Eu não vou ficar para ver o final.

Acordo no meio da noite.
Pensamentos desencontrados que ainda não dizem nada.
Voltaram como quem nada quer. 
É necessário um contexto para que juntos façam sentido. 
Mesmo assim buscam um encaixe qualquer. 
Acendo um cigarro e vou preparar um café bem forte. 
Olho para o lado, te procuro. 
Paro por aí. 
Não existe mais nada além de você. 
Não insisto mais. 
Preciso de você para esquecer de tudo que me tira o sono. 
De vez em quando até morro de saudade. 
E talvez, quem sabe um dia por aí, possamos nos reencontrar e nunca mais se perder de vista. 
Uma ultima tragada no cigarro. 
Volto a dormir. 
Me lamentando por ter acordado. 
Eu não vou ficar para ver o final.

Imagem:Google
07, 08 e 09/Fevereiro/2013

Comentários

  1. Bem pelo menos, não foi uma noite de insónias.
    Um bom sono, Felisberto

    ResponderExcluir
  2. Gostei poeta realmente grandes mudanças nos textos.

    ResponderExcluir
  3. Acordou ao meio da noite
    Depois de lindo sonho
    Na escuridão não se afoite
    Noite escura ser medonho!

    Preparou bem forte
    Um café para beber
    A olhar para o norte
    Estrela no céu brilhante ver!

    Boa quinta-feira para você,
    amigo Felisberto Júnior,
    um abraço
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  4. Felisberto,

    Chego aqui e nem sei o que dizer perante tão bonitas palavras.

    Beijinhos

    Ana

    ResponderExcluir
  5. Gente que perigo, sonolento e fumando na madrugada, rsrsrs Abraçoss

    ResponderExcluir
  6. Hola Junior, un placer regresar a leer tus bellas letras... nocturnas y melancólicas, pero siempre bellas.
    Te dejo un fuerte abrazo, bonita jornada!

    ResponderExcluir
  7. Boa noite Felis.
    Pior que insonia é
    acordar no meio de
    um sonho...Volte a
    dormir poeta e sonhe
    com ela.
    Bjinhos Sonolentos.

    ResponderExcluir
  8. Olá, Felis!

    Quem me dera ser a culpada por alguém acordar assim, ainda não ficando para o final...
    Ai como amar dói!
    Ai como gostar cria expectativas!
    Ai como somos carentes mesmo não aparentando!!!

    Bjoks

    ResponderExcluir
  9. AIII QUE DOR.

    MAS TEM TODA A RAZÃO NAO FIQUE PARA VER O FIM NÃO.JÁ TEM PROVAS DE QUE NÃO VALE A PENA. MAS DESEJO AGORA BONS SONHOS.

    BEIJOS DA AMIGA PATTY.

    ResponderExcluir
  10. O amor causa insônia, principalmente pela distância e saudade... beijos Ju.

    ResponderExcluir
  11. Esse poema traduz bem os relacionamentos de muitas pessoas que me cercam. Sofrendo com o momento do reencontro.
    Bj

    ResponderExcluir
  12. "Se algum dia você decidir a voltar novamente aqui, trancaria cada porta, para que jamais pudesse sair..."

    Boa chegada de sexta! Abraço

    ResponderExcluir
  13. Felix-Poeta!
    A insônia é minha amiga de tempos, nem sei bem por que, além de ter que trabalhar bastante e acho que o cérebro fica "acordado", mas essa insônia de amor... aff! Já senti muito também, e essa é das perigosas, vem de mansinho e faz estrago tremendo, até resolvermos tudo ou esquecermos de vez.
    Beijos e ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  14. Perder o sono e ainda estar sem a mulher amada é duro meu amigo. Mais bom mesmo é este seu poema. Um abraço.
    http://jjcruzfilho.blogspot.com.br
    http://sensualassimcomovoce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi, Felisberto, há momento q o sono é o melhor remédio. Abçs. Bom finde.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Felisberto, há momento q o sono é o melhor remédio. Abçs. Bom finde.

    ResponderExcluir
  17. Muito bom meeeeesmo, parabens.
    Novos posts em:
    http://maybe-i-smiled.blogspot.com.br/
    http://dicionario-feminino.blogspot.com.br/
    Não deixe de conferir!
    Fique com Deus, boa semana *-*

    ResponderExcluir
  18. Olá amigo querido.
    Nossa muitas vezes acordo no meio da noite, porque nestas horas tudo vem a tona, saudades, tristezas, tens razão de não querer ver este final, pois não valeria a pena, volte a sonhar nos sonhos podemos muita coisa.
    Lindo poema.
    Agradecendo a visita e um lindo amanhecer de domingo. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  19. Bonito texto apesar de nao curtir cigarro mas para um texto ele se saiu muito bem abraco querido.

    ResponderExcluir

Postar um comentário