Parecia ser simples

Fico olhando de canto de olho desconfiado que não há argumentos convincentes para explicar o meu medo, a minha maneira de colocar barreiras, nada disposto a me comprometer, nem disposto a perder.
Acho até que  deveria apenas seguir os passos do meu pragmatismo,  que só cresceu comigo enquanto mantive distância  do amor .
Aquele em que as pernas tremem, as mãos suam, as palavras não saem ...

Mas de alguma forma, eu sabia que este momento chegaria.
Armazenado na minha mente já estava.
Somente que,  quando acontecia dentro de minha imaginação , tudo parecia ser  simples ...

É necessário determinada convicção para  que  algo mantenha a sua trajetória e é terrível quando descobrimos que  não estamos preparados. 
As pernas tremem, as mãos suam, as palavras não saem ... 

Obrigado,
ℱelisberto Junior

Comentários

  1. Bom dia
    Faz tempo que não nos encontramos e não é por nenhuma das descrições acima.
    Nenhuma razão justifica esta ansiedade. Podemos ser mais racionais e menos emocionais. Uma aproximação não quer dizer amor nem comprometimento.
    Fico muito feliz quando esses sintomas me acontecem.
    Sinto-me mais jovem, mais criativo e ... APAIXONADO...

    ResponderExcluir
  2. Cuando creemos que es sencillo, en realidad es cuando más difícil se nos presenta
    Un beso Felisberto

    ResponderExcluir
  3. Felis...eu adoro teus textos. Parabéns e obrigada por compartilhar. Beijos

    ResponderExcluir
  4. Nem sempre as coisas são na realidade como as imaginamos ... podem ser melhores ou piores ... só experenciando-as para saber ...

    Beijão

    ResponderExcluir
  5. Não tem propriamente a ver com o assunto do texto, mas lembrei-me logo do meu medo de andar de avião...
    Ótimo fim de semana, Felis.

    ResponderExcluir
  6. Meu poeta lindo quantas vezes nosso corpo treme
    só de ver, sentir olhar alguma coisa, e nem sempre estamos
    mesmo preparados, elogios da fanzoca aqui

    Deixo um frase pra vc bjusssss

    Quando aperta o coração falo com Deus.
    Meus sussurros, meu silêncio... Somente Deus saberá interpretar.

    Kelly Gomes

    Bom final de semana!

    ResponderExcluir
  7. "É necessário determinada convicção para que algo mantenha a sua trajetória"???
    Wow, bela frase...
    Uma boa consciência determina a convicção... leveza, permissão também...
    E isto tanto vale para o macrocosmo, como um ser humano, como também para uma simples partícula...afinal somos elas...

    ResponderExcluir
  8. Olá Felis!!
    Feliz 2015 pra ti, repleto de bençãos do Pai.
    Nossa fui a primeira a aparecer aqui em 2015!! Muito bom.
    Adorei o texto! Nem sempre é facil....
    Grande abraço e bj no coração.
    Sua amiga, Soninha.
    * Ah!!! tem post novo.Será muito bom ter sua visita!!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Felis!Boa Noite!
    É me expressei errado!!Quis dizer:Fui a primeira a aparecer aqui no seu post atual.
    O que não tem nada demais!rs!
    E qdo digo: tem post novo, é porque pode não estar sendo visualizado...só isso!
    E qto ao seu texto, nem sempre é tão simples....na realidade é complicado!
    Abrs!!Soninha. Feliz 2015

    ResponderExcluir
  10. JEJEJEJE, TOTALMENTE DE ACUERDO CONTIGO.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  11. Bom dia
    São as nossas indefinições que nos limitam e alimentam os medos .
    O amor existe e está vivo em cada passo e em cada olhar.
    Precisamos de nos soltar de tantos emaranhados e enredos
    Precisamos de caminhar e amando nos entregarmos

    ResponderExcluir
  12. =================================
    …Me gusta la gente que tiene personalidad.

    Me gusta la gente capaz de entender que el mayor error del ser humano, es intentar sacarse de la cabeza aquello que no sale del corazón.

    La sensibilidad, el coraje, la solidaridad, la bondad, el respeto, la tranquilidad, los valores, la alegría, la humildad, la fe, la felicidad, el tacto, la confianza, la esperanza, el agradecimiento, la sabiduría, los sueños, el arrepentimiento y el amor para los demás y propio son cosas fundamentales para llamarse GENTE.

    Con gente como ésa, me comprometo para lo que sea por el resto de mi vida, ya que por tenerlos junto a mí, me doy por bien retribuido.
    (Fragmento de “La Gente que me Gusta”- Mario Benedetti.)

    Espero que este año que recién comienza te ilumine con sus mejores luces, ese es mi deseo para vos.
    Un gran abrazo a la distancia.
    =================================

    ResponderExcluir
  13. Olá, Felis, como vai?
    Interessante texto... há pessoas que parecem ter receio de sentir o amor e todas essas sensações que o confirmam presente. Sinto tudo isso cada vez que sinto perto (fisica ou emocionalmente) do homem que eu amo, e numa intensidade tão grande que assusta mesmo às vezes, mas é tão bom, é o que nos faz sentir vivos, sentir que vale a pena viver com e por alguém... e por mais que bloquear esse sentimento pareça ser seguro, causa uma sensação de vazio que nada mais é capaz de preencher.
    De fato não é simples, mas é sem dúvida a melhor sensação do mundo!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  14. Olá, Felisberto!
    Tudo acontece primeiro na mente, na imaginação... e às vezes, imaginar torna a realidade mais difícil, dependendo do que imaginamos...
    Nossa, há quanto tempo não te visitava, ando muito ocupada...
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  15. Que ótimo texto, Felis! E quando isso acontece é perfeitamente normal que todas essas reações ocorram. E sempre tenebroso quando percebemos que não estamos preparados para enfrentar o medo. Independente do que seja. Abraços.

    ResponderExcluir
  16. Oi meu querido e intenso poeta!
    Feliz 2015, uhuuuuu!
    Como está? Correu tudo bem nas festas de fim e início de ano?
    Creio que sim, pois retornou mais inspirado do que nunca!

    Sabe, eu que estou mais em ritmo de tartaruguinha e só agora estou voltando ao convívio dos amigos na blogosfera, mas ainda em ritmo muito lento mesmo...hehehe
    E talvez eu dê mais escapadelas ao longo deste ano, pois é bom ficar um período descansando quando a criatividade se esvai e aquele "brilho no olho" em escrever e postar se perde...Então, por isso, estarei mais ausente, mas sempre presente...rsrs
    Não dá para entender não é? rsrs Mas aposto que você compreendeu bem amigo! ;)))

    Bem, e for falar em brilho nos olhos, você não perdeu a intensidade em poetizar!
    Lindo o seu trabalho.. Eu adorei ver, faz tempo que não lia algo que fazia tremer as pernas e que tocasse o coração! Adoro textos singelos assim! Incentiva o prosseguimento em uma grande conquista! Obrigada! ;)

    E também não posso deixar de mencionar a novidade do macaquinho com o fone de ouvido anunciando a playlist! Nossa, cheguei nela rapidinho! Adorei a inovação, pois bem sabe que quando aqui chego, a primeira coisa é clicar no "play" e viajar nas canções que você escolhe sempre com tanto esmero!

    Chego bem e saio cantarolando, feliz da vida! Amo Sky full of Stars!! UHUUUUUUUUU!
    Linda tarde e maravilhosa semana Felis!!
    Beijos e vamos que vamos, cantarolando...rsrs

    ResponderExcluir
  17. Olá, amigo Felis
    O olho no o lho deixa a gente desconcertado e precisa ser verdadeiro para que tudo aconteça naturalmente...
    Bjs festivos de 2015

    ResponderExcluir
  18. Um belo poema amigo realmente
    é mesmo assim a beleza da paixão.
    Mãos suadas pernas bambas e pesadas coração dispara enfim amigo poeta saudades para a eternidade.
    Estou aqui para deixar um beijo espero de coração que seu ano novo esta sendo tudo de bom.
    Beijos.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  19. rss, é como se fosse o primeiro amor, coberto de timidez, não? Mas nem sempre acontece conforme imaginamos, daí os imprevistos, as mãos suam, a voz sai fraca, as pernas bambam...
    Lindo, reportei-me à minha adolescência, apesar de isso acontecer, também, na maturidade, Enfim, as inseguranças dos primeiros encontros não têm idade!
    Bjus, Felis.

    ResponderExcluir
  20. Olá caro Felisberto, gostei do texto, das palavras, dos entimentos e emoções ali expostos...gosto também do comentário da blogueira e amiga Tais, tive essa impressão, por mais pragmaticos ou racionais que sejamos, dúvido quem resista passivamente ao amor...e fatalmente os imprevistos, as mãos suando, a voz, cadê a voz rs...que este post represente a felcidade para ti amigo Felisberto.
    ps. Carinho respeito e abraço.

    ResponderExcluir
  21. Olá kirido,

    Nossa imaginação é fértil e nela tudo parece possível e simples. A realidade, porém, costuma surpreender, principalmente diante do amor. Pode pintar insegurança, emoção ou outros fatores que levam à desestruturação emocional, provocando reações inesperadas, como o 'tremer nas bases'. Sei bem como é-rsrs.
    Muitos se fecham no amor por medo de se frustrarem, mas esse mecanismo de defesa um dia cai fatalmente por terra, pois é difícil passar pela vida sem deparar com esse lindo sentimento. Aliás, a vida sem ele não teria graça.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  22. Bom dia, Felisberto seu poema é belo, pois nos coloca a realidade de quando estamos tímidos, a mão sua,o coração bate forte e aí,vem a sensação mais gostosa do mundo....Quem não sentiu um dia, algo parecido? Lindo!Grande abraço!

    ResponderExcluir

Postar um comentário