Sei ...nada sei

Imagem:Google

Sei ... nada sei sobre mim... segui por um caminho em busca de minha felicidade... estava sem cor ... apliquei coloridos que me fizessem sonhar além do racionalmente possível ...

Sei ... nada sei sobre mim... preciso abrir os olhos e parar de tropeçar...não posso ficar sempre em fuga...

Sei ... nada sei sobre mim...vou esperar, esperar um pouco ainda, esperar o tempo de deixar nascer aquilo que há de ser...

26 e 27/Novembro/2012

Comentários

  1. E aprender quem sou..
    O problema em nos conhecer a nós próprios, é que estamos sempre evoluindo. É preciso perseverar...
    Gostei!

    ResponderExcluir
  2. Quem sabe, jamais saibamos, realmente, algo de concreto sobre nós. Mas procurar saber é o grande barato da vida!

    ResponderExcluir

  3. Oi Felis,

    Nunca saberemos de nós o suficiente para evitar tropeços e frustrações. Aprendemos com cada experiência vivida e nos arriscando sempre. O importante é que a busca não cesse.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Reflexivo tu post.
    Saludos
    David de observandocine.com

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde querido Felisberto! Às vezes vazamos sentimentos, porém sem a visão necessária de um acordo perfeito dos mesmos... Desse encontro face a face do (eu) em nós. Essa frase ficou perfeita... "esperar o tempo de deixar nascer aquilo que há de ser", realmente chega uma hora em que todos precisamos desse tempo. Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Nunca iremos nos conhecer realmente afinal estamos em constante mudança.
    Bj

    ResponderExcluir
  7. Sabe Felisberto, nunca sabemos o suficiente sobre nós!
    E a sua inquietação é tão linda!
    Mui bjis

    ResponderExcluir
  8. Oi Felisberto, ás vezes nem sabemos quem somo1
    O´tima semana para você, abraço.

    ResponderExcluir
  9. OLá Felis , boa noiteee!

    Quando se está apaixonado, é assim mesmo, criamos espectativas em torno do objeto da paixão, do futuro, e quando pensamos que sabemos tudo, voltamos ao início do caminho...

    Belo poema, meu querido, gostei!

    Bjos da Lu...

    ResponderExcluir
  10. Sei nada não
    Mas sei ler o seu poema
    Manda embora a solidão
    Viver feliz vale a pena!

    É lindo com certeza
    O mantém bem guardado
    Dentro de uma fortaleza
    Fecha a porta a cadeado!

    Boa noite para você,
    amigo Felisberto Júnior
    Um abraço
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  11. Vivemos a vida toda pensando que sabemos de nós, e quando menos esperamos, vimos que nada sabemos...Adorei!! Beijos Felis querido.

    ResponderExcluir
  12. Letras que llevan a la reflexión mi querido Junior, muchas veces ni siquiera sabemos lo que queremos de nosotros mismos.
    Estamos en continúa evolución, buscando más, buscando la felicidad, buscando... todo el tiempo aprendiendo y buscando.
    Me encantó leerte, te dejo un fuerte abrazo y te deseo un buen inicio de semana.

    ResponderExcluir
  13. NUNCA CONSEGUIRREMOS SABER DE NADA NÃO É MEU AMIGO??

    MAS É ISSO AI, SÓ O TEMPO IRÁ DIZER, RELAXA QUE TUDO DARÁ CERTO!

    BJS PRA TI.

    PATTY, VENHA ME VISITAR NO CHOCOLATRAS QUE TEM DECLARAÇÃO A MINHA FILHOTA!

    PATTY.

    ResponderExcluir
  14. Que lindo,Feliz+Berto!

    É importante esse encontro que temos com nosso interior.

    E vc usa as palavras de uma maneira tão delicada e ao mesmo tempo forte!

    É um poeta de primeira linha!

    Muito bom ter vc no meu grupo.

    Amo poesias,imagens bonitas e tenho alguns textos e poemas meus na categoria "meus testos e poemas" em meu blog.

    Descobri como se recebe atualizações dos blogs que mais gostamos e o seu está na lista,claro!

    Um beijo com gosto de carinho


    Linda semana!


    Donetzka

    ResponderExcluir
  15. Felisberto , boa noite
    Penso que estaremos sempre nos conhecendo melhor a cada dia .
    A vida vai nos ensinando ...
    Gostei do texto .
    Beijos e ótima semana para você .

    ResponderExcluir
  16. Sempre haverá muito a se descobrir... O muito que sabemos é pouco diante do muito que ainda poderemos aprender...Um início de semana de paz e alegria!
    Que o amor renovador e a Paz de Jesus Cristo habitem nossos corações sempre! Abraço carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Nada sabemos sobre nós, Felisberto. Esse poema diz muita coisa, mesmo parecendo não dizer nada. Abração!

    ResponderExcluir
  18. Gostei Felisberto!
    A última frase demonstra muita sabedoria.
    Um forte abraço e um beijo!
    Boa terça :)
    Sónia

    ResponderExcluir
  19. Oi Felis
    Lindo poema. Adorei. Acho que é realmente virtude admitir que não sabemos nada. Minha mãe que é muito sábia tem um provérbio: A gente nasce sabendo e morre aprendendo.
    Bjão. fofinho. Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  20. E a vida é isso,,,pegar caminhos...seguir,,,se conhecer,,,se entregar,,,jamais saberemos tudo,,,estamos sempre a procura de um algo a mais...abraços amigo e um belo dia pra ti.

    ResponderExcluir
  21. O que somos, Felisberto, são acúmulos de dias, e o dia nos dá a oportunidade de estar evoluindo a cada nascimento. Aprendemos até na espera. Então, amigo, sejamos. Abçs.

    ResponderExcluir
  22. Adorei a reflexão, Jr!
    E de fato, ninguém sabe tudo, sempre há um novo conhecimento para aprender... beijos e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  23. "esperar o tempo de deixar nascer aquilo que há de ser..."

    Estou em uma sintonia parecida. A diferença é saber mais do que eu gostaria sobre mim (ou achar saber) e, por isto, estar diante de uma decisão que se tomada de modo incorreto, poderá ser difícil reverter.
    Melhor deixar que o tempo me mostre.

    => CLIQUE => ESCRITOS LISÉRGICOS...

    ResponderExcluir
  24. Boa noite Felis!
    E quem sabe o que sobre si não é mesmo? Estamos semre a procura de
    um pedaço ou parte de nossa existencia, sempre a procura de algo novo que justifique o que estamos passando...Sempre insatisfeitos. Mas o fato de voce pintar tua vida com cores coloridas, ja o transforma, pois a vida fica com tons mais vivos e acabas ficando feliz tambem...Ai, ai...Ando assim, meio zen...Bjinhos Yoganianicos, bem zen...Sua sempre Amiganja!

    ResponderExcluir
  25. Quem tem a autoridade de saber TUDO de si? Estamos sempre em construção, em processo de aprendizagem. E quando sabemos que nada sabemos mesmo, aí é que colocamos o pé na estrada da sabedoria...
    Um grande abraço, Júnior!

    ResponderExcluir

Postar um comentário