Antologia Literária Tema Dois Anos

O relógio despertava  no mesmo horário de todas as manhãs.
  Os meus olhos eram ainda ofuscado pelo reflexo do raio de sol cintilante sobre o  vaso de flores,   que  exalava um perfume irresistível.
 Na  manhã ainda sonolenta, derramava um pequeno gole de café na boca e tomava o caminho comum de todos os dias : de casa ao trabalho, do trabalho para o almoço no restaurante,do restaurante do almoço para o trabalho, do trabalho para casa novamente...
 Lembro me que o andar torto de pés cansados, enfadados e conformados com a rotina, interrompeu-se diante do reflexo do espelho de  uma loja.
E o  meu olhar  abateu-se todo de uma vez só,  diante da imagem refletida.
 Emendei um olhar destrutivo sobre o meu próprio reflexo.
Percorri  corpo, nariz, boca, pele,olhos...
E com olhos tristes fui reconhecendo como  eu estava.
 E com olhos que querem mais que ver percebi o quanto precisava de cuidados.
 E com olhos que transbordaram fidelidade,  prometi-me o que  faltava... 
A sensação de ter perdido o tempo ou a vida foi arrebatadora. 
Em outros casos, continuava fazendo  do mesmo jeito , ou  novos caminhos se apresentavam e  eu optava por outras escolhas. 
 Consegui fazer essa travessia ao desenvolver esta consciência de mudança.  De  marionete da rotina
  para  a perseverança   na  conquista de uma vida nova e afirmativa
Escutei os meus sentimentos, cuidar de si, amar a si mesmo, e passei  a ter  prazer em viver  e , assim, a felicidade aconteceu.
 A minha vida deu uma guinada realmente quando a vi pela primeira  vez. Na verdade, tudo começou em uma manhã,   quando fomos dividir uma vaga de estacionamento. Não consegui ignorar seus comentários ao ficar  com a vaga.  E assim foi o nosso primeiro contato.
Daqueles que quando se sentem são para sempre.
Dois anos depois, posso dizer que  minha vida se tornou muito especial a partir daquele momento.
 Tão especial que, caminhando em direção ao altar, senti a minha respiração opressa, meu coração disparado. As mãos suavam. Parecia que uma corrente elétrica passava pelo meu corpo todo. 
Minha caminhada interrompeu-se ao olhar fixamente os vitrais da igreja. Vi o meu reflexo. Não era um simples reflexo.Por  alguns segundos me encarou , como se conferisse o que se passava dentro de mim, em seguida meneou com a cabeça me indicando  sinal de positivo.
Assim que tomei folego e o coração voltou ao normal,
eu disse Sim (...)
◠‿◠
"...Lembre-se, que o universo sempre
conspira a seu favor quando você possui um
objetivo claro e uma disponibilidade de crescimento."
Paulo Coelho
►.◄
Esta prosa poética faz parte da Blogagem Coletiva
 Antologia Literária Escritos Lisérgicos
Tema: Dois Anos
Link Aqui
Parabéns
Christian V. Louis
 Aniversário de Dois Anos do Blog.
►.◄
M.I.X
05,06 e 07/ Abril 2013

Comentários

  1. Boa noite Felis!
    Bela participação nesta blogagem, achei o texto bem legal!
    Beijos com carinho!

    Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir
  2. Crer em Deus e nos Seus planos nos
    traz a serenidade que só a fé pode trazer e
    nos conduz à fonte do prazer de viver,
    da qual beberemos e da qual seremos saciados.
    Benditos somos nós, donos de uma força que ignoramos e
    herdeiros de um Pai que nos recebe de braços abertos
    cada vez que decidimos voltar pra casa.
    Carinhosamente te desejo um abençoado final
    de semana.
    Que Deus abençoe você paz amor e luz.
    Beijos no coração carinhos na Alma,Evanir..
    LINDA BLOGAGEM MEU AMIGO.

    ResponderExcluir
  3. Que excelente participação, Felis. Ótimo texto! Invejo essa capacidade de escrever assim. Abração!

    ResponderExcluir

  4. Olá querido amigo poeta.
    Que criação linda, esta maravilhosa sua participação.
    Algo que acontece às pessoas, um dia descobre o quanto é importante. Descobre o melhor que possui em seu intimo e começa a viver forte e decido. Uma linda mudança de comportamento, pensamentos de confiança nos trazem coisas boas e até um sim, um amor para a vida.
    Parabéns pela prosa poética que ficou muito linda e emocionantes, adoro finais felizes.
    Um belo fim de semana. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela postagem , Felisberto .
    Quantas descobertas nestes dois anos , não ?
    Felicidades .
    Beijos e ótimo final de semana

    ResponderExcluir
  6. Preciosas letras que llevan a una profunda reflexión... un placer leerte Junior.
    Te dejo un abrazo, bonita noche!

    ResponderExcluir
  7. Que maravilha de participação, Felis... claro que vindo de vc, não poderia ser menos que ótima! Sua prosa poética ficou de encher os olhos...

    Eu tbem estou participando da blogagem coletiva...

    bjks :*

    JoicySorciere => CLIQUE => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  8. Muito lindo!!

    Bjos,

    http://borderline-girl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. LINDO ESSE TEXTO,FELIZ.

    RENDO-ME À BELEZA DELE E DE SEU BLOG.


    QUERO SABER SE O NOME DO AUTOR É O QUE APARECE ABAIXO OU SE É SEU.

    SE FOR,VC É CASADO!

    COMO SE ENTRA NESSE BLOG DOS 2 ANOS?

    COM TEXTOS NOSSOS? TENHO MUITOS!

    O FINAL É LINDO E FELIZ!


    ADORO SEU BLOG AZUL,MEU AMIGO POETA!

    BEIJOS E ÓTIMO FIMDE SEMANA


    DONETZKA

    ResponderExcluir
  10. A vida de cada dia nos desperta as necessidades e os desejos. Desperta a nossas obrigações e tantas rotinas que nos deformam os pés e as mãos.

    A vida é um caminhar em cada dia.

    ResponderExcluir
  11. Olá Felis!
    Gostei muito de te ler! :3
    Como sempre um excelente momento de poético e reflexão!
    Desejo-te um excelente fim de semana para ti e para os teus! :3
    Abraços :)

    ResponderExcluir
  12. Oi Fê, bonito texto...Tem post novo em meu blog...ihhh!!!rapaz, será que me lembrei de vc!!!Fiz sobre as flores de cerejeiras, o nosso Sakurá. confira!!!Um ótimo fds para vc. Um abraço amigo do cunhado, Rubi.

    ResponderExcluir
  13. Felis,uma linda história de amor!Parabéns por sua participação,adorei!bjs,

    ResponderExcluir
  14. Òtimo texto querido amigo.Um bom domingo e meu maior abraço.SU

    ResponderExcluir
  15. Feliz(desculpe o trocadilho)daqueles que sabem ler o que seu reflexo escreve e, agem sobre a imagem projetada em forma e em conteúdo.
    Reveladora narrativa.Pontual participação, Felis.
    Bom fim de semana.
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  16. (⁀‵⁀,) ✫✫✫.
    .`⋎´✫✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫
    ----------------Boa tarde!!!!
    Que bonito, essa participação vai ser
    um shwouuuuuu, eu gostei vale a pena participar mesmo parabéns viu meu poeta lindo

    Deixo um abraço de bom final de semana
    Bjuss
    Rita!!!!
    (⁀‵⁀,)
    .`⋎´

    ResponderExcluir
  17. hola Felisberto,
    me alegro haber venido a visitarte porque estoy leyendo una historia muy bonita..


    un abrazo fuerte^^

    ResponderExcluir
  18. Amado Felis!!
    Gostaria de estar presente e poder abraça-lo com carinho.
    Parabens meu anjo...

    Tenha um belo final de semana...
    te amo amigo querido1
    veraportella

    ResponderExcluir
  19. Boa noite meu menino grande !
    Venho no desejo de fazer acontecer um domingo feliz,trazendo meu carinho só pra ti...e encontrando esse lindo conto paro pra dizer que fostes feliz pela escolha...bjs de dia de domingo !

    ResponderExcluir
  20. Que lindo conto, Ju! Principalmente por causa do fim que foi feliz. beijos e lindo final de semana.

    ResponderExcluir
  21. Olá, querido Felis!

    Tudo bem?

    Você escreve, MUITO BEM, prosa.

    Todo o texto nos faz ver qual o percurso, as sensações do protagonista e as suas reações.

    Esse SIM, foi determinante.

    Realidade ou ficção, seu texto, está de parabéns, não só por dois anos, mas por muitos.

    Bom domingo.
    Beijos da Luz.

    PS: estarei sem postar e deixar comentários, durante umas semanas, por motivos profissionais. Todavia, espero postar, ainda hoje, em ambos os blogs. OBRIGADA!

    ResponderExcluir
  22. Parceiro, desculpe a demora em vir até aqui conferir, minha conexão anda devagar quase parando e ontem ainda cai raio aqui perto de casa, afff!
    O seu conto reflete a realidade de muitas pessoas, infelizmente, conheço alguém assim, que tem ótima condição financeira por ter herança e, do mesmo modo, é um workaholic, trabalha até aos domingos e aparenta muito mais idade do que tem, de tanto que trabalha. Parece nunca estar satisfeito e a rotina cansativa vai consumindo-o.
    Falta pessoas terem esta parada que descreve para ver verdadeiramente em seus rostos o reflexo do que estão fazendo consigo mesmas e com a vida que está passando e traz muitas coisas legais se aprendermos a nos valorizar acima do material.
    No capitalismo que vivemos pode parecer utopia, mas é tudo questão de equilíbrio.
    O desfecho feliz desta prosa poética demonstra que alguém pode viver bem a partir do momento em que começa a pensar e cuidar mais de si.
    Excelente participação!
    Meus muitos parabéns!

    ResponderExcluir
  23. Oi Felis,
    Adorei tua participação.
    Tem muita gente que não vive,apenas sobrevive e isso é tão ruim.
    Quando vejo que as coisas não estão indo bem procuro encontrar uma maneira de melhorá-las,acho que isso faz toda diferença.
    A gente precisa acreditar e ter fé!
    Uma ótima semana,braço =)

    ResponderExcluir
  24. Que gracinha vc...sempre com poemas belíssimos!

    Parabéns, amigo parceiro.

    Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
  25. Feliz!
    Desculpe pela ausência, mas meu pânico veio me visitar de novo, mas graças a Deus estou bem e seguindo em frente.
    Lindo texto, como você brinca tão facilmente com as palavras.
    Bjo no coração.

    ResponderExcluir
  26. Olá Felisberto! Tudo beleza?
    Este parece a descrição do dia a dia dessa sociedade caótica.
    Muito bom mesmo, eu li e me identifiquei muito com ele.
    Bj

    ResponderExcluir
  27. Olá Felisberto! Tudo beleza?
    Este parece a descrição do dia a dia dessa sociedade caótica.
    Muito bom mesmo, eu li e me identifiquei muito com ele.
    Bj

    ResponderExcluir
  28. Felis, não sei se é o seu momento, se é o meu momento, a realidade é que esse texto mais uma vez me emocionou profundamente. Permita-me destacar dois pontos: "E com olhos que querem mais que ver percebi o quanto precisava de cuidados." Reflexo do que sinto nesse momento. Minha face revela que precisa de cuidados para voltar a brilhar, a sorrir e a confiar. Mas ainda me sinto aberta para tanto, o que permite manter viva a esperança e um meio sorriso.
    Na sequência, "E assim foi o nosso primeiro contato. Daqueles que quando se sentem são para sempre." Não há nada que possa mudar esse sentimento. Talvez o que me permite seguir viva.
    E o final da sua história é um final que ficou perdido no tempo, mas não impossível, porque acredito que há ainda muito tempo pela frente para realizações.
    Adorei. Um abraço!

    ResponderExcluir
  29. Júnior,

    Gostei imenso da história... um trecho muito profundo me marcou no momento em que o li, "De marionete da rotina para a perseverança na conquista de uma vida nova e afirmativa", acho que ainda não alcancei esta sabedoria... quem sabe um dia, quem sabe... Adorei sua participação! Parabéns pela história extremamente reflexiva. Gr. Bj.!

    ResponderExcluir
  30. Gostei muito de seu texto. Uma observação atenta à imagem que nos mostra o espelho pode fazer milagres, quando entendemos a mensagem e o chamado da vida. Bjs.

    ResponderExcluir
  31. Olá, amigo Felisberto
    Esse seu SIM dito tão convictamentte, nos estimula a sermos positivos mesmo que os resultados não nos envolvam tanto...
    Dois anos é um tempo para fazer tanto e ser tão feliz!!!
    Bjs fraternos de paz e bem

    ResponderExcluir

Postar um comentário