A realidade, uma ficção Parte 1

"Era uma vez em um lugar muito..."

Esperem, eu já ia me esquecendo de agradecer...apesar  que 
não teve jeito :  o Carnaval não foi cancelado e nem pensaram na hipótese do Desfile não ser realizado...  nada, contudo, reduz a boa intenção  e o apoio de São Pedro para comigo , pois choveu forte e bastante , para ao menos amenizar um pouco o forte calor e um pouquinho a falta de água na cidade de São Paulo!

Porém, decidi que  vou sair de meu  esconderijo, mesmo com a prevalência do Carnaval em todas as mídias .
Por isso,  nesse décimo sétimo dia do segundo mês de 2015,    ano
que parece que ainda não começou para valer - para mim, lógico -  estou aqui no Blog,  

É uma postagem antiga, que de tantas alterações formais, de redação e principalmente de conteúdo , ficou muito longa.
- Conclusão: é mais fácil começar do zero do que trabalhar em cima de uma ideia pronta -.

Estou dividindo em 6 Partes.

♪♫Marque o dia em sua agenda para mim ♪♫
 Sábado, Quarta, Sábado ,  Quarta e Sábado.



Parte 1

O ano de 2014 estava terminando!

Emprego - eu e a empresa,  sepa­ra­ção abso­luta , fui demitido pela empresa!
Namoro - eu e a namorada , sepa­ra­ção abso­luta e defi­ni­tiva, fui traído pela namorada!
Carro - eu e o carro, separados, olhei para lá, olhei para cá, olhei em volta, olhei errado, errei tudo, bati !

E assim estava a vida . 
Um pouco decepcionante para mim.
De alguma forma, dizem que algo de bom sempre acontece antes de chegarmos no pior ponto.

 Morando em uma cidade praiana, Santos ,São Paulo,  resolvi passar a virada do ano  na cidade das serras e cachoeiras,  Carrancas, Minas Gerais.  O nome foi dado pelos bandeirantes que   viram em   duas grandes pedras, as fisionomias exatas de duas caras, daí Carrancas.
Com o dinheiro da minha demissão comprei passagens, ida e volta de avião  até Belo Horizonte  e de  lá, resolveria como fazer para chegar em Carrancas.

Arrumei as malas, ajeitei tudo de forma organizada  conforme as dicas do Manual de como organizar uma mala ,  beijei as fotos de meus familiares que estavam na mala,  fechei totalmente a mala e ouvi da mala:
-Miau! Miau?
Retirei o gato de dentro da mala , fechei novamente e rumei para o aeroporto.

(continua  ...)




Obrigado,
ℱelisberto N. Junior

Comentários

Descer Página
  1. Olá Feliz,você sempre nos surpreendendo,vou esperar a continuação,de todos os acontecimentos,espero que seja com um final feliz.
    bjs
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  2. Olá Felis, tudo bom?
    Passando para lhe desejar, boa terça-feira de carnaval. As vezes a nossa vida, dá uma virada, mas acredito que nada é por acaso. GrAnDe BeIJO

    ResponderExcluir
  3. super lovely blog! ;)

    xoxoo
    astorytohear.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde Felisberto.
    Vou confessar sempre costumo ler e procurar entender direto a postagem , para depois deixar qualquer comentários, por isso só respondo com tempo os comentários deixados e visito os amigos que não me visitam mais que eu gosto muito rsrs. Mas não sei se realmente entendi o que li, fiquei em ser fictício ou real, mas se for real meu amigo eu lhe desejo força , pois se 2014 teve perdas, 2015 esta ai para conquistar seus sonhos, nunca desista de lutar pelas coisas que almeja.
    Um lindo dia.
    Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  5. thank you for visiting,
    really cool blog and I love it!
    keep up the great work and I'm definitely waiting for your next post :)

    xooxoo
    astorytohear.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Nossa Felisberto, e eu que pensava que nesse Brasil, eu era a única a detestar ( e me desculpe se a palavra não for essa em seu caso, pois é no meu, e como dizem o leão julga pela sua condição...) o carnaval especialmente sendo eu daqui de Recife, onde parece que todo mundo é obrigado a ver e amar o carnaval.
    Gostei do conto, amo contos e historias reais e fictícios também, portanto vou acompanhar. Sois mesmo de Santos?!
    Conheço uma família maravilhosa de lá, e qualquer dia desses ainda dou uma chegadinha por essa baixada para matar as saudades!...
    Bjkas

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Caraca! fiquei super curioso com esta sequência ... conheço Carrancas ... vamos ver ... não vou adiantar nada ainda ...

    ResponderExcluir
  8. Meu poeta lindo quero saber como foi
    essa viagem porque quem ficou com cara de
    carranca agora foi eu kkkkkkk

    Bjusss meu amor vorrto aqui pra ver o final

    Rita

    ResponderExcluir
  9. Olá meus amigos.

    Parabéns pelo belo trabalho neste seu site.
    Já tornei-me vosso seguidor. Aproveitamos a oportunidade
    Para compartilhar também com vocês o nosso blog.
    Ficaremos felizes por vossa visita e mais ainda se seguir-nos.

    Atenciosamente

    Josiel Dias
    http://josiel-dias.blogspot.com
    Rio de Janeiro
    Brazil

    ResponderExcluir
  10. Olá meu amigo kirido,

    Saiu do esconderijo em pleno Carnaval?
    Você sabe que o ano comercial por aqui só começa efetivamente após a festa do Rei Momo. Ainda bem que esse ano o Carnaval chegou mais cedo e enquanto ainda há água, mesmo que racionada.
    Maneira trágica de terminar um ano... (sem emprego, sem namorada e com o carro batido). Não seria o cúmulo do azar?
    Não conheço Carrancas, apesar de ser mineira, mas você acaba de me oferecer uma opção de passeio. Dizem que é uma cidade privilegiada pela natureza.
    Que pelo menos a virada do ano em Carrancas tenha sido compensadora. Aguardemos!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  11. Que coisa corajosa, perder o emprego e usar o dinheiro da demissão para viajar...realmente admirável, é apostar no novo, virar a página, viver sem bagagens pesadas, viver mesmo, e não apenas sobreviver, aproveitando as separações e os finais que a vida nos coloca para iniciar uma fase totalmente nova...
    Um grande abraço, que seja um ótimo ano pra todos nós!

    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  12. Dizem que quando menos esperamos a nossa vida da uma guinada, muda de uma hora pra outra. As vezes o que parece um fim é um começo.
    Bj

    ResponderExcluir
  13. Oi, Felis!!Ir para a calmaria sempre nos faz bem.Fico aqui esperando a continuação.Tenha lindos dias.Abraços!!

    ResponderExcluir
  14. Fico à espera da continuação. Coitado do gato que já ia fechado na mala.
    Uma grande mudança de vida para o narrador...
    Um forte abraço, Felis.

    ResponderExcluir
  15. Coitado, de uma tacada só, emprego, namorada e carro, deu peninha, por isso estou ansioso por esta viajem, que mais pode acontecer...aguardo Felisberto.
    ps.carinho respeito e abraço.

    ResponderExcluir
  16. rsrs quero ver a continuação...
    E acredito sim que quando vivemos situações ruins seguidas, o bom chegará em breve. Não podemos desanimar e nem deixar de acreditar.
    Fique com Deus.
    Abração e ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  17. Eu adoro o Carnaval porque é feriado, todo mundo que eu amo vem ficar perto de mim. Nem ligo pros desfiles, prás festas, desligo totalmente de todas essas bobagens. Adoraria que tivesse Carnaval todo mês, fim de semana estendido... é só não ligar a TV nem se importar com o mundo...

    ResponderExcluir
  18. Emprego? Todas - mas todas mesmo - as vezes que isso aconteceu na minha vida, foi prá melhor. A gente não percebe, mas a vida vai fazendo mudanças na nossa trajetória - a gente quer permanecer, mas a vida quer evoluir, então acontecem as mudanças.

    Namorada? Se ela te traiu, sorte tua. Agora é outro que tem que conviver com essa figurinha. Aconteceu com a minha filha, ela sofreu muito. Até escrevi um texto prá consolar ela - quem sabe te ajuda:

    http://arosanajanela.blogspot.com.br/2014/07/o-tecelao.html

    A vida é assim mesmo - tem dias bons e ruins, como na música do desenho do Robin Hood. Vai vivendo que melhora, se Deus quiser.

    ResponderExcluir
  19. Nossa, Felis, a história não começou mt fácil, não, hein. Gostei desta primeira parte. Claro que lerei as demais. Abçs e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  20. Oi, Felis! Poxa, se com esse momento a vida estava "um pouco decepcionante para mim", é sinal de que o personagem é beeem positivo, kkk! Ótima ideia viajar em meio a esse contexto, para desanuviar... ri muito com o gato na mala, kkk.
    E sabe que tenho costume de ler matérias que ensinam como arrumar malas, kkkk, até parece que viajo muito, mesmo!
    Abraço!

    Ps: também agradeci bastante a refrescada que deu no Carnaval!

    ResponderExcluir
  21. Felis, amando essa novidade de ler um conto seu em sequência!!
    E sabe o que mais gostei na parte 1? O momento que você ouviu o miau dentro da mala...hahahaha Tomara que não seja o Bigode...
    Aliás, se fosse, ele estaria visitando uma cidade mineira muito hospitaleira ..hihihi
    Agora me permita, estou indo para a parte 2...hehehe
    Beijinhos poeta!! :)))))

    ResponderExcluir
  22. A vida pode nos parecer por alguns momentos como decepcionante, mas isto é tão somente nossa visão de momento ... a realidade nunca é frustante pois ela é o q é ... devemos aprender a entender este aspecto da vida e assim podermos nos atirar em seus braços sem maiores interrogações ...

    Beijão

    ResponderExcluir
  23. Boa tarde Felisberto!

    Ha coisas é momentos, que precisa deixar ir, para que as melhores cheguem.
    Um beijo!
    Irei ler os outros capítulos.
    ótima semana, e ótimo mês de março!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Subir Página