Divagação no tédio

               Divago no tédio  e não estou só. 
 Recordo ocasiões que  desfilam pela minha lembrança, tão vivas quanto a presença de sua ausência.
No meu coração uma angústia impiedosa que não me deixa respirar.   
 Nos meus ouvidos
 a  constante sonoridade da sua voz tocando no meu íntimo 
  em consonância com os murmúrios da saudade.
Na minha alma  os monólogos  que recorri para  provocar a fuga da solidão e conseguir uma reação  para desorientar certezas.  
No meu fundo da memória  procurei-te e só pude   conversar comigo num diálogo pleno de harmonia que 
me dizia para esquecer quem eu sou e me deixar tentar chegar mais perto de você. 

 Eu não vou parar de
   viver sabendo que tenho o amor dentro de mim sempre, mas sem precisar estar...

►.◄
 "Se você sente tédio quando está sozinho é porque está em péssima companhia".Jean Paul Sartre
Imagem:Google
05 , 06 e 07/Março/2013

Comentários

  1. Mesmo no tédio não se está entediado, recordando-se de todas aquelas lembranças. De alguém que amou, e talvez foi amado.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  2. Tédio é um tédio, rs!
    Felizberto eu sempre acreditei que para nos sentirmos bem com outros precisamos gostar de estarmos conosco antes.
    Hoje, acredito nisso ainda mais!!!

    Mas, o processo de auto conhecimento é um caminho árduo que não tem fim. Apenas vamos ficando mais experientes e espertos sobre nós mesmos, mas sempre mutantes e mutáveis!!!

    Seu poema, sempre lindo, mesmo sendo triste!


    Beijos
    Pâmela Rodrigues
    Blog: Liste & Realize
    Página no Facebook

    ResponderExcluir
  3. O tédio é uma péssima companhia mas quando vc o sente presente quando está com alguém é porque a pessoa é que não é a certa. Ótimo poema, Felis. abraços.

    ResponderExcluir
  4. Ontem - segunda-feira - curei meu tédio no jardim. Capinei cinco sacos de cem litros. O tédio é falta de criatividade. Eu curo o meu fazendo coisas. mas quando sentimos tédio perto de alguém, aí não tem jeito...

    ResponderExcluir
  5. Muito bom o post, e adorei a frase de Jean Paul, nunca havia pensado nisso...

    Um abraço

    Paty Alves
    www.agape-amorverdadeiro.blogspot.com
    www.patyiva.blogspot.com
    www.tentardecoracao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Na mais entendiante que o tédio!!! ehehe... Mas enquanto você recorda, manda o tédio para longe!

    ResponderExcluir
  7. Nada mais entendiante que o tédio! eheheh Mas enquanto você recorda, manda o tédio para longe!

    ResponderExcluir
  8. As vezes ele é até necessário.

    Mas que é entediante, isso é! rs


    Amei a frase do Jean Paul

    Seus poemas sempre lindos.

    Bjo Felis

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde!!!

    Que bonito texto, olha nem preciso
    falar nada a tudo que posta aqui
    sempre de bom gosto.
    Mas o tédio é m ruim demais.e quando tenho
    fico mal ..procuro deixar bem longe
    Abraços de um entardecer cheinho de alegria
    Bjuss
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  10. Oi Felisberto, que bom estar aqui em sua companhia e tentando escapar do tédio que tantas vezes nos consome!!!

    Tudo é muito bonito em seu poema, que até o tédio virou figurinha esquecida nele: você conseguiu compor algo sobre o tédio que não deixa ninguém entediado, ao contrário... Nos deixa com vontade de comentar, de falar, romper as barreiras da paralisação ocasionada pelo enfado.
    Assim a poesia nos liberta
    Assim é a vida!!
    Um grande abraço e uma excelente tarde amigo!! :)))

    ResponderExcluir
  11. Nossa, será que não sou boa cia p mim mesma?? rsrr as vezes sinto muitooo tédio kkk, canto muito a musica do biquine cavadão, kkk, essa frase final me fez refletir agora! rsrs parabéns pelo texto amigo! Abraçosss

    ResponderExcluir
  12. MUY REFLEXIVO TU TEXTO.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  13. Quando sentimos tédio,não temos recordações de momentos inesquecíveis e sentimentos guardados,já a solidão nos faz recordar.
    No tédio,geralmente o melhor é deitar e tentar dormir.
    Gosto muito do tei jeito de escrever.
    Beijão...

    ResponderExcluir
  14. Olá querido amigo poeta.
    Pensava que ter tédio a dois seria o fim, mas lendo a frase de Jean Paul Sartre, vejo que sentir tédio sozinho é ser má companhia para si, me assustei,rs.
    Lindo poema, Não parar de viver e ser boa companhia para si mesmo, porem sem se fechar para o possível amor.
    Dias de muito amor. Deixando meu carinho. Beijos mil.

    ResponderExcluir
  15. hola Felisberto,
    un texto muy bonito. pero a veces la soledad es necesaria, algunas veces trae la inspiración.


    un abrazo ^^

    ResponderExcluir
  16. Jejeje... e assim mesmo... cada pessoa deve primeiro ser uma boa companhia para si mesmo, certo? Parece cosa facil, mas nao e asi simpre.
    Beijos, estimado Felis, sempre um prazer leerte e refletir com seus poemas inteligentes.
    Tenha um dia muito lindo.

    ResponderExcluir
  17. Felisberto ,

    Belo texto , como sempre .

    Gostei bastante .

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Felisberto!
    Ah então no Carnaval você aproveitou para fugir do caos carnavelsco..muito bom rs. Eu também fiquei de boas no feriado, não sou de carnaval só do feriado rs.
    Quanto tmepo que eu não passava aqui!@ E me deparo com esse belo poema..que reflete tão bem o estado de espirito que todos nós ficamos ...ás vezes com frequência!
    Está falando sério? Que quando você era mais jovem se parecia com o cosplayer?! Caramba! 0.0 Mostra uma foto ai para eu ver se você está falando a verdade rs.
    Eclético em matérias de som? Bom na sessão Sonoridade vou estar sempre colocando bandas que gosto e elas tem uma pegada na maioria das vezes, diferente. Você já pensou em morar no Japão ou já conheceu lá, pelo menos?
    Boa semana!
    bjs

    ResponderExcluir
  19. No dudes en buscar las personas que te hacen feliz y te reconfortan.
    Abrazos infinitos mi querido Junior, bonita noche!

    ResponderExcluir
  20. Oi Felis,
    Divago pelo tédio e não estou só.
    Lembranças,conversas,sorrisos e ilusões me acompanham.
    Agora fiquei preocupada com a última frase,ando sentindo tédio sozinha,será um mal sinal?rs
    Abraço =)

    ResponderExcluir
  21. Querido FELIS...
    Maravilhoso poetar...
    "Na minha alma os monólogos que recorri para provocar a fuga da solidão"

    Eu aprendi a duras penas que a pior solidão é aquela, quando se está acompanhado.

    Um beijo com carinho
    veraportella

    ResponderExcluir
  22. UAU MEU AMIGO, ESSA ACABOU SENDO UMA DAS MINHAS PREFERIDAS... ADOREI " SEMPRE TERÁS AMOR DENTRO DE TI".

    HOMEM DE ALMA DE MENINO, OU MENINO COM ALMA DE HOMEM?

    ESTE E VC, E EU ADORO TE LER.

    BJS DENTRO DO TEU AMOR.

    PATTY.

    ResponderExcluir
  23. penso que na vida moderna desaprendemos a olhar pra dentro, então temos que ter atividades sempre, sem elas, vem o tédio, o vazio. há que ter algo para colocar no lugar que não seja externo. bjs

    http://eubipolarbuscandoapaz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. "a constante sonoridade da sua voz tocando no meu íntimo
    em consonância com os murmúrios da saudade."

    Simplesmente perfeito.

    Lindo texto!

    Beijo!

    http://borderline-girl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Felix-Poeta!
    Me entedio com facilidade, mas com certeza não é pela má companhia de mim mesma, mas pela sensação de inércia, às vezes, por mais estarmos e termos, do que sermos. O jeito é tentar se realizar para crescer esse verbo "ser" em todas conjugações.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Ou, então Felisberto, é a falta de uma companhia q pode levar ao tédio. Abçs. Bom dia.

    ResponderExcluir
  27. Respondi lá no teu comentário,em meu blog:
    \o/uhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu\o/...
    Pensa numa guria super felizzzzzzzz...
    Também, ninguém seria doido de não dizer que me ama,vai que eu não respirasse mesmo!!!!
    Quem duvida é louco...rsrsrsrsrs...
    Mas valeu,maridão não está me suportando de tão metida que estou...ksksksks...
    Beijãojão para tu,da mais bem amada de todos os blogs...nem eu mesmo estou me aguentado!!!!!
    Abração para: LYAH CARTER, CAROLINA, KAKA, FELISBERTO JUNIOR, GHOST E BINDI, SILVIA VILELA, IVES e BANDYS...gente porreta,que me adoram!!!!!

    ResponderExcluir
  28. Olá Felisberto.

    Fico feliz de que tenha gostado co começo da fanfic. Logo logo aconteceram mais capítulos e muito mais coisas, afinal, pela ideia serão 1001. É muita coisa.

    Quanto ao tédio, parece que ele é tão difícil de superar. E quando começamos a pensar em coisas que não devemos, ele fica ainda mais sinistro. O que fazer? Se aprender, peço que me ensine. ^^

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  29. Oi, querido Felis!

    Tudo bem?

    Você escreve, lindamente, prosa.

    Nem tudo o que os filósofos dizem, corresponde à verdade, mas nesse caso, até que estou de acordo.

    Se nem a nossa companhia nos acalenta, algo vai mal.
    Falta de autoestima, ou problemas associados, podem explicar esse tal tédio.

    Se costuma dizer, que antes só que mal acompanhado, e com tal procedimento, estou, inteiramente de acordo, mas não nos sentirmos bem conosco próprios, algo está duplamente mal.

    Resto de boa semana.
    Beijos da Luz, com estima e amiizade.

    ResponderExcluir
  30. A sociedade actual se enche de tédio muito facilmente. É quando temos acesso a tudo, rapidamente isso ocorre.

    As pessoas se esquecem de viver por si e para si, sem ser de forma egoísta. Todos temos de cuidar de nós mesmos, de nada adianta passarmos a vida a cuidar dos outros se não estimarmos a nós primeiro, cuidarmos da nossa auto estima, pois assim sempre caíremos em melancolia e tristeza súbita, sem sabermos ao certo porquê.

    Bonitas palavras!
    Abraço grande :3

    ResponderExcluir
  31. Oi amigo, vim lhe desejar uma semana maravilhosa, abraços...

    ResponderExcluir
  32. Como um sábio disse: A melhor companhia deve ser nós mesmos, pois assim, qnd as pessoas q amamos se vão temos nós mesmos.
    Tenha uma linda quinta-feira.

    ResponderExcluir
  33. O tédio é mesmo entediante, eh eh eh!!!
    Gostei imenso da frase de Jean-Paul Sartre.
    Daqui, boa noite!

    ResponderExcluir
  34. Gostei muito Felis...
    Eu nunca senti tédio comigo... aliás preciso estar só as vezes.

    ResponderExcluir
  35. Oi Felisão! Rapaz, que texto legal esse!
    Sabe que eu nunca senti tédio quando estou só! Hahahahahaha.
    A gente fica em companhia das lembranças, das idéias, dos livros, da criatividade... De um monte de coisas, inclusive do sono! Hahahahahaha, gostei!

    Um abração meu amigo!

    ResponderExcluir

  36. Felis querido,

    Concordo plenamente com a frase de Sartre. Eu adoro a minha companhia, por isso nunca sinto tédio por ficar sozinha de vez em quando. Até gosto-rsrs. O que ocorre é que às vezes sentimos tédio pela rotina da vida e aí temos que dar uma agitada para rebater este sentimento inconveniente.

    O texto é excelente e muito poético.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  37. "Tão vivas quanto a presença de sua ausência"
    e tem algo mais vivo e fervoroso do que as lembranças? Que a memória?
    Aquela que falha quando julgamos preciso, por nervosismo coisa e tal, mas que quando nos aquietamos nos atinge com tudo que tem pra oferecer...
    Clive sentiu-se abraçado por compartilhar da mesma ideia.
    parabéns


    Te aguardo lá:
    diademegalomania.blogspot.com

    valeeeu

    ResponderExcluir
  38. Mesmo sendo boa companhia pra nós mesmos podemos nos sentir entediados. Não é a presença de alguém que vai afastar o desconforto. Enquanto divagamos, passeamos por locais que nem sempre nos fazem bem. Circulamos por aí, voando com as lembranças. E pode advir delas a falta de paz. Bjs.

    ResponderExcluir

  39. Mulher .
    Mulher , mãe uma fera na defesa dos seus
    filhos.
    Mulher, avó segunda mãe jamais esquecida
    por um amor incondicional ,
    netos segunda gestação dos próprios filhos.
    Mulher ,bisavó nessa fase entendemos,
    nossa geração foi londe nosso amor foi infinito.
    Eu sou essa mulher .
    Sim..tia , irmã , mãe , avó , bisavó por isso venho te abraçar
    pelo Dia da Mulher.
    Por me sentir especial .
    Para você acreditar que tudo vale a pena
    quando abrimos a janela nosso coração ,
    e deixamos o amor entrar.
    A vida é eternizada por nós mesmo,
    não importa os obistaculos,
    que a vida coloca já que é impossível viver sem eles.
    Quero apenas ser lembrada com carinho.
    Mãe blogueira.
    Avó Blogueira.
    Por Fim bisavó blogueira.
    Sou essa mulher que veio
    para deixar um carinho no Dia das mulheres.
    Ser mulher é algo Divino.
    Desde ,que nos sentimos um ser especial
    diante de Deus.
    Parabéns não só a mulher,
    mais a eterna companheira .
    Beijos no coração carinhos na alma.
    Evanir.
    Parabéns a você meu amigo por amar com toda certeza uma grande mulher.

    ResponderExcluir

Postar um comentário