Estou de volta

   
(...) saí sem fazer alarde e, dessa vez, não precisei nem acender a luz, apenas deixei o quarto cheio do meu cheiro.
Chovia, estava frio, mas mesmo assim vesti uma roupa quente e saí naquela hora.
Fi-lo sem hesitar. Experimentei mudar de rotina, pois confio no improviso e na casualidade.
Segui esperançoso.Abrindo espaço para lembranças novas.
   
Sei que em muitas horas nessa reta ficava tentando decifrar o que estava sentindo. 
  E resolvi contar a verdade só um pouco. Para mim mesmo. Nem precisei espalhar para o resto do mundo. 

۶"O tempo está passando, não deixe ela ir!” minha mente
sussurrava.
Então eu fui, fui atrás e tudo o que eu fiz foi em vão.
O tempo tinha passado, já a tinha deixado ir e a distância que tanto provoquei , veio bater na minha porta e tornou-se minha companheira.
Mas a vida continua e só preciso acreditar que os erros nos fazem acertar. 
Se errei foi porque acreditei que nem só de amor se vive uma relação .۶

Respirei fundo , me senti feliz por dentro, pois  consegui entender o que tinha ocorrido , então  aumentei o  ritmo de meus passos.
E quando a volta já era nítida,as lágrimas, disfarçadas pela chuva que escorria na minha  face, eram cada vez menos, sendo, com o passar do tempo, mais nenhuma.

E eu estou de volta,  dando um passo de cada vez,  para que se faça bem colorido e florido.  
Voltar é a   consequência  de  sair  da  zona de conforto. 
E    mudar  por dentro.
 Há coisas que quero lembrar e há coisas que agora não quero recordar, mas que um dia, irei.
Só não sei com que sentimentos.

Mesmo que seja tarde.
  A paz de sonhar...

Quando se escreve, se pensa não só no que escrever, mas também nos sentimentos provocadores desta escrita e  para que e/ou para quem escrever. O que procurei experimentar  foi esta função catártica que a palavra favorece.  E isso só veio comprovar que a alma de um escritor, realmente,  é  inexplicável , pois  se  existia um sentimento  desfilando na minha escrivaninha,  quando da edição dessa,    era somente a felicidade de estar retornando  à Blogosfera.
 
 Beijos e abraços!
◠‿◠
   Imagens: Google
  01 à 03/Dezembro/13

Comentários

Descer Página
  1. Bem-vindo de novo!
    Gostei particularmente do último parágrafo.
    Um excelente fim de semana

    ResponderExcluir
  2. PARA O AMIGO fELISBERTO jÚNIOR.
    Fim de semana prazenteiro!
    Amanhã vais estar mais suave
    Por não ser de nada aventureiro
    Nunca faço nada de muito grave
    Venho aqui com boas maneiras
    Não desejo ser impertinente
    Com as minhas brincadeiras
    Aqui estou educadamente.
    Porque está de volta
    Venho aqui para o receber
    Quem de correr gosta
    Com certeza vai vencer!
    Um abraço
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  3. Quando é preciso ir-se, o ímpeto do ato pode mascarar as vozes que acabam por tornarem-se sussurrantes despertando a urgência em serem ouvidas;feito isso, o caminho se duplica e se o caso requer a volta, esta, oferece um olhar renovado pelas paragens ao redor.

    Bem-vindo, sempre, amigo-poeta, Felis.Vivas à tua volta!
    Belo fim de semana.
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  4. Que bom que você voltou amigo Felis.
    Seja bem vindo!
    bjs
    Carmen Lúcia-mamymilu

    ResponderExcluir
  5. Oi, Felis!
    Bom tê-lo de volta... penso ser esse um grande mistério da blogosfera. Quem realmente gosta de escrever e interagir por aqui tende a períodos de afastamento necessário para um reencontro pessoal, mas volta, e sempre com saudade e com esse desejo enorme de fazer com que palavras ganhem vida.
    Sabe, Felis, não sei se o seu escrito conta o que viveu, mas me fez pensar em algo que disse pra minha mãe esses dias. Se eu vivesse o amor que eu quis há vinte anos atrás talvez não tivesse dado certo... talvez a minha imaturidade não soubesse como compreendê-lo o suficiente para saber como fazer dar certo. Não era amor que faltava, era experiência, entendimento, conhecimento.
    Hoje acho que o nosso amor é muito mais possível, porque ambos aprenderam a ver a vida de uma forma muito mais suave e focada no que realmente importa.
    E me faz pensar que só o caminhar nos faz compreender a caminhada.
    Gosto de você... é o tipo de pessoa que me deixa à vontade para falar, hahaha.
    Felicidades, querido.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  6. A vida é feita de idas e vindas, meu caro.

    ResponderExcluir
  7. e ele retorna com toda pompa e circunstância de sua sensibilidade ...

    "O tempo está passando, não deixe ela ir!”

    Sempre criar, recriar, inovar ....

    ResponderExcluir
  8. Felisberto, vez após outra é necessário fazermos ausentes!Os blogs nos consomem muito!Fim de ano e tantos afazeres.Mas no fim, acabamos voltando, pois a saudade é intensa.Amiguinho, passando para desejar-lhe um abençoado fim de semana.Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Como sempre arrasou nas palavras!!
    Eu realmente escrevo o que sinto,não sou escritora,mas as vezes consigo escrever algo que gosto!
    Mas tem pessoas como você nasceu para isso!Escrever belas palavras.
    Com simples frases escreve lindas histórias.
    Parabéns Junior.
    Boa noite,beijinhos.

    ResponderExcluir
  10. Caro Felisberto, "para quem é bom nunca é tarde". Ti o teu arrazoado com muita atenção e lembrei que vou fazer sete anos de blogger, apenas parei para férias que nunca foram mais de oito dias seguidos. Não sei parar, apenas diversificar, como tem e mais está a acontecer.
    Por isso digo: sê sempre bem vindo.
    Abraços de amizade

    ResponderExcluir
  11. Bom sábado e feliz domingo Felisberto.
    A vida nos leva e trás muitas coisas, cores e amores... a gente vai sobrevivendo... bola p frente...

    Beijos

    ResponderExcluir

  12. Oi querido,

    Que retorno inspiradíssimo! Para mim, sua ausência nem existiu, pois esteve presente no carinho da minha amizade.

    Gostei da citação de Clarissa Corrêa, pois reflete exatamente o que sinto quanto à importância de um gesto amigo, de um carinho ou de uma mão estendida, assim como da grandeza da gratidão.

    Lindo seu texto.
    Particularmente, acredito que só o amor não é o bastante para sustentar uma relação. É preciso um pouco mais, caso contrário o amor tende a esvair-se.

    Feliz com o seu retorno a este mundo viciante-rsrs.

    Belo final de semana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde, Junior. Pensei em tantas coisas quando comecei a ler, que sinceramente reli, uma vez que a minha concepção ia mudando conforme as linhas passadas.
    Tive a sensação de amor que ficou perdido, não mais atingível, a de uma maturidade que ansiamos e finalmente conseguimos encontrar, a da corajosa busca pela verdade e o encontro com a mesma, enfim, uma riqueza que verdadeiramente uma alma inspirada consegue elaborar.
    Na realidade o escritor passa uma mensagem, que necessariamente não é entendida do modo como ele quis dizer, é algo extremamente pessoal e plural.
    O seu retorno foi encantador!
    Esse mundo das palavras, das criações, é um encontro fabuloso conosco e com quem ou a situação que nos inspira.
    É sempre muito bom ser verdadeiro, recomeçar, mas sei que para isso tem que habitar em nós uma coragem que nem sempre temos, mas aos poucos, se quisermos, conseguiremos.
    Tudo é uma questão de degrau que precisam ser subidos, ainda que neste processo, voltemos várias vezes ao ponto de partida.
    Beijos na alma e parabéns!
    Tudo de bom!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  14. Boa noite amigo Felis!!!
    Bom tê-lo de volta e com ótimos textos sempre...
    ADORO!!!
    Feliz e Abençoado Final de Semana!!!
    Abraços...da Bia!!!

    ResponderExcluir
  15. Oba, taí novamente, hehehe!
    Gostei dessa frase: "Voltar é a consequência de sair da zona de conforto."
    Tem que ter coragem para arriscar ultrapassar essa zona, né... mas creio que essas experiências amplificam nossa existência como seres humanos que estão em busca de aperfeiçoamento... pois só ousando para aprender e crescer.
    Bom fim de semana, um abraço!!!

    ResponderExcluir
  16. Meu poeta lindo hj cada palavra soa de maneira diferente em meus ouvidos, estou triste, sem jeito de te elogiar, mas com a certeza que nossa amizade é sincera, deixo meu abraço e meu carinho de sempre

    Bjuss
    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  17. Bom dia Felisberto.
    Que bom o seu retorno.
    As vezes temos que ir fundo no nosso sentimento e das nossas atitudes, ir ate o fim,para que ao encerrar possamos começar de novo,o mesmo ou algo novo.
    Que esse més que se inicia só a paz,a alegria possam entrar no seu coração,mais se por ventura a tristeza entrar um pouquinho,não ligue,também faz parte da vida.
    Um lindo Dezembro com muitas alegrias.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  18. Silenciar é dar ouvidos a Deus, ir é encontrá-Lo sabendo que quando voltar Ele nunca saiu de onde vc estava. Seja bem vindo de volta, Felisberto. Abçs.

    ResponderExcluir
  19. Boa tarde amigo, como vai ? Tb estive sumido por uns tempos devido alguns problemas em família, mas aqui estou eu, no seu cantinho da paz e tranquilidade. Bem vindo novamente, a poesia precisa de você, e você, e muitos de nós precisamos de poesia para deixar nossas vidas mais alegres. Abraços e tudo de ótimo camarada.

    Dan.
    http://gagopoetico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá Felisberto!
    Então somos dois que estamos de volta. Realmente o seu texto passa muito entusiasmo, e eu estou precisando mais entusiasmo.
    Bj

    ResponderExcluir
  21. Sim, você conseguiu mesmo provocar uma catarse, uma intensidade de sentimentos com as palavras que estavam ali na tua escrivaninha e tão bem escolheu e reuniu!
    Paz e luz!

    ResponderExcluir
  22. Querido Feliz,

    Já pensei muitas vezes em parar com tudo nos blogs, tanta falta de tempo e extremo cansaço. Mas voces, amigos virtuais, tem sido presentes maravilhosos em minha vida.

    Voces adoçam quando o sabor está amargo.

    O que fiz foi reduzir o tempo e isso ajudou bastante, menos cobrança comigo mesma.

    Sinto voce um homem MUITO sensível.
    É atencioso, inteligente, capaz e parece apaixonado. Sim, apaixonado, sinto isso pelos seus escritos.

    A vida tem altos e baixos nas relações humanas. Eu tenho colocado meus sentimentos para fora atraves das poesias ou mesmo pensamentos. Encontrei uma maneira de falar e aliviar.

    Vá e volte sempre que precisar.
    Converse com seu eu.
    Ouça musica.
    Assista filmes leves que te façam apenas sorrir.

    E viva!

    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Olá Felis!

    Bem vindo, poeta amigo. Sempre feliz em te ler.
    A vida é mesmo assim repletas de saídas e chegadas.
    Você disse as palavras certas: “A vida continua e o que precisamos e acreditar que os erros nos fazem acertar.”Sempre que te leio me encontro por aqui. Obrigada pela leitura.
    Deixo um grande abraço e desejo de uma ótima semana!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  24. Boa noite Junior. É verdade tenho que guardar em meu coração o beijo que não cheguei dá!

    Obrigada amigo pelo carinho.E seu lindo comentário.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  25. Boa noite amigo Felis!!!
    Hoje venho com um comentário pronto ( que feio...)
    Mas é a pressa...sei que me entenderá...
    Provavelmente, nesta semana farei minha cirurgia, segunda fase do meu tratamento. Assim que o hospital me chamar, irei fazer meu último post, explicando mais detalhadamente. Mas já estou a passar pelos blogs amigos, me perdoem por este comentário idêntico em muitos outros blogs, mas o tempo está curto e não queria "sumir" sem me explicar, pois sei que nossa amizade é real. Então assim que estiver melhor voltarei a postar e fazer minhas visitinhas, que amo. Posso até voltar por aqui antes, pois se não for nesta terça dia 03/12 será sim dia 11/12. Mas quero que saiba que amo ser sua amiga e desde já agradeço o pensamento positivo e suas orações para minha total e perfeita cura.
    Deus nos abençoe sempre!!!
    Bjokas...da Bia!!!

    ResponderExcluir
  26. Voltou em grande estilo. O texto está repleto de sentimentos mesmo e isso ficou claro em cada palavra colocada. Abraços e boa semana!

    ResponderExcluir
  27. Bom dia amiga! Seja bem vindo novamente!
    A vida é cheia de altos e baixos indas e vindas. É errando que aprendemos os acertos.
    O importante é estarmos vivos p/ superar os desafios e vencê-los.

    Um grande beijo, feliz semana!

    ResponderExcluir
  28. Perdão amigo, coloquei amiga, rsrs.
    Quando fui consertar publiquei sem querer, rsrs.

    Bjs

    ResponderExcluir
  29. Já estava ficando com saudade das palavras que você melhor que ninguém sabe manusear, mas concordo que as vazes sair da zona de conforto, sair por ai é revigorante, nos da uma sensação única de liberdade, de que podemos ir muito, muito além e depois de um tempo a volta se torna mais que necessária, principalmente quando temos para onde voltar e quando alguém nos espera.
    Xero! tenha um lindo dia :)

    ResponderExcluir
  30. Sou suspeita em falar, pois adoro seus textos. Eles me dizem muitas coisas, me identifico em vários parágrafos e principalmente nas entrelinhas... lindo.

    Beijo e ótima semana

    ResponderExcluir
  31. Oi amigo, bem vindo de volta!
    Gostei muito do post.
    Tenha uma ótima semana, abraços.

    Ps: Gostei da segunda foto do post. Minha filha gosta muito de coisas sobre a Coreia, o Japão e a China!! rsrsrs

    ResponderExcluir
  32. Olá!!!, Deus seja contigo, tenha uma semana abençoada, amigo post maravilhoso amei o texto SUCESSO AMIGO.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderExcluir
  33. Olá Junior,boa noite.
    O seu comentário,é perfeito!
    O medo faz com que nós sofremos,sem necessidade.
    Hoje somos duas pessoas infeliz.
    Isso por não ter coragem de enfrentar,as maldades a inveja que fizeram tudo para nos afastar.
    Agradeço o seu carinho,a sua amizade.
    Uma ótima noite,cheia de paz.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  34. Oiii Felis, muito obrigada pela visita e pelo seu comentário... vc está certo a música q postei foi pelo fato de ter perdido tantas pessoas queridas neste ano... mas a morte faz parte da vida.

    beijo grande

    ResponderExcluir
  35. Oi! Sabe, tenho aprendido a também dar um passo de cada vez,a viver um dia de cada vez.Precisamos pensar no futuro: sim. Mas mais no presente,pois é de hj que o futuro é construído.
    Gosto muito de te ler.Parabéns!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Subir Página