Timidez

No começo da noite passada saí  sem rumo e sem direção. 
Na contramão do tempo, gosto de caminhar bem devagar,olhando tudo com atenção.
Reparei a luz das estrelas, o belo luar   e um cãozinho brincalhão.  
Foi na terceira rua por onde enveredei que vi uma bela moça caminhando   em minha direção.   

 Pensei em dizer olá, cumprimentá-la,  mas minha timidez me impediu. 
Ela andava um pouco e olhava para mim e, assim, ia se distanciando, mas sempre se voltando para mim.
Ao me afastar dali, levei comigo aquele rosto.
Talvez fosse o grande amor da minha vida que acabou de passar. 
Pode ser que nunca mais irei vê-la... 

... a princípio fiquei triste ; depois entrou me no coração uma singular felicidade,  íntima e insidiosa, pois  na exata sintonia , da exata fração de segundo, 
na timidez do não dito , senti no coração, o que eu sempre procurei...


Bela moça..."Meu coração grita, o que a minha timidez impediu de dizer": Aqui, começa a nossa história, juntos!



"a.d"
Mix de Prosa Poética
(...)
  ♪ ♫ When this two worlds
Quando esses dois mundos
Finally find the same way
Finalmente se encontrarem no mesmo caminho
We will apprise
Nós iremos tomar conhecimento
And maybe find the word truelove
E talvez encontrar a expressão amor verdadeiro
Certainly we will have found the world true love 
Certamente nós vamos encontrar o mundo do amor verdadeiro...  ♪ ♫ 
Música: Someone is there waiting for my song 
Alguém Está Lá Esperando Pela Minha Música
Ella Kudmi
Duração:2 min 13 s
Licença Padrão do Youtube

Comentários

  1. Não é preciso viver um amor para amar. Belo texto.
    Bom fim de semana, Felis.
    Beijos,
    Renata
    PS: Postei há 2 horas e não cai. Vc sabe o que é isso?

    ResponderExcluir
  2. as vezes prescisamos mudar nossa direção , quem sabe ai encontrar o grande amor da nossa vida , prescisamos dar um basta a nossa tímides ..essa que atrabalha esse nosso lado sentimental..!! vê se uma segunda vez você não a deixe escapolir rs,....beijinhos no coração poeta!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, querido Felis!
    Muitas vezes deixamos escapar algo valioso, mas o Divino, sabendo nossas limitações e nosso coração, voltará a lhe mostrar outras vezes e assim, aprendendo, até chegar o momento da luta entre a timidez e a coragem, o amor se instalará de vez. Oxalá!
    beijos cariocas

    ResponderExcluir
  4. Quando menos esperamos... encontros verdadeiros acontecem... Há sempre um retorno, por mais longo seja o caminho!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Meu poeta lindo , acho que se ela passou e vc não falou nada é pq não tinha que ser, muitas vezes pensamos....É nossa alma gêmea e ficamos felizes...mas o tempo mostra que não, então o que tem que ser será, nem precisamos procurar..mas é um texto valioso elogios meu amigo pelo belo que escreve.

    Abraços de sempre
    ღ(•‿•)ღ
    .._/█\_ ♡..Rita!!

    ResponderExcluir
  6. Instantes ditosos e também angustiantes.A batalha travada no íntimo rasga a emoção, fere o instinto, escancara a dúvida e magoa o coração.
    Poesia andante nos sentires e saberes da ocasião.

    Bela passagem.Doída constatação, Junior.
    Um abraço,
    Calu

    ResponderExcluir
  7. Olá Felis, boa tarde... Nossa, que belo texto (pra variar rs) Lindo, verdadeiro... é exatamente essa sensação de singular felicidade que nos faz lembrar como é bom viver :)
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Lindas palavras Felis,mas esses momentos de felicidades não podem
    fazer parte juntos à nossa timidez..
    Acabamos perdendo quem sabe um grande amor.
    bjs amigo e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  9. A VECES EL AMOR ES ASÍ. EXCELENTE TUS LETRAS.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  10. Felisberto , a troca no olhar ilumina fazendo brilhar nossa essência . Pena que muitas vezes a timidez nos impeça de ir ao encontro do outro . Muito bonito seu texto , como sempre . Bom final de semana . Beijos

    ResponderExcluir
  11. Felis, quantas vezes a timidez nos embota os sentidos em frente de mulher insinuante? Que se deixamos a felicidade passar? É por demais evidente que, quando uma mulher nos fixa, apenas precisa que encontremos o seu olhar e depois arranjar pretexto para lhe falar. Porém textos como o teu, são sempre interessantes. Fazem recordar.
    Grato pela anterior passagem.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  12. Gostei de ler, às vezes se perde momentos incríveis, ou até quem sabe a pessoa com quem se poderia viver um grande amor, ou romance, por timidez!
    Lindos versos que nos leva a sentir a magia de um olhar!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  13. Ah, lindo o vídeo, romântico, adoro esse romantismo leve!
    Mais beijos meu amigo!

    ResponderExcluir


  14. Existe un lugar donde todo es posible...
    Donde todo es verdadero, donde se siente paz,
    donde las flores tienen un aroma especial,
    y los abrazos van acompañados de una esencia diferente.

    Y en este lugar…
    ¡¡El corazón!!

    Es donde yo acojo al amigo que tiene la amabilidad,
    de pasar a visitarme y dejarme
    unas palabras salpicadas de cariño cada semana.

    Besos y abrazos multicolores en este domingo,
    para ese especial amigo hoy mañana y siempre!!

    Atte.
    María Del Carmen




    ResponderExcluir
  15. As pessolas tímidas sofrem muito mais. Pois é!
    Um lindo texto!
    Bom domingo

    ResponderExcluir
  16. São estes momentos que nos impulsionam para frente e fazem com que acreditemos no amor.
    Gostei muito meu amigo.
    Bom domingo, e beijinhos no Bigode.

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. Amigo querido
    as vezes temos que mudar o rumo da coisas. Como é bom reencontrar um amor. Amiga estou um pouco afastada devido um jeito que dei na coluna. Mais logo vou saber o que se passa. Depois do resultado do exame.Não aguento ficar muito tempo sentada doí de mais.Mais tento fazer uma visita aos amigos. Um beijinho no teu coração.
    Ana

    ResponderExcluir
  19. A timidez muitas vzs nos atrapalha,mas precisamos saber superá-la.No texto lindo realmente, ela poderia ser o grande amor, mas também poderia não ser.
    A timidez pode nos livrar de algumas situações indesejáveis. Quem sabe!!
    Tenha uma linda semana .Bjs

    ResponderExcluir
  20. Oi, Felis. Penso que o bojo da timidez é o medo de falar e receber rejeição. Para não correr o risco de perder o que eu pensava ser uma amizade,minha história de amor levou um nó devido ao silêncio de ambas as partes. Mas se a moça do conto for o grande amor do moço, um dia o destino a traz de volta. Um abraço!

    ResponderExcluir
  21. Se for pra ser se encontraram novamente. Belíssimo escrito.

    ResponderExcluir
  22. Olá querido Felis,

    Ficou bacana o mix de prosa poética.
    Lembro-me da primeira parte.
    A timidez é uma trava que nos tira a vivência de coisas importantes e até nos faz perder oportunidades que não voltam. Mas há coisas inexplicáveis na vida, principalmente quando relacionadas ao amor. Quando está escrito nas estrelas, ele acontece. Outras oportunidades surgem do nada, reaproximando o casal.

    Bela escolha da música. Muito gostosa de ouvir.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  23. A timidez pode impedir uma aproximação, mas não evita a magia do rápido encontro, nem o acordar dos sentimentos. O verde da esperança surge, radioso. Bjs.

    ResponderExcluir
  24. Nossa, me identifico tanto com esse texto que nem tenho o que comentar, Felis. rs Abraços!

    ResponderExcluir
  25. Pois é... a timidez que pode ser sintonia... Nunca tinha pensado assim. De qualquer forma, a vida é tão curta para a gente não se arriscar, né?...

    Beijos, Felix!

    ResponderExcluir

Postar um comentário