Tudo me dá vontade de chorar

Passei o dia todo com um nó na garganta
Tudo me dá vontade de chorar
Não há nada que eu queira mais
Mas nem isso consigo
Eu sei que ainda tenho algumas lágrimas
Porém está difícil
Não consigo chorar

Achei que tinha esquecido aquela história
Que aquele caso já havia se encerrado
Tudo mudou no momento que falaram o nome dela
Por tudo aquilo que passamos e que ficou registrado
A vida nos reservou de cada um seguir sua vida
Os anos se passaram e muitas coisas aconteceram 
Eu não me lembrava de isto tudo

Tudo me dá vontade de chorar
Não há nada que eu queira mais
Mas nem isso consigo
Eu sei que ainda tenho algumas lágrimas
Porém está difícil
Não consigo chorar

É bom olhar para trás e sorrir...
Vou tentar encontrar coragem
Por enquanto não...

Tudo me dá vontade de chorar.
Imagem:Google
01, 02 e 03/Abril/2013

Comentários

  1. Oi Felis! Que poema lindo!
    Por vezes me acontece o mesmo, quero chorar e não consigo...

    A saudade é um sentimento tão triste e tão bonito ao mesmo tempo, não é mesmo?

    Obrigado por te preocupares, já estou ficando melhor! Com amigos como tu, num instante isso passa! :3

    Um abraço muito forte e votos de uma feliz segunda feira :)

    ResponderExcluir
  2. Tudo também me dá vontade de chorar.

    :/

    Beijos.

    http://borderline-girl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Sim... Você está entendendo as coisas muito bem... É bem por aí mesmo a dinâmica das emoções da gente.

    e vou matutar sobre isso.

    bjos,

    eilan

    (mudei sim a identidade do blog, vi tanta gente com pseudonimo que fiquei meio com medo da exposição... sei lá. talvez eu volte. Principalmente se fizer os vídeos, porque aí já to dando a cara pra bater mesmo.)

    ResponderExcluir
  4. Por vezes o choro faz bem.
    Ajuda-nos a lavar os olhos e ver melhor as coisas que estamos em risco de perder

    ResponderExcluir
  5. Chora Bêbe!
    Derrama Todas As Lágrimas;
    PorQue Elas Lavam O Coração E
    No Final Delas,
    Voce Estará Renovado!
    Lindo Pôema Amigo.
    Tenha Um Ótimo Dia E
    Um Abril De Prosperidades.
    Bjs, Z

    ResponderExcluir
  6. Bom dia amigo poeta!
    Lindos versos, muitas pessoas sentem essa sensação de fim de amor mal resolvido, ainda não acabou e mesmo assim tenta se seguir em frente, mas basta uma palavra para ver que nada acabou, algo ficou, aí as lágrimas sem lágrimas, a tal vontade de chorar!
    Nostalgia, acho que é isso?!
    Grande abraço meu amigo poeta querido!

    ResponderExcluir
  7. Pois tarte de dissipar estas tristezas... Corra lá fora e veja o sol, radiante...
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Tem dias que me sinto assim mesmo. Como quem partiu ou tá pra partir.
    beijos!!

    ResponderExcluir
  9. Lindo poema Felis...
    A verdade é que tudo me dá vontade de chorar... Sim há momentos em nossas vidas em que estamos sensibilizados por algo, e o choro vem sem a gente perceber, a lágrima rola pelo cantinho do rosto, ou outras vezes não conseguimos chorar, sei lá parece que o choro fica preso dentro do nosso coração. E quando se trata de amor... Ás vezes uma música ajuda a colocarmos pra fora o choro que quer sair, o sentimento que está sufocado querendo gritar e nesse momento não terá como a lágrima não rolar.

    Mas uma vez parabéns poeta apaixonado... Beijos com carinho!

    Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde meu poeta lindo

    E que vontade de chorar, da de vez em quando...um poema de saudade,com a carência de alguém...Só sei que...gostei...amei como sempre gosto!!!!
    Bjusss de segunda feira!!!!
    Rita!!!

    ResponderExcluir
  11. Quando nosso horizonte fica nublado... é muito difícil reagirmos... mas torna-se imprescindível, pois a vida continua e, não podemos deserta-la!
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  12. Quantas vêzes também passei por isso, mas são sentimentos que fazem parte da história de cada um. A saudade só é boa de sentir quando se está junto da pessoa amada num imenso love. Beijos amigo e boa semana...sem choro tá?

    ResponderExcluir
  13. Oi!!Como aquela passagem da Bíblia que eu amo: eciste tempo para todas as coisas:tempo de chorar.O choro também tem o tempo dele,mas não permita que ele fique muito tempo, desejo que saibas o tempo do riso e que deixe-o acontecer.
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Felisberto ,

    Poema belo , como sempre .
    Parabéns .
    Deixo um verso de uma poesia de Drummond :
    " E de tudo fica um pouco .
    Oh abre os vidros de loção
    e abafa
    o insuportável mau cheiro da memória ."
    Beijos e boa semana , amigo

    ResponderExcluir

  15. Olá amigo,

    Lembranças amargas nos dão mesmo um nó na garganta. Amores mal resolvidos custam a ser deletados.
    Somente vertendo todas as lágrimas conseguimos lavar a alma e deixar o coração mais leve.

    Mas tudo passa e a alma logo volta a sorrir, pois a vida sempre dá um jeitinho de nos surpreender, devolvendo-nos o entusiamo e a esperança.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  16. Felis, seus poemas são lindos. Tenho medo até de ser repetitiva porque sempre elogio.

    Mas, confesso que meu maior medo é que suas escritas traduzam sua realidade, porque elas são tristes e doloridas.
    Espero que não viva o que escreve.

    Beijos
    Pâmela Rodrigues
    Blog: Liste & Realize
    Página no Facebook

    ResponderExcluir
  17. Olá, Felisberto, Algumas memórias ficam quietinhas enquanto alguém não toca nelas e as desperta... lindo teu poema. Tchau!

    ResponderExcluir
  18. Talvez quando este pranto rolar e as nuvens clarearem a janela do passado, outras cenas tomem lugar e afastem a tristeza que a distância cavou.
    Bjos, Felis.
    Calu

    ResponderExcluir
  19. Lindo e triste,Feliz.

    Se tem vontade de chorar,chore!

    Depois de todas as lágrimas,sempre sentimos um vigor maior para procurar a resolução dos problemas ou para lembrar do que foi bom.

    E,o que se perde,nunca foi realmente nosso.

    È esperar que sua metade chegará quando menos esperar.


    Beijos e ótima semana


    Donetzka

    ResponderExcluir
  20. Oi Felis!

    Esse nó na garganta, e por vezes vontade de chorar, faz parte da vida.
    Principalmente de pessoas de alma e coração tão sensíveis, como esse poeta.

    Bjo meu amigo querido.

    ResponderExcluir
  21. Muitas vezes queremos e não conseguimos chorar. Parece que não sai. Tem algo prendendo. Triste poema mas muito verdadeiro. Abraços!

    ResponderExcluir
  22. LINDOOOO.
    TEM HORA QUE É BOM DEMAIS, E CHORE MESMO, NÃO TE POUPE DESTA PROEZA, É MTO BOM.

    E A VERDADE DITA PELO HOMEM TOTALMENTE EMOCIONAL FICA MAIS LINDO.

    CONTIUNE SEMPRE ASSIM.

    BJS PATTY.

    ResponderExcluir
  23. Belo texto Felisão!
    Sabe tem dias mesmo que dá um nó na garganta aparentemente sem motivo... Eu ando assim... as a gente não pode se abater não é?

    Um abração meu amigo!

    ResponderExcluir
  24. Olá Felis! Boa Noite! : ]

    Ow caro amigo, que descrição melancólica, mas nem por isso seus versos são menos belos. Todos vivemos momentos como estes... de ter saudade do que não volta mais (as vezes volta né!? Mas de forma modificada).

    Chore seu choro, é preciso não reprimir nenhum sentimento, por pra fora de maneira coerente é fundamental.

    Fica em paz! Bjin no coração!
    :*

    ResponderExcluir
  25. Cuantas veces nos sentimos assim, con un no na garganta, angustia, dor, e nao conseguimos chorar... e como uma tristeza de saber muerta a fe... mais logo tudo voltara a recomencar! Gran poema, muito emocional.
    Amigo, espero voce esteja muy bem. e me voy, continuando con este feriado eterno, sigo a descansar um poquito. Beijo.

    ResponderExcluir
  26. Muitas vezes também me dá vontade de chorar, quando penso em algo triste de minha vida, chorar faz parte da vida, chorar muitas faz bem a pessoa, a gente acha que chorar faz mal faz não chorar faz bem também. Flisberto texto lindo parabéns pelo texto, Felisberto tem post novo lá na lucimar virtual, fique com Deus beijos.
    Links:

    Estrela da Manhã

    Lucimar Virtual

    Divulgue seu blog no face

    ResponderExcluir
  27. Oi menino
    Esse nó na garganta, fruto de lembranças, um dia se desfaz aí as lagrimas correrão e vão levar sua alma.
    Bjux

    ResponderExcluir
  28. Olá amigo, quem não fica com esse nozinho na garganta as vezes né, são tantas as coisas que nos deixam assim, mas sem duvida o amor é a maior causa! Abraçosss e boa semana!

    ResponderExcluir
  29. Felis querido! Agradecendo sempre o carinho e comentários gentis! Também me desculpando por muitas vezes demorar para aparecer..... Está cada vez mais difícil visitar a “todos” como gostaria.... Tenho tentado alternar e demora.... Mas eu volto!.... Ô poesia linda! Às vezes me sinto assim também...
    Uma semana abençoada e feliz!
    Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Eu acredito no poder das palavras e, mesmo tendo cautela, ou ela é totalmente mal interpretada ou eu falei merda mesmo, como foi o caso do poema. rs.
    Se bem que há gente que sabe disso e gosta de mexer com as feridas alheias de um amor claramente não resolvido.
    Isto de ter o choro trancado é muito corriqueiro. E estranho.
    Concordo com o André, o importante é não se deixar abater.

    => CLIQUE => ESCRITOS LISÉRGICOS...

    ResponderExcluir

  31. As coisas mudam
    Depois de um tempo você começa a perceber que nada nessa vida é
    pra sempre e que tudo pode de alguma forma ser mudado,
    percebe também que as pessoas mudam, que os pensamentos mudam,
    e que se você não mudar, a vida muda você
    amar significa se dar por inteiro
    que verdadeiros amigos são,aqueles do qual sentimos
    saudades .
    Quando penso saber de tudo ainda não aprendi nada.
    a natureza é a coisa mais bela na vida.
    Deus não proíbe nada em nome do amor.
    o julgamento alheio não é importante.
    o que realmente importa é a nossa paz interior.
    se pode conversar com estrelas
    se pode confessar com a lua falar das saudades,
    que inevitavelmente dói ,e feliz é aquele que tem motivos para
    sentir..
    Lindo e abençoado seja seu Dia bençãos de Deus
    para você ,Beijos e carinhos meus ,Evanir.

    ResponderExcluir
  32. Seu poema veio ao encontro do meu estado quase que permanente nos últimos tempos... Lindo falar de algo tão simples de forma tão verdadeira.. Bj.

    ResponderExcluir
  33. Enquanto não esgotamos a dor, ela permanece. E todas as lembranças nos sufocam, provocando as lágrimas. Só se consegue prosseguir, sem olhar para trás com melancolia, quando esse estágio já foi vencido. Sempre belas suas postagens. Bjs.

    ResponderExcluir
  34. Felisberto

    O choro será sempre a forma mais eficaz de desafar, prosseguindo na caminhada, com nova tranquilidade.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  35. Boa tarde Felisberto

    Como não há nada de novo, passando,desejo bom fim de semana.
    A braços

    ResponderExcluir

Postar um comentário