Céu sem estrelas

O céu sem estrelas 
A escuridão das ruas vazias
Expressam a solidão
Que assola a minha alma
Em todos os dias
De todos os meses
De todos os anos

Nessa insana lucidez do pensamento
Força que apego e me espelho
Procuro vislumbrar o esquecimento
Deste momento obscuro
Onde meu coração dentro do peito 
Faz um silêncio absurdo
Querendo parar de existir

Nesta louca procura em busca do futuro
Esqueci do presente 
E do passado
Que me volta agora
Carregado de lembranças tão doloridas

Nessas minhas horas de solidão
Eu te procuro na imensidão
Dos caminhos escondidos
Sabendo que há tanto que passou
Há tanto que virá

Nesse momento de alento
Sei  que em algum momento
De algum lugar perdido
Na penumbra da madrugada infindável
Encontrarei a sua beleza irretocável 

E te farei 
Sentir o ardor 
Do meu terno 
E eterno... Amor...

Imagem:Google
Up 01/13
20, 21 e 22/Abril/2013

Comentários


  1. Olá querido,

    Escrito com intensidade, sentimento, melancolia e beleza.
    Solidão sempre dói, mas dói mais ainda quando se relaciona a um vazio deixado por um amor. Lembranças machucam e tornam a solidão ainda mais dolorida. Mas a esperança ainda é o maior lenitivo para se continuar com o sonho do reencontro.

    Excelente final de semana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. E nessa busca infinita ...sigo meus dias sem sol,em meu céu sem estrelas,
    mas acredito ...vou encontrar o amor de minha vida,que me fará flutuar entre nuvens de felicidade,me fará sentir ser amada ,querida,e contruiremos juntos nosso céu da felicidade.

    Felis ,meu amigo,seu poema me me fez sonhar com o quase impossível.
    Menino Poeta,tenha um final de semana muito feliz.
    beijos
    vera portella

    ResponderExcluir
  3. O céu sem estrelas é como um vazio que incomoda faz-nos sentir sós e desamparados.

    ResponderExcluir
  4. UN TEXTO BELLO Y MUY NOSTÁLGICO.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  5. Las estrellas están, iluminan tu ser...mira hacia arriba y de seguro una de ellas te guiará para poder reencontrarte con la alegría en el corazón.
    Un texto melancólico, te dejo un fuerte abrazo Junior y te deseo una hermosa noche!

    ResponderExcluir
  6. (suspiros....)

    Uau!

    Com este poema tao produndo a solidão findará em segundos, porque quem ler não vai aguentar e se entregará a este amor.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Boa noite menino grande !!!!!!!
    Uma das coisas mais belas da vida é olhar para o céu , contemplar uma estrela e imaginar que muito distante existe alguém olhando para o mesmo céu , contemplando a mesma estrela e murmurando baixinho: "Que Saudade"
    bjs de boa noite !!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Oi Felis!
    Tudo Bem?

    Obrigada pelas suas visitas sempre gentis e carinhosas tha?

    ResponderExcluir
  9. Uau,Feliz!

    Esse poema seu é super sensual,lindooooooo demais!

    É o olhar a natureza e lembrar de alguém que ou algo que já adoramos.

    Parabéns,meu amigo poeta!

    Ótimo fim de semana


    Bjs

    Done

    ResponderExcluir
  10. :~

    Minha cara. Adorei.

    Bjos!

    borderline-girl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Que poema intenso e profundo, Felis! Excelente em todos os sentidos. Abraços e bom domingo.

    ResponderExcluir
  12. Intenso o vazio que se sente a sair deste poema!

    Bom domingo, Felisberto.

    Beijo :)

    Sónia

    ResponderExcluir
  13. Intenso o vazio que se sente a sair deste poema!

    Bom domingo, Felisberto.

    Beijo :)

    Sónia

    ResponderExcluir
  14. Olá Feliz
    Embora triste seu poema é intenso e verdadeiro. Vivemos uma eterna procura , muitas vezes de nós mesmos.
    Obrigado pelo carinho de sempre.
    Bjux

    ResponderExcluir
  15. Olá, Felisberto. Teus poemas são sempre lindos, mas alguns são mais lindos do que os outros; como este. Bom domingo!

    ResponderExcluir
  16. Nostálgico e belissimo poema. Um amor profundo e para além do tempo.
    Que as estrela voltem a brilhar no céu e iluminem o seu caminho.
    Bom domingo
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  17. Oi amigo, lindo post, adorei. A solidão é difícil mas temos que procurar a felicidade acima de qualquer coisa.
    Tena uma ótima semana, beijos.

    ResponderExcluir
  18. Olá querido amigo Poeta.
    Quando estamos longe dos braços amados nada faz sentido a noite fica feia e escura, o coração fica sombrio e tudo que mais quer é deixar de existir,não pela tristeza mais sim por estar a sentindo, pois ao lado do amor até uma noite sombria tem o seu encanto.
    Belíssimo.
    Deixo meu carinho e desejo uma linda semana a você querido amigo.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  19. Seu poema me caiu como um tapa na cara aqui. Lindo, porém triste.

    E veja só... a musa está lá novamente no final dos versos deste poema rsrs... Hei de descobrir kkkkkkkkkkkkk

    Brincando com você ;)

    =* bjs

    ResponderExcluir
  20. Amigo Felisberto intensidade é a palavra correta para descrever seu poema, sentimentos profundos, as vezes é assim mesmo não?
    Por mais que tentamos nos desviar da dor, ela nos alcança sem permissão ..

    Belo poema meu amigo, parabéns!

    Abraços, boa semana!

    Thiago
    Trocyn Bão

    ResponderExcluir
  21. Felisberto, somente o amor tem essa capacidade de transformar e fazer com que vemos estrelas no céu, pois ele é a própria luz. Abçs.

    ResponderExcluir
  22. O amor traz tantas lembranças, né Ju? Algumas sofridas outras boas, mas sempre trás... linda poesia. beijos e bom começo de semana.

    ResponderExcluir
  23. Olá Felisberto!
    Tudo bem?
    Belo poema como sempre.
    Passando uma boa noite.
    Bj

    ResponderExcluir
  24. Passando novamente pra desejar boa semana, Felis. Abraços.

    ResponderExcluir

  25. Hi Felisberto ..
    How nice that you wanted to follow even my disney blog .. It is my tribute to walt disney ..
    so it's a disney page for both adults and children no matter how old you are all love walt disney .. Hugs to you from all my alter ego..Snow White / Night Lady / Nicki




    ResponderExcluir
  26. Olá Felisberto! Tudo bom?
    Parece que finalmente minha internet se estabilizou.
    Obrigada pelas palavras de carinho no último post no meu blog. Acredite, estava mesmo precisando ouvir aquilo :)

    Um lindo texto temos aqui hoje, como sempre. Acho que nos inspiramos em igual. "Não importa o quão escuro, eu o continuarei procurando..."

    Um grande abraço e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  27. A solidão doi muito mas não é eterna.
    Feliz semana

    ResponderExcluir
  28. Boa tarde Felis!
    Belíssimo poema...
    Esses dias li um conto, que falava sobre uma pessoa que sentiu um grande apreço por alguém,mas não pode levar a frente... E os sentimentos foram tão intensos que a personagem até achou que sua vida poderia ter um fim...

    Vinicius de Morais disse: ''Quem vai pagar as flores e o enterro
    Se eu me morrer de amores?''

    Sentimentos são mesmo assim, tem pessoas que amam de menos, outras amam demais, vai de cada um...

    Parabéns pelo poema! Beijos sempre de sua amiga Fê!

    ResponderExcluir
  29. Essa solidão é sinônimo de saudade. Ela não nos faz olhar para a frente, mas virar a cabeça para o passado, onde estão as lembranças que nos marcaram e o alguém que desejamos, no hoje.
    Estive lendo as postagens que compartilhou. Fez ótimas escolhas. Bjs.

    ResponderExcluir
  30. Lindo escrito, Felis...Estou passando por um momento delicado e realmente não sei que sequelas isso pode deixar na alma. Sempre acreditei no amor, no relacionamento. Sempre quando não deu certo, por mais doloroso que tenha sido, eu tentei de novo, e de novo. Mas nesse momento fico dividindo na balança o peso que a solidão pode trazer ou a dor que um amor pode causar.
    Talvez seja mesmo o caso de esperar que o tempo traga alento, e respostas. Um abraço!

    ResponderExcluir
  31. Nooosa!Isso é que é, intensidade.

    Dá pra dar uma viajadinha em cada verso.


    Lindo demais.

    Bjo Poeta inspirada e romântico.

    ResponderExcluir
  32. Muito bom Felisão! Meio triste, meeio solitário, meio ardente, mas muito inspirado!

    Parabens meu amigo!

    ResponderExcluir

Postar um comentário