Há noites ruins. Hoje é uma delas.

Quando se faz o silêncio, começo a ouvir
A noite suspirando
A chuva gemendo com o vento
E não sei o que fazer com isto

Olho para os lados a procura de saber onde realmente estou e como estou e não vejo ninguém, estou sozinho 
Vejo o vazio deixado no quarto desarrumado e nunca mais tocado, guardando ainda as marcas de um amor insensato
Tento empurrar as memórias de minha mente
Não consigo 
Grito para afastar a solidão, ela volta sempre
Eu tento rir para afastar o desespero do abandono, ele invade-me
Sinto a tua presença a cada solidão 
lembro-me do teu sorriso a cada tristeza 
Lembro-me do seu silêncio a cada lágrima 
Lembro-me de você a cada palavra 
Você está a cada ausência 
Você está a cada gesto

Eu sinto falta. Eu ainda amo. Mas ninguém precisa saber. 
Vou dar somente meios sorrisos, vou me calar, e talvez ouvir menos ainda, surdo e mudo até certo ponto. 
Vou deixar o tempo apagar tudo.
Há noites ruins. Hoje é uma delas.

Imagem:Google
27 , 28/Fevereiro e 01/Março/2013

Comentários

  1. Bom dia meu querido!!!!!
    Bom dia meu menino grande !!!!
    Saudadesssssssssssssssssssssss
    Tantas são as aventuras de nossas vidas,tantas passagens e tantas saudades que muitas vezes fazemos das nossas noites lembranças ruins...
    bjs de retorno !!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Meu amigo,

    Depois da noite, por mais ruim que seja, um novo dia nascerá!

    Beijinhos

    Ana

    ResponderExcluir
  3. A sede do amor e da partilha se acentua quando o silêncio das noites se torna pesado e se podem ouvir os murmúrios do vento abanado os pensamentos...

    ResponderExcluir
  4. Solidão eu não goato dessa palavra
    só de ler me causa tristeza,só em pensar todos sofrem por isso me doi coração! Mas temos que seguir em frete,colocar um sorriso no rosto e se abrir para novas oportunidades!Bem é isso meu amigo Fé um abraço e alegria no coração!
    Ani Gil.....

    ResponderExcluir
  5. Felis!

    Dificilmente o tempo apaga as lembranças, quando ainda existe amor.

    Difícil é suportar as noites de solidão.

    Um bjo,fique bem!

    ResponderExcluir
  6. há noites ruins, mais dias melhores virão, nada omo um dia após o outro para regarregar as forças!!!! Tenha um ótimo dia.
    Paty Alves
    www.agape-amorverdadeiro.blogspot.com
    www.patyiva.blogspot.com
    www.tentardecoracao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Há noites ruins, mas tudo nesta vida passa. É preciso apenas dar tempo ao tempo.. e tudo vai se amenizando!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  8. Oi Felis, meu amigo
    Como eu gosto desses seus poemas, com essas metáforas. "A noite suspirando" Como é a noite suspirar? Fiquei com os olhos fechados tentando imaginar, é sério. Vc é o cara! Adorei!
    Bjos. Fique com Deus fofinho!
    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Um passeio pela beleza da melancolia. Há dias ruins, há noites ruins. Mas há dias bons, e noites boas. Adorei!

    ResponderExcluir
  10. A solidão é como brasa queimando a alma deixando espaços para as lembramças e nos levando ao vazio. Abçs, caro Felisberto.

    ResponderExcluir
  11. Querido Feliz.

    Depois de cada noite,há sempre um novo dia.

    E começando-o com um sorriso,otimismo,vibração pela vida,amor por vc e o mundo,tudo será melhor.

    Não acumule tristezas. Reescreva tudo.

    Uma nova página começando com palavras de otimismo.


    Beijos e linda quarta

    Donetzka

    ResponderExcluir
  12. Mesmo quando existem nuvens em nosso céu, o Sol nunca deixa de brilhar e amanhã será um novo lindo dia.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    A sempre o amanhecer,e tudo pode acontecer.
    Tenha uma linda quarta-feira e um fim de semana com muita luz e paz.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  14. Felis, meu amigo!
    Assim você corta o meu coração!

    É verdade, tem noites ruins que não passam, que os pensamentos insistem em perambular, rodopiar em nossa mente!
    Mas depois de uma noite tensa, o dia pode amanhecer diferente! O importante é nunca deixar de amar. Dói naquele momento, mas passa!!

    Seu poema está lindo, lindo! Sinto que adentrou em um período mais "sinistro", talvez "dark".. ou será que sempre foi assim? rsrs

    Um beijo grande amigo!!
    Fica bem tá?

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde querido amigo Felis!!!
    Lembranças são sempre presentes...em noites de chuva então...
    Mas que este novo dia seja apenas de alegria...
    Tenha dias felizes...
    Abraços...da Bia!!!

    ResponderExcluir
  16. La noche nunca es buena aliada para dar consejos. En esas malas noches es que todo parece convertirse en ruinas y los buenos momentos pierden la magia.
    Tus letras trasmiten mucha melancolía, contagian...se adhieren a la piel!
    Bello leerte mi querido Junior, abrazos muchos!
    Bonito miércoles!

    ResponderExcluir
  17. é amigo, há noites ruins mesmo, e a saudade de um amor como esse, é sempre motivo de noites não dormidas, onde a saudade consome os apaixonados! Um fato que acontece com todos ao longo da vida! Abraçosss

    ResponderExcluir
  18. Oh meu poeta lindo, que belo poema
    e eu aqui voltando um pouco mais tranquila, pra deixar um abraço pelas belas palavras que recebi
    E vc é um querido pra sempre
    Bjuss
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  19. Ahn meu amigo Felis(z) hoje fizeste-me voltar as minhas noites de todos os dias...
    "Sinto a tua presença a cada solidão...
    Eu sinto falta. Eu ainda amo. Mas ninguém precisa saber." São sentimentos que passam pelo coração em cada solidão vivida.
    Hoje chorei, emocionada. Obrigada por colocar no papel um a triste realidade de uma moça largada a solidão de seu quarto.
    Beijo
    Bye da Pah
    Livros Estrelas

    ResponderExcluir
  20. Felisberto ,

    Sensibilidade à flor da pele , no seu belo texto . Gostei demais .
    Obrigada .
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. La soledad y los recuerdos en ocasiones pesan demasiado, una sonrisa superflua cuando el corazón sangra, sólo muestra a los otros lo que desean ver y los únicos que lo saben es quien realmente está cerca

    Todo pasa, espero pase pronto, es muy bella tu poesía

    Besos Felisberto

    ResponderExcluir
  22. Ola meu amigo querido!

    O amor torna as noites cintilantes. Porem a ausência dele a deixa ainda mais escura!

    Beijos, poeta!

    ResponderExcluir
  23. MEU QUERIDO, SEMPRE TEMOS NOITES COM MOMENTOS RUINS, E VC ESTÁ CERTÍSSIMO, SENTIU SOLIDÃO? USE SUA CRIATIVIDADE E NOS BANHE COM SUA LINDA INSPIRAÇÃO QUE ADORAMOS TE LER.

    E TENHO CERTEZA QUE EM BREVE LEREI QUE HJ O SEU DIA ESTÁ SENDO O MELHOR DE TODOS.

    BJS DA PATTY.

    ResponderExcluir
  24. Olá Felis,

    Às vezes eu gosto de sofrer por amor... Às vezes eu não sei se é realmente amor... Às vezes eu só sinto a dor e percebo que o vazio me completa, sempre me completou...

    Eu sou assim: (
    Deixo um bjinho respeitoso...

    Enigma

    ResponderExcluir
  25. Olá amigo Felisberto que lindo, amei, gosto desses poemas,rs
    Senti sua solidão daqui, muito profunda suas palavras.
    Desculpe pelo sumiço, é porque eu acabei curtindo mais sua amizade,rs
    Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Depois de uma noite ruim, vem o dia raiando e trazendo mais uma oportunidade de termos uma noite maravilhosa, talvez não da maneira q desejamos, mas às vzs da maneira que precisamos. Já pensaste nisto? :)

    Que venham as noites e q aprendamos com elas. Abraços!!

    ResponderExcluir
  27. Pois é meu amigo...estas noites existem e em algum momento de nossas vidas elas aparecem e fazem aquele estrago dentro da gente. O jeito é tentar levar e contornar com qualquer coisa que tire estes pensamentos da mente. A vida continua lá fora!! Beijos e boa sexta feira. Suzana.

    ResponderExcluir
  28. Olá,Felisberto!
    Tudo bem?
    Lindo texto,onde retrata a alma!
    Depois de uma noite ruim,sempre haverá um novo alvorecer!
    Beijos,abraços e que sua 5° feira
    seja maravilhosa.
    Sua amiga,soninha.

    ResponderExcluir
  29. Não sei se serve como consolo,mas tudo que é ruim um dia passa.
    Beijão "deu"pra tu...
    Aposto que tu já pensastes em outra coisa desse meu beijo...mas quis dizer:
    Beijão de mim para ti...viu como tudo tem seus dois lados????...ksksksksksksks...

    ResponderExcluir
  30. Bonito e triste ao mesmo tempo, Felis. Noites ruins todos nós temos e muitas vezes elas duram mais do que queremos. Mas passa. Abraços.

    ResponderExcluir
  31. A noites ruins... a dias vazios...
    Mais o bom que tudo passa até a solidão.
    Tenha um dia iluminado amigo.
    Beijinhos de estrelas.
    Lua

    ResponderExcluir
  32. Olá Felisberto! Tudo bom?
    Dizem que depois de toda noite triste vem um novo amanhecer. É, mas... depois do amanhecer vem a noite outra vez e... como faz?

    Lindo texto. O amor nos faz assim, as vezes. Nos mata por dentro quando vem a saudade e a solidão...

    Fica aqui o meu carinho.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  33. Depois de uma má noite,há de vir um dia radioso... Pelo menos, espero. Bjs

    ResponderExcluir
  34. Boa noite querido amigo.
    Que lindo poema,escreves com propriedade, maravilhosamente lindo.
    Difícil estas noites ruins onde só se vê o vazio de uma lembrança.
    Dizem que não é o tempo que apaga tudo e sim um novo amor. Quem sabe não é?
    Amigo querido voltando as visitas e feliz por estar aqui te lendo.
    Beijinhos e um amanhã grandioso.

    ResponderExcluir
  35. A solidão é triste, mas após a noite vem o dia e quem sabe ele não será feliz? lindo poema, Ju. beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário