Um ciumes que te faz criança

Imagem:Google
Depois do cinza  da  madrugada
Vem o esplendor do amanhecer
 Rompendo as sombras da inquietação

 Parecia que estava tudo esquecido
Quando você apareceu na janela
Com seus  olhos esverdeados
 Um brilho de muito amor

Passado este instante
Num minuto não tão distante
Lembrei de imediato
Que um defeito você tinha

Um ciumes que surge de repente
Que acaba com a gente
Um ciumes que te faz criança
Com tanta desconfiança

Mas quando você sorriu
Me acalmou, suavizou e encantou
Quando seus lábios me tocaram
Tudo foi embora

Por que meu coração me diz
Que foi tudo um engano
E que o amor de minha vida

Sempre ...Será você...

18 e 19/Novembro/2012

Comentários

  1. Junior,
    O ciúme muitas vezes nos cega, tira a beleza do instante por motivos quase sempre infundados. Confiar é preciso mas isso não se consegue de imediato, é um terreno que vamos cultivando aos poucos até que o outro sinta-se confortável e confiante. Lindo poema o teu que abordou um assunto tão delicado de forma tão simples. Gr. Bjoo e uma linda semana pra você meu querido!

    ResponderExcluir
  2. Felis,
    O ciúme exagerado nos angustia e nos torna escravos e não importa de que lado estamos, se do enciumado ou do causador do danado.
    Ciúme é um bichinho parasitário que aos poucos vai roendo nossa auto-estima e nossos sentimentos, até nao sobrar muita coisa.
    Um poema cheio de poesia e é mesmo assim, a gente sofre pelas brigas provocada pelo ciúme, mas basta ver a pessoa que esquecemos tudo e tudo volta a repetir-se...
    bjkas doces e boa semana

    ResponderExcluir
  3. Felis, o ciúme exagerado machuca, mas o com uma dose certa faz pegar fogo qualquer coração.
    Adorei o poema!
    Bjo no coração e uma semana abençoada.

    ResponderExcluir
  4. Oi Felis
    Que poesia cativante e a fez com muita sutiliza, que lhe é peculiar.
    Ainda bem que não era ciumes, pois mulher ciumenta ninguém aguenta. Um beijo no coração
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  5. JÚNIOR,MEU QUERIDO AMIGO.

    LINDO DEMAIS SEU POEMA E REAL!

    AMO POESIA E TENHO MUITOS TEXTOS E POEMAS MEUS NO MEU BLOG NA CATEGORIA "MEUS TEXTOS E POEMAS".

    REALMENTE CIÚMES CAUSAM UM FLAGELO EM QQUER RELAÇÃO.MAS COM AMOR VERDADEIRO,HÁ DE SE CONFIAR PLENAMENTE NO OUTRO.

    BEIJOS E ÓTIMA SEMANA!


    DONETZKA

    ResponderExcluir
  6. Wow que poema al amor. Te luciste.
    Un abrazo.
    David de observandocine.com

    ResponderExcluir
  7. caro colega,
    encantador e romântico...meio machadiano!

    ResponderExcluir
  8. FElisberto, o ciúme por se torna o inferno do casamento, para mtos é prova e amor, para mim, é prova de insegurança. É preciso liberdade para amar, e essa só se consegue com confiança. Abçs. Boa semana.

    ResponderExcluir
  9. Felis , lindinho...
    Muito lindo!

    Passando para te desejar uma ótima noite de domingo e uma semana genial, fenomenal e piramidal!

    bjs doces carinhosos!

    ResponderExcluir
  10. Um ciúme que te faz criança
    Abraços e beijos que te fazem mulher
    Não percas a fé, nem a esperança
    Não andes por caminho qualquer!

    Vai ao encontro do que desejas
    Encontrarás com certeza
    Sejas feliz onde quer que estejas
    Flor linda da natureza!

    Boa noite para você,
    amigo Felisberto Júnior
    um abraço
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  11. Dizem que o ciúme apimenta uma relação.Muitas vzs apimenta tanto que o nosso paladar não aguenta.
    Tenha uma abençoada semana.Bjs

    ResponderExcluir
  12. Felis!

    Ciúmes!
    Já vivi os dois lados,ambos só me fizeram mal.

    Mas o ciúme da tua poesia está tão fofo, um final tão romântico.

    Bjos e boa noite!

    ResponderExcluir
  13. Ei Fê...

    Ahh este ciumes ..O ciúmes quando na medida exata ele aquece , abranda e até enobrece uma relação , mas quando perdido tende a destruir a paz de ambos causando dor e desconfianças o que quebra o elo entre um casal...que saibamos amar com moderação..:)

    Grande beijo meu amado amigo e boa semana pra ti viu...

    ResponderExcluir
  14. Los celos son la advertencia para darnos cuenta de algo nos interesa más de lo que creíamos!
    Mi bello Junior, te dejo un fuerte abrazo y te deseo una hermosa noche.

    ResponderExcluir
  15. Olá Felis,

    O ciúme quando não administrado, causa muita dor, desconfianças e coisa piores. O ciumento acaba sempre encontrando mais do que procura.
    Parabéns pelo poema.
    Beijos!
    Ótima semana!

    ResponderExcluir
  16. Feliz, nao conheço o ciume porque nunca senti possessão, penso que quem estiver ao meu lado está por querer e nao por obrigação.

    Tambem não receei de que a pessoa amada se apegasse a outrem. Isso, no meu caso, foi um pouco de relapso meu. Confiei demais.

    O ciume é a inveja, sentimento nocivo de cobiça e que não o desejei, visto que faz fechar portas, colhe-se tempestade e discordia.



    Amigo, foi muito bom ler voce, parabens por este forte poema!

    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Lindo poema de amor, Felisberto! Esse sentimento muitas vezes vem junto do ciúmes mesmo, inevitável. Mas quando um lábio se encosta no outro, o ciúmes vai embora. Mas volta depois. rs Abraços

    ResponderExcluir
  18. Oi Felis
    Eu sinceramente não tenho ciúmes, acho que esse sentimento é falta de confiança em si mesmo e na pessoa amada. Enfim, mais um lindo poema!
    Bjão. fofinho/chefinho.
    Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  19. O ciume as vezes é bom,,,é sinal de proteção...de amor...de gostar,,,de querer,,,só não pode virar obsessão e doença...abraços amigo e um belo dia pra ti,

    ResponderExcluir
  20. O ciúme estraga as relações, cega. Bem, mas felizmente o poeta acalmou-se e tudo ficou bem. Uma boa semana, Felisberto!

    ResponderExcluir

Postar um comentário