Sofres coração

Quão sofres coração!
Amas sem limites
Andas na solidão a vagar
Saudades que hão de chegar

Onde estás teu amor?
Deixaste a razão levar
Foste sem coração morar
Em outra emoção

Ah! Dor imensa
Sentes esse coração!
Partistes...
Uma parte chora...
Outra sorri
Rios de desencantos...
 Fazem mar de dor

És tolo coração!
Brincas de amar
Fazes rir...
Fazes chorar
Que abre, que fecha ...
Que dilata, que diminui
Vives por viver...

Quem entende?
Só quem ama...
Sabes a dor de amar
Mas não perde a esperança...
De outro amor encontrar!

Imagem:Google
01, 02 e 03/Maio/2013

Comentários

  1. Ah, Felisberto...este poema foi feito para mim!

    Sofre o meu coração...na calada da noite..rss!
    Beijos e bom feriadão, parceirão!!!

    ResponderExcluir
  2. Belo poema
    e é assim mesmo que acontece a gente sabe a dor de amar mas não perde a esperança...

    Bjus
    Bom feriado!

    ResponderExcluir
  3. Dicen que las personas que llegan hasta nuestro corazón permanecen por siempre en nuestro recuerdo... es difícil olvidar, pero no imposible!
    Letras maravillosas, te dejo un fuerte abrazo, buen día del trabajador!

    ResponderExcluir
  4. Belíssimo poema caro amigo.Meus cumprimentos e meu maior abraço. SU

    ResponderExcluir
  5. Boa noite amigo
    "Só quem ama... Sabes a dor de amar Mas não perde a esperança"

    Com certeza somente aquele que sofreu por um amor sabe o sentimento da dor. Penso que se não deu certo é porque não era para ser, pensando desta forma ameniza um pouco a dor no peito, não acredito que o tempo cure, acredito que um novo amor seja o antidoto, então nada de esperar com certeza um novo amor encontrar é a melhor opção. Foi assim para mim.
    Amigo uma linda quinta feira. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  6. Que liiiindo, Ju!
    É verdade, não devemos perder a esperança de encontrar o amor.
    beijos e lindo feriado.

    ResponderExcluir
  7. Felisberto ,

    Belo poema , amigo .
    Esse nosso coração nos dá cada susto , mas também nos presenteia com surpresas muito doces .
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Ah, quando o coração decide brincar :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Boa noite Felis...
    Estou aqui lendo seu poema... e lembrei-me de uma música que diz:
    ''Coração, diz pra mim
    Porque é que eu fico sempre
    Desse jeito
    Coração não faz assim
    Você se apaixona
    E a dor é no meu peito...''

    O tempo passa... essa música é tão antiga, mas os sentimentos sempre serão os mesmos...

    Beijos de sua amiga Fê!

    ResponderExcluir
  10. NAO PODES MESMO PERDER A ESPERANÇA NUNCAAAA, JAMAIS.

    PQ MESMO SOFRENDO É UMA DELÍCIA AMAR.

    BJS MENINO AMADO.

    PATTY.

    ResponderExcluir
  11. Oi Feliz
    Desistir nunca, quando uma porta de fecha, muitas outras se abrem.
    Bjux

    ResponderExcluir
  12. Na verdade nem quem ama entendo o coração... Lindo poema, Felis. Aliás, só poema mesmo para explicar, ou ao menos tentar, sobre a complexidade do coração...Abraços.

    ResponderExcluir
  13. E como ele sofre! Nesses momentos, entrega-se à dor. Mas sua capacidade de recuperação é imensa e volta a pulsar, com o mesmo ardor, diante de um novo amor. Bjs.

    ResponderExcluir



  14. Las palabras en silencio
    son melodías de ternura,
    y refugio de sensaciones,
    que sigilosas van en busca de emociones
    para vestir la vida de alegres tentaciones...
    ...deteniéndose en perfumar los sentimientos,
    con el aroma de las flores, que irán brotado
    durante este mes de mayo que termina de comenzar.

    Hoy y cada uno de los días...
    Un beso y una rosa para ti!

    Atte.
    María Del Carmen



    ResponderExcluir
  15. Bom Dia Amigo!
    Lindo Pôema!
    O Unico Problema,
    P'ra Quem Está Nessa Situação,
    É O Medo De Sofrer Novamente.
    Porisso, As Vezes É Preferivel,
    Viver Um Amor Platônico. Mas,
    O Que Importa Mesmo;
    É Amar!
    Bjs, Z

    ResponderExcluir
  16. What a beautiful poem!Meus cumprimentos! Beijos
    XXX

    ResponderExcluir

  17. Oi querido,

    O coração não tem juízo mesmo. É surdo à razão, mas esperançoso que só-rsrs. Sofre, mas nunca perde a esperança de explodir de amor e felicidade.

    O poema é lindo. ADOREI!

    Um belo dia.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  18. Ah, o nosso coração meu amigo, é um labirinto, onde muitas vezes se esconde o amor, e o nosso querer, hora encontra, hora não...

    O meu blog já está normal meu amigo,graças a Deus consegui coloca-lo no ar novamente.

    muitos abraços pra ti

    ResponderExcluir
  19. hi Felisberto..
    I just wanna wish you a nice and magic weekend..
    Hugs kisses Snow White

    ResponderExcluir
  20. eu sei muito bem como é ser partido um coração

    ResponderExcluir
  21. Olá Felis my friend!Não sou oomo vc que está inspirado quase sempre tdos os dias e escreve versos de amor rs.Sempre que escrevo algo procuro vir aqui para ver suas produções e anunciar minhas novas postagens.Bem,qto a esta poesia, só tenho a dizer que de fato o sofrimento de amor só o sabe quem passa...e que ficou bonita a sua combinação de palavras para expressar a desventura de não estarmos com quem gostamos.Bjos!!!!

    ResponderExcluir
  22. Olá Felis!Gostei da sua combinação de palavras para expressar a desventura de não estarmos com quem gostamos.E de fato só conhece a dor do amor quem por ela passa.Sdds e parabéns pela inspiração que tens em escrever sempre.Bjos!

    ResponderExcluir
  23. *. ¨ * ✫ "✫. ☽ ¯ ¨ * .. ☆ ¨ *. ¯ `☆ ¸. ✫ ˚ ¯` ☆

    Ola Felis! passando a desejarte un hermoso final de semana lleno de mucha luz e sempre obrigada por estos posteos que complacen minha alma.
    Abracos!

    *. ¨ * ✫ "✫. ☽ ¯ ¨ * .. ☆ ¨ *. ¯ `☆ ¸. ✫ ˚ ¯` ☆

    ResponderExcluir
  24. Pois é, quem entende!
    Talvez, só quem ama e não é amado/a.

    Bjo na alma!

    ResponderExcluir
  25. Como canta Edu Krieguer em sua bela composição: "a gente ri, a gente chora, e comemora um novo amor". Parabéns pelo texto véin, abraços.

    ResponderExcluir

Postar um comentário