meus deslizes", pois é sou imensamente sensitiva, acho que isso também conta, me deixa às vezes sem saber exatamente como sou na verdade, uma grande mistura de sentimentos, acho que é isso, mas quando escrevo quase sempre é mesmo tudo o que sinto,até caio no erro de achar que as obras literárias são a "autêntica" expressão dos sentimentos do autor,pois é, mas sei que não, mas insisto, gosto de acreditar que são!!!
    Abraços amigo poeta.

    ResponderExcluir
  4. Quando a pessoa tem o dom de escrever, não importa tal situação, mas a pessoa escreve, é o dom...

    ResponderExcluir
  5. Disse tudo, tem várias pessoas que comentam meus textos achando que estou passando por aquilo, quando, na maioria da vezes, nãos estou...
    É importante não confundir a criatura com o criador mesmo... Na realidade, talvez existam vários eu's, mas nem eu mesma os conheço... Rs.
    Complicado, mas completamente importante seu recado...

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  6. Sentimentos pegos no ar, sentimentos que nos tocam, sentimentos sonhados, dores e felicidades alheias. Quem escreve tem um dom único de sentir o que outros sentem, de absorver outros sentires, outros olhares. Incrível esse texto e bastante sincero também. Eu amei!

    www.eraoutravezamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Isso é bom, Felis.
    Eu, no entanto, não consigo escrever algo que nunca vivi, lógico que em meus contos há fantasia, mas no fundo parte é real e verídico.
    O que importa é a maneira com que vc passa, o leitor tem o direito de entender como quiser dentro de seu mentalidade e conhecimento de mundo.
    Parabéns por ser como é.
    Bjoks

    ResponderExcluir
  8. Adorei este desabafo sobre você. Se antes eu já o admirava agora você virou meu ídolo.
    Bjo no coração.

    ResponderExcluir
  9. Amigo querido, você é lindo de qualquer maneira que escreva. Eu quando faço os meus escritos, na maior parte deles é só imaginação, pouca coisa tem com a realidade. Adoro fazer poesias e falar sobre amores impossíveis, amores com saudades, acho que é ali que se encontram as melhores fantasias. Um grande beijo no teu lindooo coração.

    ResponderExcluir
  10. Boa noite Felis, somos o reverso dos versos que escrevemos, real ou ficção, só mesmo nós saberemos...Mas sempre haverá uma pitadinha de nossa essencia em algumas linhas ou quem sabe, escondidas nas entrelinhas não é mesmo? Adorei saber um pouco sobre voce...Te admiro muito Amigo Anjo!
    Bjinhos Comportados de tua sempre Amiganja!

    ResponderExcluir
  11. Além de corajoso e adaptável, você tem uma criatividade e inspiração admiráveis, Felisberto. A cada dia um poema novo e bonito. Abração!

    ResponderExcluir
  12. É um prazer conhecer o Felisberto!
    Continue misturando a realidade com a ficção. Gosto de o ler!
    Bom final de semana :)
    Beijo
    Sónia

    ResponderExcluir
  13. É gente boa! O mundo precisa tanto de pessoas como você. Continue a ser como é! Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  14. Eu também penso que quando um poeta escreve,,,ele ali,,,expressa todos os sentimentos e experiências vividas,,,é como colocar todos os sentimentos pra fora,,,é encontrar cores numa madrugada,,,abraços e um belo final de semana pra ti meu amigo...

    ResponderExcluir
  15. O fato é que somos poetas e o que escrevemos não precisa ser o que vivemos, mas sim o que imaginamos e passamos pro papel a nossa criação, sentindo ou não, as vezes passamos sim o nosso momento, como num desabafo, e vira uma poesia, lindo dia pra vc amigo poeta, beijos!

    ResponderExcluir
  16. claro que eres una buena persona¡¡¡
    todo el que amó alguna vez lleva en él la nobleza del sentimiento saludos querido amigo

    ResponderExcluir
  17. Oi Moço,

    Prazer em conhecer.
    Lembrou-me Fernando Pessoa(um dos meus preferidos)

    Autopsicografia

    O poeta é um fingidor.
    Finge tão completamente
    Que chega a fingir que é dor
    A dor que deveras sente.

    E os que lêem o que escreve,
    Na dor lida sentem bem,
    Não as duas que ele teve,
    Mas só a que eles não têm.

    E assim nas calhas de roda
    Gira, a entreter a razão,
    Esse comboio de corda
    Que se chama coração.

    1beijo e uma sexta cheia de coisas boas.

    ResponderExcluir
  18. OI AMADO TUDO BEM!!! EU JÁ ESTAVA COM SAUDADES ! CONTINUE SEMPRE SENDO ASSIM!!! ESSA PESSOA LINDA DE SENTIMENTOS LINDO
    ____8888___88888888___8888
    ___888888_8888888888_888888
    ___888888888888888888888888
    ___888888888888888888888888
    ____8888888888888888888888
    _____88888888888888888888
    _______8888888888888888
    _________888888888888
    ______________**
    ____####______**______####
    ___#######____**____#######
    ____#######___**___#######
    ______######__**__######
    ________#####_**_#####
    __________####**####
    BEIJO NO CORAÇÃO DEUS TE ABENÇOE!!!
    JESUS TE AMA!!!NÃO ESQUECE TÁ!

    ResponderExcluir
  19. Olá amigo.
    Que bom você escrever este post, para mim pelo menos é bem informativo. Não sei porque mais sempre que leio um poema penso que o autor esta vivendo aquilo que esta escrevendo. Mas como você mesmo escreveu:
    "O que não se pode é confundir a criatura com o criador."
    Adorei saber de tudo isso, es uma alma muito iluminada, es admirável.
    Pelo jeito és uma pessoa bem organizada.
    Beijinhos amigo. Um belo fim de semana.

    ResponderExcluir
  20. OI Felis,
    Também me sinto assim,somos uma espécie de tradutor de sentimentos e emoções,nem tudo o que escrevo vivi de fato,mas se as ideias vem a cabeça seria até um pecado não transcrevê-las não é?!
    um ótimo final de semana,abraço,=)

    ResponderExcluir
  21. "Sou poeta e ainda não aprendi a amar"
    Pois, é Felisberto as vezes quando escrevo sobre algo não significa que eu tenha vivenciado aquilo, é só que o meio a nossa volta nos influencia, como você mesmo disse as vezes sofremos junto com outra pessoa, eu estou passando por algo similar, não que seja o fim do mundo é só uma situação difícil, que nem é comigo. Mas, mesmo assim não deixa de me afetar.
    bj

    ResponderExcluir
  22. Felis,
    Você escreve como se realmente tivesse vivido aqueles sentimentos e experiências. Confesso que, às vezes, penso que você realmente viveu o que descreve nos textos.Rsrs
    Mas esse é o verdadeiro escritor, não é? O que dá veracidade aos seus escritos...
    Gostei desse post!
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Feliz, adorei esse seu escrito. É frequente essa confusão entre a obra e o criador, como bem colocou...Eu particularmente não consigo escreveu muito bem o que não sinto, e admiro pessoas como você, que tem essa capacidade. Um abraço!

    ResponderExcluir
  24. Olá Felis, hoje estou visitando os amigos!
    Muito belos os seus poemas. Mas ao lê-los, me passou pela cabeça se você estava vivenciando tudo que escreve.
    Aí me deparei com este post e vc respondeu a minha pergunta...:-)
    É muito bom ter a capacidade de se abstrair, e muito boa a definição que vc faz de si mesmo!
    Parabéns!
    Bjs, que Deus o abençoe.
    Adelisa.

    http://adelisa-oquerealmenteimporta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Subir Página