Quero colo

Quase anoitecendo e eu aqui em meio ao silêncio 
Longe de tudo e de todos
Lembro de quem mora distante
 Nesses momentos de  solidão
A saudade se torna gigante
 Ninguém consegue me alcançar
 Hoje sou um prisioneiro

    Dalí para cá. Mundo surreal.  

Quero colo. Pele a pele. Entrelaçar as mãos.

E deixar o sorriso brotar no rosto...

Imagem:Google
05, 06 e 07/Fevereiro/2013

Comentários

Descer Página
  1. MENINO FOFO NÃO FAZ ISSO, PEDINDO COLO, OWW MODEUSOO.

    RSRS, VIXE ME EMOLGUEI, MAS TA LINDO O TEXTO, RAPIDO E CERTEIRO NO QUE QUER. BROTANDO FELICIDADE EM FELIZ.

    BJS DA AMIGA PATTY.

    ResponderExcluir
  2. Olá!!
    Quem não quer um colo!!,né?
    Não faz mal a ninguém!Bom demais...
    Beijos, bom carnaval.
    Soninha.

    ResponderExcluir
  3. SENTÍ MUCHA SOLEDAD...!!!
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  4. Que lindo... que fofo... querendo colo... Mas as vezes é assim que nos sentimos... carentes, desejosos de afeto, de palavras carinhosas, de aconchego, de atenção... Muito encantador seu poema menino Felisberto. Espero que encontre esse colinho. Bjussss

    ResponderExcluir
  5. Olá Felis, boa noite!!

    Sua poesia, traz a marca dos que por experiência sabem que a noite traz silêncio e solidão, mas também vontade de escrever, falar, se expressar. Alguns, não. Preferem silêncio mesmo!
    Quanta verdade você poetou ao dizer em versos tão bonitos, que "nesses momentos de solidão a saudade se torna gigante". E, claro, a noite, por si só já é surreal.

    Que ao amanhecer desse dia que vem vindo, seja radiante e feliz. E vamos sorrir, porque carranca provoca rugas indesejáveis, né memo?? rsss

    Beijos da Lu...

    ResponderExcluir
  6. Oi Felis
    Um poema pequeno,mas que diz muito! Quantas vezes eu também quero colo, fico cansada da correria do dia a dia. Aff!
    Bjos. fofinho. Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  7. "Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença. Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: quer-se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida". C.L.

    Tem momentos que só a presença, a pele na pele, o toque esperado se torna salvador de nós.

    Abraço

    ResponderExcluir
  8. Oi Felisão meu amigo!

    Rapaz... E tem gente que não gosta disso... Como pode ser né? A Frida minha cachorra e a Chambinha minha gata fazer qualquer coisa por um colinho, um carinho, ou simplesmente uma atençãozinha... E nós humanos as vezes não queremos isso.
    Somos bestas mesmo!

    Um abração (sem colo porque eu sou espada), hahahahahahahahaha.

    ResponderExcluir
  9. BOM DIA MEU MENINO GRANDE !!!
    EU TBM ANDO ATRAS DE QUEM ME DER COLO,rsrsrs.
    LINDO SUA INSPIRAÇÃO,QUE FAZ DO POETA UM GRANDE ATOR ...
    BEIJOS CARNAVALESCOS !!!!

    ResponderExcluir
  10. Bom dia Felis!
    Ultimamente, estou sempre
    querendo um Colo, mas de Mãe,
    sabe? Daquele que afaga, acarinha,
    protege...Ama de Verdade! Mas ela
    mora longe e nos falamos por telefone. Mas não deixo que ela fique triste, então, nunca peço colo!
    Tambem queria um colo de Amigo, mas
    todos andam tão ocupados...Ai,que doideira ne? Mas então, DEUS te dará o Colo apropriado acredite!
    Bjinhos de Acalento!

    ResponderExcluir
  11. Acho que para dizer 'quero colo,' é preciso coragem e humildade; é necessário não ter medo de mostrar-se frágil, de se entregar. belo poema, Felisberto!

    ResponderExcluir
  12. Oiiii amigo, as vezes a gente fica assim meio carente querendo colo mesmo! Abraçosss

    ResponderExcluir
  13. Oi, Felisberto, colo de mainha, de irma, de amiga, não importa, qq colo é melhor q travesseiro. Abçs.

    ResponderExcluir
  14. Ah!O amor sempre clama por carinho! Pede presença e colo.

    Que lindo menino!

    Beijos e carinho

    ResponderExcluir
  15. Sentimentos a flor da pele!
    Gostei! Beijos amigo Felisberto!
    Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir
  16. Nossa, eu nunca me perdoaria se não viesse vir até este post fofíssimo do meu amigo!

    Felisberto, na simplicidade das palavras é que você mais se revela sabia?
    Ficou muito lindinho você querendo colo, culminando no entrelaçar de mãos! Lindo mesmo!!!

    Um beijo grande para você amigo!
    Tenha uma semana maravilhosa!

    ResponderExcluir
  17. Boa noite Felis!!!
    Que este colo apareça e te faça muito mais feliz!!!
    Muito obrigada amigo, por votar em meus filhos.
    Que Deus continue o abençoando.
    Obrigada de coração...
    Abraços da Bia!!!

    ResponderExcluir
  18. Ola meu querido tudo bem? Amei o poema, um encanto, me deu vontade de um colo também. Amigo fiz uma homenagem aos amigos blogueiros, e tem um presente para você em meu blog, ficarei feliz se for buscar, de uma passadinha lá, mas fique a vontade em trazer.
    Beijos e um ótimo carnaval.
    Clarice

    ResponderExcluir
  19. Oi, querido Felis!

    Ah! Hoje, você se deixou ser "comum" (há situações e momentos que nos superam, eu entendo), pedindo colo.

    Quantos quilos pesa, você? Essa pergunta é da responsabilidade da Luz, não é da Emíla. Olha, que disparate de pergunta! Eu nem estou entendendo bem, por que ela faz tal pergunta. Se perceber, depois, me explique, por favor.

    Sabe, desde que sigo seu blog, acho que você, agora, está escrevendo muito melhor. Eu sei que escrever é uma arte, e que quanto mais escrevemos, mais aperfeiçoamos nossas ideias, nossos sentires.

    E colo tem sabor a aconchego, a carícias e a sossego, pelo menos aparentemente.

    Bom resto de semana.
    Beijos carinhosos da Luz.

    ResponderExcluir
  20. Lindo poema, Felis. Colo todos queremos sempre, principalmente nos momentos de carência e solidão. Abraços.

    ResponderExcluir
  21. Boa noite amigo poeta lindo.
    A saudade é um sentimento que chega a machucar o coração, doí demais estar longe de quem queríamos bem pertinho.

    A voz e palavras escritas já não é o suficiente. Um colo não seria nada mal, abraçar tocar.
    Chega até correr lagrimas de saudades.

    Amigo querido uma linda noite e uma maravilhosa quinta feira.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  22. No momento de carência o que mais queremos é um bom colo, Ju. Adorei o poema. beijos

    ResponderExcluir
  23. Bom dia meu lindo, amei ver seu recadinho, e saber que aceitou o Selo da Amizade, estou aqui para lhe agradece e lhe desejar um ótimo dia, e um carnalval com muita diversão.
    Estou levando seu link...uma graçinha.
    Beijos de luz
    Clarice

    ResponderExcluir
  24. Pessoal
    Ajudem comprando qualquer item da promoção da lojinha para ajudar nas despesas dos animais resgatados que aguardam adoção em lar temporário
    http://adoteumfocinhocarente.blogspot.com.br/2013/01/promocao-para-renovacao-de-pecas-da.html

    ou comprando qualquer numero da rifa
    http://adoteumfocinhocarenterifas.blogspot.com.br/

    Por favor, ajudem na divulgação. Quem sabe aquele amigo que vc nem sabia quer adotar um animalzinho??
    WWW.adoteumfocinhocarente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Quem não precisa de miminhos?
    Felicidades

    ResponderExcluir
  26. Felisberto, eu tb quero colo!!RSSS! Acho que preciso disso!

    Feliz carnaval! Beijos!!!

    ResponderExcluir
  27. Que lindhuuu kk adorei...esses dias mesmo estava pedindo colo pro maridão..tem horas que ficamos assim mesmo.

    ResponderExcluir
  28. Felix,
    o ser humano já é um pobre coitado carentão, quando está amando vem junto uma coisa chamada "medo" e isso nos torna ainda mais frágeis.
    Adorei!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  29. Tem momentos que a saudade é um corpo, mas não um qualquer, é o nosso. Esse desejo da pele ou das mãos se torna tão avassalador, que quando se alcança, não é o sorriso que brota no rosto, é rosto que se torna sorriso e nosso corpo transpira alegria...
    Muito bom, Felisberto.
    Deixo um beijo, bom fim de semana!

    Sónia

    ResponderExcluir
  30. Quem nao quer colo nos dias de hoje acho que todo mundo deseja ser acarinhado e receber e dar carinho acho que todos nos merecemos otimo texto rapido direto e certeiro

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Subir Página