Informalidades

Olá!
(...) recebi um comentário,   muito educado e inteligente, tentando ou querendo me ensinar regras/formas para escrever um poema ou poesia. Gentilmente, agradeci a oferta , por que entendo que cada verso produzido resulta de uma inspiração que, além de individual, é uma manifestação do pensamento livre.São textos únicos, na experiência e vivência de quem as escreveu.Não dá para dizer a um poeta, não que eu seja,  para ser metódico em seus versos.  Penso que deve partir do próprio poeta a iniciativa de seguir ou não as regras/formas que existem. Uns adotam uma linha mais clássica, com versos rebuscados, ritmados,  com difícil contextualização , etc...e eu, uma linguagem simples,  onde busco sempre que cada um , possam  inferir, ter um  rápido contexto... uma tentativa de uma rápida interação entre o meu proferido e os fiéis leitores com os quais estou compartilhando....
(não muito importante , mas  a minha resposta foi complementada com...Sou Autor Único do Blog, Que venha ao meu Blog quem realmente goste de meu trabalho...  Estou e estarei sempre buscando o aprendizado e a  evolução  em tudo que faço e até no que deixo de fazer... )
Mas como estamos nos divertindo com as palavras, eu ouso tentar minimizar o sofrimento de quem não compreender e comungar com esse meu pensamento...repostando 28/11/12.
Nunca me revelo por completo
Sou a exatidão do infinito...
Uma incógnita até para mim ..
Não me cobre explicações
O melhor de tudo é não entender...

Do meio que inculca valores
Invento a própria razão
Do amor que vai e vem
Todo medo e o desejo
Do coração em confronto
Uma dor até certo ponto
E na busca do silencio
O dia volta para a noite
Vem o cinza da madrugada
O esplendor do amanhecer
Nuvem branca no céu
Aroma suave ao vento
Uma xícara de café
Um despertar melhor
Tudo misturado com o sol, a vida e o amor...

...E nem me reconheço mais...
Imaginário, inventado, verdadeiro...
(IN)Feliz e Feliz...

Imagens:Google
23, 24 , 25, 26 e 27/Junho/2013
(... em virtude de alguns exames de saúde que estou realizando...Devagar e sempre na retribuição! 
Beijos e abraços!)

Comentários

  1. Júnior,

    É inútil alguém achar que existem regras e fórmulas para se escrever poesia. Ela é sentimento e, como vc disse, é individual, cada poeta escreve como sente da forma como quer. Admiro muito a simplicidade da sua poesia, vc fala claramente e com o coração, isso é o que importa não? Quando escrevo poesia ou crônica sou mais rebuscada como vc exemplifica, não porque faço questão disso, apenas sai assim, uso tanta inversão que chega a ficar confuso. Por isso admiro aqueles poetas, assim como vc, que conseguem falar de forma simples sobre tudo, e em especial sobre o amor. Vc é sim um poeta meu amigo, pois só quem tem a alma poética gosta e escreve poesia. A forma? Pouco importa, o importante é traduzir em versos o que sentimos. Um poeta não se importa com lógica e regras, pois a a poesia liberta. Fique bem! Gr. Bj. e uma semana de muita Paz e poesia (livre) pra nós!

    ResponderExcluir
  2. Caro Felisberto, todos aqueles que presos as suas arrogâncias tentam ensinar é pq não sabe q o aluno tb é um professor. A liberta em criar é que faz a arte ser sempre pulsante e renovadora, posto que se seguissemos uma regra ela perderia mto de seu valor.
    PS: Como alguns amigos me enviaram emails pq não conseguia comentar no meu blog pq não tinha o perfil do G+, eu tive que excluir os coments do G+ e voltar para os coments do Blog, por isso vc perceberá q todos os coments feito no G+ foram excluídos. Abçs.

    ResponderExcluir
  3. Esqueci de dizer q estou mandando-lhe energia positiva para que vc possa se recuperar rápido. Vá com fé nos exames que a resposta positiva Deus está guardando para ti. Abçs e bom exame e boa semana.

    ResponderExcluir
  4. Amigo Felisberto, concordo contigo, eu então que escrevo sem regras e sem nenhum jeito, até digo que são "sem peias", pois foi o único título para o meu blogue de poemas, "poemas sem peias", amo fazer o que faço, amo receber visitas e comentários, assim como todos nós que estamos nessa linda ciranda, eu faço tudo por amar escrever e se tem quem gosta de ler, melhor, se não continuo do mesmo jeito.
    É lindo poder dizer o que vai em nossa alma e até tentar adivinhar o que vai na alma dos nossos irmãos de jornada não é mesmo?
    Em poemas e prosas é bem melhor!
    Abraços e estimo suas melhoras meu amigo!

    ResponderExcluir
  5. Olá, Felisberto. A gente vê de tudo na net! também já tentaram me catequizar, mas meus versos não obedecem a ninguém; nem a mim! É como você falou: que cada um escreva e leia apenas o que gostar! Eu gosto daqui. Gosto de ler poemas que me falam ao coração, e não à forma. Estou C & A para métricas, rimas... e embora as ache bonitas nos poemas, nem sempre quero segui-las; quando escrevo, se as rimas acontecerem, tudo bem; senão, deixo o verso livre e branco. Bom domingo!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Felis. Sentimentos não carecem de regras para serem expressados. Tenho estudado um pouco acerca de poemas, abri um blog com haicais e seu exercício segue uma estruturação, sei que quadrinhas também tem estrutura própria de divisões silábicas e tal...mas vejo isso como uma vontade particular de cada um para tornar a escrita, além de bela, um exercício cerebral. Nesse mesmo espaço há momentos em que simplesmente deixo o pensamento divagar sem me preocupar com rimas, métricas, divisões e afins.
    Penso que seus escritos e divisões em verso e estrofes seguem o fluxo do seu coração e tentar cercear essa capacidade de expressar seus sentimentos com regras e estruturas rígidas me parece desnecessário. Até porque a beleza, muitas vezes, está na inovação do movimento poético, e isso você sabe fazer intuitivamente com maestria.
    Eu adoro o que escreve, seja em forma de versos ou contos, e nunca me preocupei com esses detalhes racionais num espaço tão encantadoramente sentimental. Essa é a marca peculiar de cada poeta, a capacidade que tem de imprimir o que sente em palavras.
    Um abraço, ótima semana, se cuide.

    ResponderExcluir
  7. Que belíssimo 'pronunciamento' meu caro Felisberto! Desde quando 'alma e coração' têm regras para serem felizes? Ou, até mesmo para desabafarem-se? Oras... os 'muito regrados' que me desculpem, mas não vivem o melhor da vida - apenas VIVER!! Estou com você, "FELIZ"... e destaco: ..."Não me cobre explicações / O melhor de tudo é não entender"...
    Grande abraço,
    Célia

    ResponderExcluir
  8. Olá Feliz!
    Eu adoro sua poesia, por favor não mude nunca seu jeito coração de escrever, um abraço nosso em seu poético coração.

    ResponderExcluir
  9. Felis,
    Eu não sigo regras[métrica, rimas, versamentos] assim como você. E até já recebi também comentários sobre isso, tipo não usar colchetes para fazer um adento[dizia que fica feio]... Dane-se Felis, de regras estamos saturados, queremos é coração na poesia, genuinidade,e acima de tudo uma linguagem pura e que tenha acesso ao nosso entendimento.
    Você é um poeta e tem alma de poeta, e claro lê-te quem gostar da sua forma de expressão.
    Também ando devagar querido, fiz a cirurgia na coluna cervical e agora veio a dor na dorsal e lombar[a velhice castiga rsrs] e isso tem me maltratado um pouco. além de limitar meus comentários, mas sempre dou uma visitada e claro vc não fica de fora.
    Se joga meninooooo, deixa os versos fluirem tão lindamente assim!
    bjkas doces.

    ResponderExcluir
  10. Olá meu poeta lindo....
    cada coração tem um sentimento
    E cada pessoa pensa de um jeito
    A sua maneira de escrever é o que o
    seu sentimento nessa hora está...
    Então escreve o que quiser
    O que gostar
    O que sentir
    Que eu estarei aqui te aplaudindo
    Parabéns pela maneira carinhosa, que postou dando sua opinião
    espero que sua melhora seja rápida
    Bjuss com carinho
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  11. Amigo lindo,

    Tudo bem? Você é sensacional, diria a imensidão do oceano em palavras. Logo entendo que tem sabedoria e inspiração singulares. A voz do coração é o o seu valor.
    Amo os seu textos!

    Beijossss

    ResponderExcluir
  12. Felizão meu amigo!
    Eu acho que vc está correto. Vc tem a sua forma de escrever e escreve muito bem!
    Se tudo fossem regras não existira a criatividade, né não?

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  13. Querido Felis, um poeta não é aquele que escreve poemas onde as palavras rimam, mas os seus escritos produzem aquela magia única que só os poetas sabem descrever...

    E isso tu fazes e muito bem! ^^

    Espero que esteja tudo bem contigo!

    Abração grande e bom São João para ti e para os teus!

    ResponderExcluir
  14. Olá, amigo. Boa tarde! Vc é deveras especial no seus poemas. Admirável inspiração sempre! Não se preocupe com o que falam. Eu quero desejar paz e saúde a vc! Estimo melhoras... adoro tudo que escreves! Bjos e meu carinho.

    ResponderExcluir
  15. Oi Felis, concordo com a Cris Campos..."a poesia liberta".
    Os versos podem ser brancos, pretos, coloridos como o arco-iris, ou mesmo azuis;-).
    Continue nos brindando com poesias de qualquer cor.

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  16. merece um Pena de ouro com certeza meu amigo (IN) FELIZ... eis uma poeta com certeza, todos somos e em assim sendo copio aqui o convite que estou levando as ondas

    O tempo urge, o domingo corre, só agora terminei de aprontar a página para o 8º Pena de Ouro, são muitos Poetas e Poetisas das ondas a convidar, assim peço desculpa pelo SPAM e não parar em tua página para apreciá-la e comentar como de direito, MAS QUERO TE VÊ NA ILHA NESTE EVENTO, POR ISSO AQUI ESTOU... E lá te espero. Beijos no coração!!!
    Este é o link do Ostra
    http://ostra-da-poesia.blogspot.com.br/
    Todos que por aqui passarem sinta-se convidado!

    ResponderExcluir
  17. FeliS,vc foi muito elegante em seu post.Poesia não pode ser engaiolada,cada um tem seu jeito de escrever.Particularmente gosto das suas poesias porque me falam ao coração e isso é mais importante!Bjs e desejo melhoras na sua saude tb,

    ResponderExcluir
  18. Uau!! que maravilha de post!! rs
    Não liga não lindinho, tem muita
    gente recalcada
    Para mim suais poesias são beautiful!!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Olá, Felisberto
    Como é bom a gente encontrar outro com pensamento similar...
    O poeta se expressa muito mais com o coração do que pela lógica, certamente...
    Aprendi de um jeito mas a mão, mente e coração não me obedecem de jeito nenhum... mesmo que alguns dias estejam mais comportados... rs...
    Muito lindo o seu poema e poetar é chegar ao coração de quem lê, fazer sentir também a emoção por trás dos versos (para mim)...
    Seja feliz e abençoado!!!
    Bjs fraternos de paz e bem

    ResponderExcluir
  20. Nunca cambies tu esencia Junior, cada uno de nosotros es único e irrepetible y si estamos aquí es porque nos gusta disfrutar y compartir... no para mejorar o criticar el trabajo de un compañero.
    Te dejo un fuerte abrazo, bella noche!

    ResponderExcluir
  21. Boa Noite Amigo.
    Estou Orando Pelo Reestabelecimento De Sua Saúde.
    Se Precisar De Algo Que Eu Possa Ajudar, Estou Às Ordens.
    Quando Ao Poema; Concordo Contigo Em Nº, Genero E cº...
    Escrevo Poemas Desde Meus 10 Anos De Idade. Na Verdade,
    Aprendi A Ler E Escrever Sozinha, Aos 6 Anos E Já Nessa Época, Escrevia Versos.
    Claro Que Nunca Seguí Nenhuma Regra (Nem Sei Quais São!).
    Diário Poetizado (O Blogger), Surgiu Do Manuscrito Com Esse Título, Que É Composto
    Por 20 Capítulos,
    Onde Tenho Registrado Os Acontecimentos Em Forma De Versos, Frases, Pensamentos, Letras De Louvor, Orações,
    Letras De Músicas, Contos, Etc..., Mas, Sempre Tenho Em Mente,
    Que Ao Poeta É Dado O Dom,
    De Colocar Em Mensagem Escrita
    Ou Falada, Tudo Quanto
    Lhe Toca A Alma.
    Que Pena Que Alguns,
    Conseguem Estragar Até
    O Que É P'ra Dar Prazer.
    Quanto A Nós, Sigamos Com O Nosso Jeito De Ser, Pensar E Escrever, Pois Aos Nossos Pensamentos,
    Niguém Tem O Poder De Aprisionar,
    Robotizar Ou Controlar.
    Em Nossos Pensamentos,
    Somos Verdadeiramente Livres!
    Melhoras, Bjs, Z

    ResponderExcluir
  22. Ju, você está certo, cada um tem um jeito de escrever e isso deve ser respeitado... adorei a poesia do final e te desejo felicidades ao infinito sempre. beijos

    ResponderExcluir
  23. E nem se atreva a mudar, Felis. Seus embasamentos foram perfeitos. Abraços.

    ResponderExcluir
  24. (RISOSSSSSSSSSSSS )
    BOM DIA DE S.JOÃO MEU MENINO GRANDE!
    PRIMEIRO DO QUE TUDO DESEJO SAÚDE E PAZ !
    EU TBM ESTOU PRESTES A ME AUSENTAR POR UNS DIAS POR MOTIVO DE UMA CIRURGIA QUE VOU FAZER.MAIS DEIXAREI DITO LÁ NO MEU BLOG.
    LENDO TEU TEXTO,ENCONTRO RAZÕES PARA TE ADMIRAR MUITO MAIS ,POIS É ASSIM QUE CONSEGUIMOS ILUSTRAR NOSSA PERSONALIDADE ...
    BJSSSSSSSSSSSSSSS

    ResponderExcluir
  25. Felisberto gosto do seu jeito de escrever, suas poesias são lindas que encantam, muitos querem ensinar como fazer, mais estou com você, continue assim não mude o seu jeito de escrever. Felisberto tem post novo lá no blog se quiser dá uma conferida, fique com Deus beijos.
    http://lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/2013/06/criancas-segura-na-internet.html

    ResponderExcluir
  26. Adoro as suas palavras, interpretações e seu jeito de escrever!
    Bons exames e uma ótima semana!
    beijos

    ResponderExcluir
  27. Parceiro, ontem quando fui escrever meu post acerca das PARTICULARIDADES de cada blogueiro, tinha passado e lido seus posts (passei o fim de semana péssimo, na cama)e este me chamou a atenção por bater exatamente com o tema de minha última postagem e, portanto, acabei citando este exemplo, claro, sem citá-lo. Não temos mais tantos parceiros em comum, ao menos que comentem.
    O que percebo é que há muitos "especialistas" em tudo na web. Para falar de qualquer assunto (pasme, até poemas agora!) eles têm todos uns "argumentos prontos" e também seus alvos. E ao falar "alvos", não refiro-me a indiretas. Refiro-me a diretas de fato. Comentarista vai direto no alvo que quer acertar e na "tentativa" de agredir.
    É interessante observar o comportamento humano e, por este motivo, discuto mesmo assuntos acerca da blogosfera e virtualidades, é uma particularidade minha. Tal como é uma particularidade minha escrever o que eu quiser, é meu espaço e estou ciente, sendo o único autor do blogue, não são apenas os que gostam de meu trabalho que vão até lá. Há uns que vão apenas para contrariar, com argumentos bem "senso comum" em temas isolados, bem "generalizando o óbvio". Parecem raivosos (camuflados ou não), precisando descontar em alguém algo e por este motivo digo "alvo", porque percebo que em outros autores, que até podem ter atitudes semelhantes às minhas, estas mesmas pessoas se mostram amigáveis e hoje, vejo-me como em um post onde enumerei 3 blogueiros (as), um que não conheço e creio que tampouco me conhece e analisei como age, com opiniões dúbias em blogues parecidos.
    Precisamos de muita paciência e autocontrole e nem sempre estamos em um bom dia, também temos tantos (ou até mais) problemas que estas mesmas pessoas e acredito que não valha a pena dar mais feedback, explicando o que elas já sabem, não querem entender ou talvez, como não as vemos, estejam é divertindo-se às custas disto. Trolls não necessariamente precisam ser fakes. Há troll de cara exposta aos montes pelo que percebo.
    Vamos continuar com nossa essência, porque se está havendo críticas ferrenhas, é porque está funcionando.
    Abraço e tenha um bom dia.

    ResponderExcluir
  28. A vida é assim, um ciclo,
    uma viagem de trem e um incessante encontro e desencontro.
    Quem sabe seja por isso que ela é
    tão delicada e misteriosamente única e bela.
    Estou feliz por Deus me permitir
    estar visitando seu blog nessa viagem linda ,
    onde conheço tantos amigos e (as)entro em suas casas virtual
    e sou recebida com tanto carinho.
    Uma feliz semana minha doce e linda amizade.
    Beijos com todo carinho,,Evanir..
    Sua Amizade pra mim é tudo..
    Por isso sempre que puder estarei aqui no seu blog.

    ResponderExcluir
  29. Caro Felisberto

    Cada trabalho nosso tem de ser entendido como uma proposta. A vida é um jogo, em que nós temos o dever é de lutar connosco mesmo. Cada um segue o caminho para que mais sente apto. É essa base que nos deve guindar e tentar sempre, aproveitas o que se nos se nos pode adaptar.
    Eu aprecio o teu modo de abordagem. Por agora também apreciei o poema.
    Abraço de amizade

    ResponderExcluir
  30. Como adoro te visitar vim nessa segunda feira depois da bela lua cheia e brilhante desejar que sua semana seja assim sempre linda
    E tbém deixar meu coração aqui com vc
    Bjussss
    Rita!!
    ┊ ┊ ┊ ┊
    ┊ ┊ ┊ ♡゚
    ┊ ┊ ♡゚
    ┊ ♡゚

    ResponderExcluir
  31. Oi Felis
    Cada uma que parecem duas! kkkkkk. Eu comecei a gostar de poesia graças a vc meu querido amigo! Acho que vc não tem que mudar em nada, sinceramente, amo seus poemas. Ignore!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  32. Boa tarde amigo Felis!!!
    Saúde é o que te desejo em primeiro lugar.
    Para mim seus poemas, textos, são sempre ótimos. Gosto de ler, me sinto bem e minha imaginação adora!!!
    Continue assim, da sua maneira FELIZ!!!
    Feliz semana!!!
    Abraços...da Bia!!!

    ResponderExcluir
  33. Regras? Pra servem só pra estragar tudo kkk
    Vc é um artista e artista tem liberdade de criar...todo artista qdo cria algo novo é criticado, com o tempo passam a atender...o q seriam de muitos (escritores, pintores e etc) se tivessem dado ouvido a regras, afff. Isso mesmo siga seu instinto, sua mente , seu coração...Regras? Bahhh liberdade de expressão sempre! Forever!
    Bjs

    ResponderExcluir

  34. Oi Felisberto!
    Aqui vai tudo certo ^^
    Hein Como assim um mané qualquer aparece querendo te ensinar a escrever poesia? Desde quando para se escrever poesia é preciso de regras? Poesia é sentimento em palavras não precisa disso! E o mesmo valeria para a ordem narrativa ao se escrever uma história.
    Acho que isso advém de pessoa invejosa. Não ligue para esse tipo de opinião. Ocasionalmente vejo muito blogueiro passando por isso we fico até surpresa que eu nunca tenha passado por isso. @_@
    Vampire Knight é um romance com vampiros mas pelo menos há sangue nele e disputa real dos caras pela garota e não aquela coisa melosa de Crepúsculo u.u
    Valeu por curtir os cosplays! Alguns realmente mandam super bem!
    Eu agradeço por sua presença sempre no blog!
    bjs

    ResponderExcluir
  35. Felisberto ,

    Sua poesia não necessita regra alguma .
    Ela nos encanta e seduz , é o que importa .
    Muita saúde para você , amigo .
    Paz e pronto restabelecimento .
    Beijos

    ResponderExcluir
  36. Boa noite,
    que ousadia. Ha cada uno pendurado em torno da internet...
    Voce e um poeta que escreve de acordo com as regras do seu proprio coracao, nada mas.
    Ignorar palavras tolas.
    Se voce soubesse os e-mails que eu recebo... ja! Como dizemos por aqui: agua que no has de beber, deixa-la correr.
    Tenha uma noite magica.

    ResponderExcluir
  37. Ola meu querido amigo,se de alguma forma mudares teu personalizado estilo,teremos perdido todo encantamento e sedução que nos faz sempre voltar á este inteligente e precioso blog.Esperando teu pronto restabelecimento aqui deixo meu maior abraço.SU

    ResponderExcluir
  38. Olá Felis!
    Muito inteligente seu texto!
    Eu sou até suspeita pra comentar sobre isso, porque concordo em número, gênero e grau... Eu não sou contra estudarmos e até mesmo conhecermos melhor ''as regras''
    Eu ainda não recebi um comentário como esse... Ao contrário algumas pessoas me falam que eu tenho um jeito natural de escrever e gostam...
    Uma vez pedi a opinião de uma pessoa entendida em letras... E ela me disse: Você escreve com o coração, e deve apostar nisso.
    Então fica assim...
    Porque são os sentimentos que fluem do coração que trazem a emoção ao poema, poesia,etc...

    Gostei do poema também!

    Beijos de sua amiga Fê!

    ResponderExcluir
  39. Oi Felis

    És feliz pois, consegue passar felicidade com muita sensibilidade. E a poesia é assim, sem regras, inspiração que nasce a qualquer momento, tomando
    uma xícara de café com aroma de sol,vida e amor.
    Verdadeiro.Adorei.

    Muita luz para você.
    Um carinhoso abraço.

    ResponderExcluir

  40. Olá querido,

    O que me leva a gostar de um estilo poético não são as rimas ou a forma com que os versos são elaborados, mas a fácil comunicação entre as almas do escritor e do leitor. Gosto do que leio quando mergulho no texto ou nos versos e sinto o sentimento que ali foi externado.
    Gosto muito de sua maneira doce, simples e romântica de escrever.
    Quem não aprova determinada escrita não precisa lê-la e deve abster-se de comentá-la, por respeito. Há gosto e preferência para cada estilo. Gosto daqui, de seu estilo e de sua delicadeza.

    Estou passando não somente para ler sua postagem, mas também para dizer que precisarei me ausentar por alguns dias da blogosfera. Daí a minha futura ausência de seu espaço.

    Que tudo corra bem com os seus exames.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  41. Aiai, quantas vezes a gente ve o povo perder a oportunidade de ficar calado ne, por isso concordo tanto com aquela frase: "Se não tem algo bom para dizer, cale-te", rssss, vejo os escritos dos blogs como uma terapia e forma de praticar a escrita, compartilhar nossos sentimentos e pensamentos com quem se afina, com quem está interessado a ler, para aprender as técnicas e etc ou a gente pergunta a um expert, ou az um curso, ou vai no google mesmo, oras bolas, coisinha pequenina, mimimizinho mais que as vezes desanima ne, liga não é normal amigo, no meu blog tem umas pessoas que comentam só para criticar os assuntos abordados, então eu não entendo porque tá lá seguindo... eu tenho três blogs de assuntos e interesses diferentes, e que tenho certeza que alguns seguidores de um não estariam nem um pouco interessados nos posts do outro rss. E parabens novamente pelo poema,n cd vez que passo aqui fortalece minha crença de que um homem pode sim ser gentil e romântico. Um abraço carinhoso

    Paty Alves
    Ágape Amor Verdadeiro
    Patyiva
    Vou Conseguir

    ResponderExcluir
  42. Oi Felisberto! Está melhor, meu caro?
    Ninguém está livre de receber comentários inconvenientes. Eu os publico e respondo para que outros leiam e comentem também. É o tal de proselitismo, a intenção fascista de impor condições aos demais, além de sua forma de pensar, geralmente tacanha e ultrapassada.
    Você pode não ser totalmente livre porque a sociedade e a cultura sempre impõem condições aos seus elementos, porém não há nada que o impeça de pensar, de escrever o que pensa e da forma que quiser. Nesse ponto, sua liberdade é plena. O resto é pura inveja dos incompetentes.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  43. Minha querida

    Voltando (embora ainda devagar), mas com muitas saudades e agradecendo o carinho deixado durante a minha ausência.
    Desejo igualmente que se recupere rápidamente.
    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  44. Concordo consigo. Desde que não se ofenda ninguém, o poeta é livre de escrever os seus pensamentos da maneira que entender, sem se prender a formalidades e técnicas. Lembro-me das chamadas poesias visuais de E.M. Melo e Castro, de Mário Castrim, por exemplo.
    Fique bem.

    ResponderExcluir
  45. Meu amiguinho interessante, já pensei nisto; - será que a forma que escrevo meus poemas são certos? Daí cheguei a conclusão que o importante é conseguir passar o meu sentimento!
    Quanto aos comentários por e-mail no início eu também achava que os meus leitores não iriam ao meu blog para comentar. Hoje gosto quando recebo para ser avisada que tem post novo para comentar!
    Tenha um feliz fim de semana!
    Beijinhos...

    ResponderExcluir

Postar um comentário