O vinho e o sangue

O tédio dos dias quentes seca-me os lábios. 
Sequiosos à espera de uma gota. Tenho sede. Estico a mão. O copo está meio vazio. Sorvo o vinho. O copo vazio. Deixo cair. Os estilhaços feriram-me a pele. Sorvo o sangue. Mistura de sangue e vinho na boca. Um sabor conhecido. O vinho e o sangue. Lembra a ti. Lembra teu sabor. Me arrepia os sentidos. Lembra a tua língua.Que passa na minha boca. Lembra as tuas pernas. Que me prendem. Lembra me a primeira vez... 

Postagem original 13/11/2012
►.◄

Disponibilizo meu Blog para divulgar o seu.

ClicAki

Dia 07/08/13, quarta feira,  o início. 


►.◄
Imagem:Google
01, 02 e 03/Agosto/2013

Comentários

Descer Página
  1. Bom dia, querido Felis!

    Como vai? Se Deus quiser, havemos de continuar esta caminhada/vida, parando aqui, olhando ali, mas caminhando.

    Sucinto, mas inebriante texto, com SABOR A VOCÊ.

    PARABÉNS, HOJE,PELO ANIVERSÁRIO DE SEU BLOG.

    Que ele continue, entre nós, de um jeito ou de outro.

    Um dia cheio de bênçãos.

    Beijo e abraço, com muitos sabores e cores, da Luz.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia!!!
    Vinho e sangue, que bonito meu poeta lindo, e que amor heim....com essas belas palavras vc encheu de encantos o que quiz dizer, é amor verdadeiro, e vc já sabe que como todos eu ameiii bjãoooo
    Abraços
    ----------RITA
    ✿*´*✿
    ....((•‿•)))
    ......./█╲¸✿
    ......_I.I_☆¯`:´¯ ✿

    ResponderExcluir
  3. oi, texto forte e intenso!
    Tenso, mas oa mesmo tempo ameno na paixão e nas lembranças embriagadas pelo torpor que o vinho dá...
    Tenso e profundo, nos devaneios de um sentimento aflorado na alma.
    Lindo isso!
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir
  4. Caro Felisberto

    O sabor do vinho e sangue ficou como marca, marca de uma data que poderá ser tudo - intensa ou escaldante. Dependente da maneira de ver de cada qual.
    Com agradecimentos e um abraço

    ResponderExcluir
  5. Adorei a intensidade do poema!
    adorei a divulgação, vou matutar por aqui, se sair algo te aviso :)
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Muito bonito! Parabéns pela decisão de ser blogueiro e obrigada! rsrs Escreves muito bem! Ganhou mais uma leitora! rs

    Bjs

    Http://pensamentosaoinvento.blogspot.com/

    http://mamaesbebesecia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Adorei isso! Lindo mesmo! Escreves muitíssimo bem! Parabéns pelo blog! Ganhou mais uma leitora!

    Bjs

    http://pensamentosaoinvento.blogspot.com/

    http://mamaesbebesecia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Uau hem esse foi forte....adorei!!!!!

    ResponderExcluir
  9. O vinho sempre lembrará a carne e o prazer. Abçs, caro Felisberto.

    ResponderExcluir
  10. Ola Felis, como esta!
    vino e sangue muito sensual poema, adorei. Especial e distinta, tem gosto de paixao tempestuosa... nao se, ela me embriaga.
    Querido, um grande abraco.

    ResponderExcluir
  11. Texto intenso,mas cheio de simplicidade. Parabéns!
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá Felisberto!
    Texto lindo e inspirador, esse mexe com os sentimentos, rsrs.
    Arrasou, parabéns!

    Abraços, sucessos sempre!

    ResponderExcluir
  13. O vinho e o sangue
    No corpo permanente
    Um deles conservante
    Só o vinho pode estar ausente.

    Boa noite e um abraço para você, amigo Felisberto Júnior.
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  14. Dois elementos que remetem a um momento único e intenso. Amei.
    Felis,
    Meu blog Palavresias não abre mais e já tentei de tudo para recuperá-lo, mas não consegui e portanto abri outro: http://apenaspalavresias.blogspot.com.br/, por favor adicione-o.
    Bjkas doces

    ResponderExcluir
  15. Oi Amigo Felis!

    Voltei a postar, mas com moderação, não adiantou sair, a força do querer escrever é mais forte, mesmo com problemas.

    Bom, agora vou te dizer: Sua poesia está muito sensual, cheia de lembranças, mas o tédio dá um nó no coração que fere a alma cheia de emoção, secando a saliva nos dias ensolarados.

    Bjs e uma ótima noite abençoada.

    ET. entrei no seu blog ontem, mas minha conexão está mt lenta, não deu para ver os seus escritos.

    Me conta, colocar o nome do blog no seu blog para divulgar.Tem que entrar ai.Bom vou fazer isso. Tchau

    ResponderExcluir
  16. Eita Felizão!
    Que texto esse hein!
    Muito misterioso e impactante. Gostei muito.
    Vc é mestre véio!
    Deveria fazer uma seleção de seus escritos e fazer um livro... Aliás, já passou da hora!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  17. Love this post!
    your blog is worthy of following!
    would you like to follow eachother?

    www.theunwrittenstyle.blogpsot.com

    ResponderExcluir
  18. Um texto intenso em lembranças de amor... amei o texto, Ju! beijinhos

    ResponderExcluir
  19. Oi, Felis...poema intenso e muito bem construído. Sempre a dualidade do amor...que embriaga, enternece, dá saudade, mas se cortar, causa dor. E ainda assim não se consegue viver sem ele. Um abraço!

    ResponderExcluir
  20. Oi, Felis...poema intenso e muito bem construído. Sempre a dualidade do amor...que embriaga, enternece, dá saudade, mas se cortar, causa dor. E ainda assim não se consegue viver sem ele. Um abraço!

    ResponderExcluir
  21. Estás muy inspirado Junior, preciosas letras impregnadas del mejor vino y la mejor piel!
    Abrazos miles, bella noche!

    ResponderExcluir
  22. Que lindo poema, Felis. Lindo e intenso, como bem disse a Bia. Abraços e boa quinta.

    ResponderExcluir
  23. Felix-Poeta!
    Poema pleno de imagens!

    Sabor de sangue e vinho, é de arrepiar. Gostei dessa mistura agridoce que é a própria vida e tudo que nela se constituem os afetos: o próprio amor.
    Gostei bastante!

    Beijos e ótimos dias!

    ResponderExcluir
  24. Concordo com a Ritinha... texto forte e intenso, lindo adorei.
    Parabens pelo niver do blog, vc merece ele é tão lindo quando vc.
    Bjoks da Ly
    www.coisasdamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Beba com moderação, pois as lembranças de determinados sabores nem sempre são boas... rsrsrsrs
    Abraços

    ResponderExcluir
  26. Oi Felis,

    Maravilhoso!!!! Uma construção perfeita. Vinho e sangue!
    Momento simbólico e com muita intensidade.
    Gosto muito do que escreve, foste galardoado com grande sabedoria e inteligência.
    Seus textos sempre me deixam pensativa...
    Daria um excelente livro seus escritos, se um dia publicar um... Não esqueça viuuuu! Quero adquirir um.

    Achei bacana essa iniciativa em divulgar blog.
    Deixo um grande beijo e desejo de uma ótima quinta.

    ResponderExcluir
  27. Ola,
    Quanto tempo!
    Aqui como sempre as palavras escorrem como mel.

    Lembrar a primeira vez é como viajar num sonho

    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Uaaau. De arrepiar esse texto caliente. A cena completamente imaginável e envolvente. Abraços.

    ResponderExcluir
  29. Vim conhecer seu cantinho e gostei muito. Quando puder venha conhecer os meus também.

    Crescimento Cristão - Maturidade & Blog Crescimento Cristão

    TENHO 2 GRUPOS DE DIVULGAÇÃO (UM EM CADA BLOG), VENHA FAZER PARTE :

    Entre Blogs Grupo de Divulgação

    Parceria Entre Blogs

    Bjs

    Cris

    ResponderExcluir
  30. Oi amigo, adorei o post, muito legal!
    Tenha uma ótima semana, abraços!

    ResponderExcluir
  31. Sangue e vinho, uma combinação bela de uma cor intensa que e o vermelho...me lembra paixão, morte, ambição, solidão...SAngue e vinho sabores fortes que ficam impregnados em nossos lábios e nos matam a sede de emoção...Sangue e vinho, tu sabes bem qual o melhor sabor, aquele que não amarga, mas te enfeitiça e te inebria...Sangue e vinho, uma bela combinação...Amei te ler aqui e como adoro vinho, fiquei com sede de beber, sorver mas sem sentir o medo de se machucar e depois, do sangue degustar...Bjos sabor vinho tinto suave...GOES!

    ResponderExcluir
  32. Olá Felisberto! Tudo bem?
    Lindo poema!
    Bj

    ResponderExcluir
  33. Oi Felis
    Passando atrasada para lhe desejar os parabéns pelos dois anos de blog. Vc é um encanto de pessoa, um amigo sincero, além de um grande poeta da blogosfera! Adorei o poema,como sempre!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  34. Olá Felis!

    Bom já li seu poema, estou lendo novamente.

    Ah, esqueci de dizer: Parabéns pelo aniversário do seu blog.


    Abraços com carinho e um feliz final de semana.

    ResponderExcluir
  35. Oi Amigo! Fiquei encantado com a mistura de vinho e sangue traduzida com tamanha perspicácia. As lembranças se misturam a um momento e elas vêm únicas e são tão concretas que nos transportam no tempo.
    Parabéns Poeta e um grande abraço!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Subir Página