Aquele encontro

Meus amigos já haviam tolerado demais as minhas tolices. Eu falava o tempo todo nela.
 Que quando a encontrasse pessoalmente, tudo seria diferente.

- Ela só existe na sua cabeça.

 Você fez idealização de uma situação,  de uma pessoa. A idealização  permite apenas uma visão parcial. E pára de falar nessa menina.

Mesmo assim,  muitas esperanças de conhecê la.  

Tinha a foto do perfil. Só  o seu nome. Amanda.  Quantos anos tinha.  E a cor dos olhos. E a família? Não conhecia. 
 Todas as perguntas foram feitas à ela, que as respondia sem muita convicção, sei lá, parecia que às vezes estava inventando. 

Os dias passaram  sem esquecê-la e sem abandonar a ideia de encontrá la pessoalmente.
Um dia  resolvi. E ela  prometeu  o encontro. Foi marcado o primeiro. Ela não veio. No outro dia veio desculpando-se e relatando um acidente sofrido por seu tio.
  - É coisa à toa- ela ficou sem graça -

Foi marcado, então, o segundo encontro. E, de novo, ela não apareceu.
Fiquei tão chateado. Não imaginava  que poderia ficar  desse jeito. 
Meus amigos dizem que sou assim mesmo, uma mistura de milagre com desastre. Vivendo de esperas, esperando a vida me dar o sorriso que mereço. 

E quando a prima faleceu, o meu 
 primo informou que o corpo havia sido levado para a cidade onde morava a família.  E assim, não estava podendo  ir ao enterro. O meu carro tinha quebrado.

Eu estava tentando arrumar o carro, quando  apareceu uma menina  no  portão.
- Que coisa chata! Seu carro está bem ruim mesmo!
Esperei, então, que a menina falasse a seu respeito. 
Na certa era uma nova vizinha.

-Não me reconheceu? Vim te ver...sou a Amanda.
Meu coração disparou...era ela!
-Resolvi encontrá-lo. Senti saudades e  ficou a recordação de uma pessoa especial. Agora, estou livre e desimpedida.

Não nos abraçamos, nem choramos.  

Mas, tudo ficava para trás agora.  
Aquele encontro, como que dividindo em duas partes, antes e depois...
 O virtual e o real...
  Imagem:Google
01,02 e 03/Julho/2013

Comentários

  1. Geralmente criamos tantas expectativas em conhecer uma pessoa cuja fisionomia a nossa imaginação já havia criada q qdo a encontramos, nos faltam palavras. Abçs, Felisberto e uma boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Muito legal, adorei a parte "uma mistura de milagre e desastre" kkk
    Um abraço
    Paty Alves

    ResponderExcluir
  3. Olá Felis!!

    Hoje estou passando descaradamente para fazer uma divulgação do meu livro "Patos" que disponibilizei gratuitamente e democraticamente para download e leitura on-line aqui no meu blog. Agradeço muito a quem puder ajudar com a divulgação!

    Desculpe a invasão e obrigado pela oportunidade!

    Abraços,

    Rafael

    ResponderExcluir
  4. que graça teria a vida se não fossem nossas tolices???

    ResponderExcluir
  5. Nossa Felis!
    Que história você engendrou para iniciar o mês de Julho amigo!
    Preciso confessar que fiquei desesperada no decorrer da leitura: uma ansiedade grande me perseguiu, pois, pensei que o final não seria tão especial como foi!
    E foi maravilhoso!!Adorei!!

    Ah, venho fazer um convite meu querido! Eu estava mais ausente nos últimos dias, porque estava preparando uma festinha de comemoração dos 2 anos do Vivendo a Vida bem Feliz!
    Você é meu convidado TOP e VIP, mais do que especial!
    Agradeço sempre o seu carinho e sua companhia!

    Um grande beijo e uma semana maravilhosa!! :)))))

    ResponderExcluir
  6. "Meus amigos me disseram que sou assim mesmo, uma mistura de milagre com desastre. Vivendo de esperas, esperanço a vida me dar o sorriso que mereço". Adorei essa parte. O final foi surpreendente!

    ResponderExcluir
  7. Oi Felis
    Adorei a estória e para completar com um final surpreendente.
    Bjux

    ResponderExcluir
  8. Lindo e nostálgico poema!
    Amo ler seus escritos.
    "Vivendo de esperas, esperando a vida me dar o sorriso que mereço."
    Um bj no seu coração!

    ResponderExcluir
  9. O Amor é complexo, mas é lindo,
    muito lindo! Quando ele .
    Acredite no Tempo, na Amizade,
    na Sabedoria, e principalmente no Amor.
    A verdadeira amizade supõe um pacto de fidelidade,
    uma capacidade de dar sem esperar resposta.
    Em nome desse amor , que estou aqui hoje.
    Um dia especial..especial de verdade.
    O aniversário da minha princesa(Lara)
    por isso venho convidar para uma visita no meu blog.
    Uma semana abençoada e na paz.
    Beijos no coração ,Evanir

    ResponderExcluir
  10. Olá,Felisberto!
    Qdo vc diz:" Vivendo de esperas, esperando a vida me dar o sorriso que mereço"!
    Entendo que:
    A vida é de conquistas e não de espera!
    Poema nostálgico!que nos faz crescer.
    Beijos no coração.
    Soninha.

    Tem post novo.

    ResponderExcluir
  11. Amei o final, Ju... às vezes só precisamos esperar o momento, pois ansiedade estraga tudo. beijos e linda semana.

    ResponderExcluir
  12. Meu poeta lido , essa mistura de milagre e desastre deixou tudo mais bonito..ainda bem que deu certo
    pq muitas vezes marcamos e nada....e quando mesmo se espera ....la está o sonho realizado
    Deixo um abraço de boa noite com bons sonhos
    Bjusss
    Rita!!!

    Cuide-se!!!!

    ResponderExcluir
  13. Mas quem não age assim, não é?? Adorei a história, queria mais. Beijos!!

    ResponderExcluir
  14. Olá querido amigo Felisberto.
    Que inspiração linda.
    Acho que de todos seus post, este é o que mais me encantou, sei que já disse isso em outro, mas este hoje esta no topo. Fiquei apaixonada pela historia. Eu acho que quando desistimos e deixamos de lado a ansiedade é onde tudo dá certo.
    Bom ainda bem que o carro quebrou não?
    Quanto mistura de milagre e desastre sou assim também... rs
    Uma linda semana e agradecendo o carinho de sempre.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Faltou dizer
    Que este mês de Julho te traga só coisinhas boas. Beijos

    ResponderExcluir
  16. O meio do texto já me deixou curioso pra saber o final, Felis. E, claro, gostei e muito! Muitas vezes a expectativa é muito maior do que a realidade em si. Abraços e boa semana!

    ResponderExcluir
  17. Modos diferentes de ver o amor.
    Umas vezes sonhamos e apenas idealizamos mas outras vezes encontramos e ficamos cegos de amor.

    Será doença ruim amar tanto alguém que muito queremos...???

    ResponderExcluir
  18. as vezes, só precisamos esperar..
    é bom idealizar e criar expectativas e sonhos, mas quando a vida vem com o inesperado, a sensação se torna bem melhor.
    Quem nunca entrou nesses dois mundos complexos do sentimento?
    abraços :*

    ResponderExcluir
  19. Caro Felisberto

    A Amanda estabeleceu o contraste entre o virtual e o real. No real a simbiose não aconteceu, o sonhado não foi o esperado.
    Por isso a capacidade de amar não morreu, há sempre que continuar até certar,
    por passares pelo meu espaço grato.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  20. Olá Felis! Muito interessante sua estória! Você realmente tem uma boa imaginação.
    Histórias virtuais, outro dia vi algumas no you tube.
    Teve uma que achei bem legal, eles ficaram se fando durante seis meses e depois se encontraram.
    Bem se acontecesse comigo, no encontro real a pessoa não ficaria decepcionada, porque sou muito transparente, sou na net a mesma pessoa que sou em qualquer outro lugar.

    Parabéns sempre! Seus textos são ótimos!

    Beijos de sua amiga Fê!

    ResponderExcluir
  21. Quem sabe o inicio de uma grande amizade?
    gostei :)
    beijos

    ResponderExcluir

  22. Tb acho q sou uma mistura de milagre com desastre kkkkk e a vida sempre nos da um sorriso q merecemos,viu só , qdo vc menos esperou aconteceu esse encontro inesperado.
    Adorei!!!
    Bjs, amigo!

    ResponderExcluir
  23. Seus textos sempre maravilhosos, me encantam!!!

    Abraços amigo!!!!

    ResponderExcluir
  24. Seus textos sempre maravilhosos, me encantam!!!

    Abraços amigo.

    ResponderExcluir
  25. Júnior,

    Essa coisa de marcar e não aparecer dá um aperto no peito da gente, coloca dúvidas e mais dúvidas... Mas quando é pra ser, é, independente das pedras no caminho. Nada como concretizar um encontro, dando inicio a novos horizontes! Gr. Bj.!

    ResponderExcluir
  26. Olá amigo Felis.

    Lindo texto, e ao mesmo tempo cheio de expectativa, espera-se naquele dia, na ansiedade a pessoa amada, mas muitas vezes deparamos no desencontro, e na vida tudo tem seu tempo, espero que você também tenha o tempo de refletir e tentar de novo.

    Belo texto amigo!

    Bjs no seu coração.

    ResponderExcluir
  27. Olá Felis,

    Uma foto de perfil não mostra o que está por detrás dela. Creio que qualquer encontro gera expectativa, mas não tão maior como entre pessoas que começam a se relacionar virtualmente. O resultado poderá ser uma desastre... ou não.
    No caso, o acaso colaborou para que o encontro ocorresse de maneira especial.

    Gostei muito.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  28. Oh! Felix!
    Gosto da tua criatividade e desenvoltura em prosa, aqui num conto.
    Mas e tem mesmo coisas que dão voltas e voltas até se resolver, e no que tange aos nossos sentimentos, parece que esses acontecimentos podem ser possíveis mesmo, e tantas e tantas histórias como esta que você contou, acontecem semelhantes na vida real? Ou seria na virtual? :)

    Beijos e ótimos dias!

    ResponderExcluir
  29. Ah! Melhorou da febre?
    E a gripe?
    Espero que você esteja recuperado!

    Beijão!

    ResponderExcluir

Postar um comentário