Solidão e você

No horizonte  se misturam o azul do mar com o céu negro salpicado de ouro estrela e na Lua o reflexo de minha solidão.
Solidão que  invade o ar leve da paz do meu coração.
 Coração que não controla a emoção.
Emoção que estremece minha alma.
 Alma calada pelo Adeus.
Adeus que derramaram lágrimas.
Lágrimas  de algo que não é mais meu.
 Não é mais meu quando aparece a saudade.
 Saudade calada ante o fim.
Fim que se torna angústia.
 Angústia que faz meu coração sangrar.
Sangrar  e dilacerar em tristeza.
Tristeza presente na minha solidão.
Solidão e você.
Tão perto.
Perto sem poder  te abraçar.
 Do abraçar tu foges.
...Solidão e nada mais...
Imagem:Google 
Up 10/12
07, 08 e 09/Maio/2013

Comentários

  1. Bom dia, Felisberto. A pior solidão, é a solidão acompanhada. Bonito seu poema! Tenha uma ótima terça.

    ResponderExcluir
  2. posso fazer uma pergunta? seus escritos têm fundamentação pessoal? tenso ...

    ResponderExcluir
  3. Buenos días felisberto, un poema muy triste y a la vez bello. la angustia nos va poco a poco matando, hay que echarla de nuestro corazón.
    Con ternura
    Sor.Cecilia

    ResponderExcluir
  4. Triste solidão que deixaste linda em tua poesia! abração,chica

    ResponderExcluir
  5. Oi Feliz
    A solidão dó tanto que passa a ser dor física. Um belo poema, porém triste.
    Obrigado pelas visitas.
    Bjux

    ResponderExcluir
  6. Muito profundo, solidão é um sentimento que nos mata aos poucos...
    Abraço grande :3

    ResponderExcluir
  7. Solidão por querer estar perto de uma única pessoa que não é possível, eita que maravilha de texto hein...Um abraço carinhoso
    Paty Alves
    Amor Verdadeiro
    Patyiva
    Vou Conseguir

    ResponderExcluir
  8. Olá.

    Muitissimo interessante, o seu contexto. Mas, o que é mesmo a Solidão?
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  9. O que seria da dor de cotovelo se não fosse p virar poemas e poesias né rsr Abraçoss

    ResponderExcluir
  10. Oi, querido Felis!

    Boa tarde, como vai você?

    Solidão proveniente de um adeus, de um amor terminado e de uma saudade, e O AMOR, ELA, AÍ TÃO PERTO. No mínimo, dói.

    Os poetas são uns sers sofredores, por natureza e essência.

    Tenha um semana de harmonia.

    Beijos da Luz, com muita estima e ternura.

    ResponderExcluir
  11. ufff, duele mucho la bendita soledad.
    un abrazo

    ResponderExcluir
  12. Oi Felis
    Muito bonito, bem construído, a sua cara, mas triste, não gosto deste tema, solidão.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  13. Felis, creio a sua fase mais otimista passou como um furacão.

    Exatamente como a ventania que chegou na minha cidade ontem à tarde, derrubou árvores, telhados e muros de concreto... E depois foi-se embora deixando apenas um rastro de poeira e destruição!

    Mas mesmo que esteja embrenhado na solidão e no sofrimento novamente, não deixa de ser lindo, de ter aquela angústia que predispõe o toque necessário da ampla intensidade do seu poema! Mas não sofra tanto assim, pois também me faz sofrer!!
    (Estou com a música da Sandra de Sá na cabela agora- Solidão)

    Amigo, um grande abraço para você e parabéns pela poesia, sempre abarrotada de sentimentos únicos!!
    Tenha uma semana maravilhosa!!

    ResponderExcluir
  14. A solidão é discutível, podemos viver acompanhados e sentir a solidão, podemos estar só e sentirmos felicidade, bem... existe tanta coisa.

    ag

    ResponderExcluir
  15. Boa noite, querido Felis!

    Voltando para, PUBLICAMENTE, fazer justiça e elogiar seus comentários, não só nos meus blogs, mas também em todos em que deixa sua opinião.

    Você lê mesmo e interpreta a postagem, de uma maneira tão inteligente, quanto racional. Não é de bajulações, mas sim de verdades, de concretizações.

    Adorei o seu comentário, hoje, em meu blog.

    Der facto, a qualificação tem de ser reconhecida, seja em que domínio for.

    Com a Revoluição Industrial a Manufatura foi substituída pela Maquinofatura, mas o produto artesanal, continua tendo muito valor. Estou falando, genericamente, como é bom de ver.

    Tenha uma noite feliz e sem solidão.

    Beijos da Luz, com carinho e apreço.

    ResponderExcluir
  16. A veces se sienten tantas soledades juntas que abruman... te dejo un fuerte abrazo Junior, bonita noche.

    ResponderExcluir
  17. Boa noite FElis.
    A solidão se faz presente
    toda vez que sentimos o
    vazio dentro do coração.
    A solidão e você, poderia ser,
    você e a solidão nunca mais...
    Beijinhos carinhosos de sua sempre
    Amiganja.

    ResponderExcluir
  18. :~(

    triste, mas verdadeiro.

    bjo!

    http://borderline-girl.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Poemas sobre solidão e saudades costumam ser os mais bonitos. Taí mais um pra comprovar isso. Ótima fota também. Abraços!

    ResponderExcluir
  20. Bom dia Felisberto

    Pode haver solidão de várias formas, mas a provocada pela falta da presença do amor, será a mais dolorosa, a que causa o maior sofrimento. Poema bem esquematizado.
    grato pela presença, pelas presenças no meu espaço.
    Abraços de amizade

    ResponderExcluir
  21. Bom dia Felisberto

    Pode haver solidão de várias formas, mas a provocada pela falta da presença do amor, será a mais dolorosa, a que causa o maior sofrimento. Poema bem esquematizado.
    grato pela presença, pelas presenças no meu espaço.
    Abraços de amizade

    ResponderExcluir
  22. É amigo, a solidão é sofrimento que não finda, é dor incrustada na alma, é uma prisão em si. Abçs.

    ResponderExcluir
  23. Bom dia de quarta feira, para meu
    poeta lindo, e que gosta de escrever tbém coisas lindas.
    Um belo poema, pena que a solidão não deixa a gente bem....mas adorei e ficou como sempre um arraso
    Deixo um abraço e meu carinho de sempre
    Bjuss
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  24. muchas felicidades por este escrito la soledad siempre esta cerca chaussss

    ResponderExcluir


  25. Nunca estamos solos
    cuando sabemos
    que ocupamos
    un lugar, en el
    corazón del amigo.


    Quisiera que la belleza
    de esta tarde del miércoles,
    conquistará una sonrisa
    en las colinas del viento
    para ti!!


    Un abrazo de violetas
    y un beso de poetas.

    Atte.
    María Del Carmen



    ResponderExcluir
  26. Boa tarde amigo Felis!!!
    Eita solidão que quando chega detona mesmo... #fato.
    Lindo poema, meu coração até sentiu um aperto...
    Tenha dias felizes e sem solidão!!!
    Abraços da Bia!!!

    ResponderExcluir
  27. A solidão é terrível.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  28. É mesmo, Ju, se a emoção pudesse ser controlada, não haveria sofrimento... parabéns pela linda poesia. beijinhos

    ResponderExcluir
  29. COM A SOLIDÃO VEM OUTROS SENTIMENTOS QUE NOS DEIXA BEM PRA BAIXO.

    BJO FELIS!

    ResponderExcluir
  30. Esse estar perto sem que possamos nos aconchegar é doloroso. Presença e ausência que traz saudade. Bjs.

    ResponderExcluir
  31. Lindo poema. Saudades de quando escrevia os meus... parece que a inspiração se foi junto com uma pessoa.
    Lágrimas, adeus, angustia, saudade calada, solidão: é bem isso mesmo.

    Bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário