Tão simples

Estaciono na janela , desço os olhos e atravesso a rua em direção ao horizonte.
Está tudo tão calmo. Tão fresco. Tão simples.

 O sol ainda não acordou o suficiente para aquecer o chão de forma dourada, mas há uma brisa, que, lentamente, faz as folhas se moverem, em ordem, simplesmente, todas na mesma direção.

E quando o sol bate na janela , de mãos dadas com os pensamentos que me ocupam a mente, entro em um estado de transe, que logo me envolve e me leva ao passado como se tudo fosse real novamente. 

Tudo reaparece para me mostrar que os momentos intensos de amor jamais desaparecerão de minha vida.

Não sei se sinto saudade, talvez queira chorar ou dar um leve sorriso.
Mas a verdade é que tudo isso não passa de uma lembrança que veio como uma brisa para sussurrar as letras
do teu nome, simplesmente.

  Gosto de estar ali, gosto de continuar ali, na simplicidade extrema que é o de acordar ,  estacionar  e observar 
o sol bater na janela...

...talvez um dia seja tudo o resto mais simples do que isso!


tudo o resto
Repaginada"...ficção, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência "ou não...

Obrigado,
ℱelisberto N. Junior

Comentários

  1. Momento lindo e faz bem acordar e observar a vida lá fora...Ainda mais com raios de sol! abração, lindo fds! chica

    ResponderExcluir
  2. Lembranças sempre vão permanecer...

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  3. A vida é SIMPLES e se vivermos a SIMPLICIDADE tudo será mais fácil.

    Bom fim de semana querido ...

    ResponderExcluir
  4. Achei os versos muito serenos.
    Bom fim de semana

    ResponderExcluir
  5. Que texto maravilhoso !!

    "Não sei se sinto saudade, talvez queira chorar ou dar um leve sorriso.
    Mas a verdade é que tudo isso não passa de uma lembrança que veio como uma brisa para sussurrar as letras
    do teu nome, simplesmente."

    http://www.1001julietas.com

    ResponderExcluir
  6. Ehh cheguei, primeiro pensei q estava em outro blog, mas aí vi que ñ ehehehe.
    Felis, q bom q voltou, que seus dias sejam belos e de muita paz!
    Seu dom só se aprimora, lindo texto. Abçs e ótimo fim de semana :)

    ResponderExcluir
  7. Texto lindo, momento lindo.
    Gostei bastante.

    ResponderExcluir
  8. Oii, Felis, simples é observar o sol na janela,não é tão simples as lembranças do vivido, as vezes queremos chorar
    texto maravilhoso e lindo como o blogueiro ( comprometido,hahaha)
    xauzinho e beijinho

    ResponderExcluir
  9. Boa noite Felisberto.
    Tão lindo, tão sereno as suas palavras, que fiquei a sentir essa abençoada sensação do amanhecer e olhar para o sol com essa imensa paz. Lembranças sempre estarão presentes, e quando nós traz o sentimento do amor, acho que são bem vindas. Um lindo final de semana com momentos assim de total plenitude. Enorme abraço meu amigo.

    ResponderExcluir
  10. Olá kirido,

    Momentos intensos de amor nunca serão esquecidos, bastando simples detalhes para os trazerem de volta à lembrança. Ainda que não
    despertem saudade, no sentido de repeti-los, tocarão em nossas emoções, seja para provocarem uma lágrima ou um sorriso.
    "... tudo isso não passa de uma lembrança que veio como uma brisa para sussurrar as letras do teu nome, simplesmente".
    SIMPLESMENTE LINDO, HAMIGO!

    Excelente final de semana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  11. Me emocionei lendo, Felis. Tenha um ótimo fim de semana! Abraços!

    ResponderExcluir
  12. Coisa linda, moço! Fiquei arrepiada.
    Beijo e bom fim de semana!
    Renata

    ResponderExcluir
  13. ˜Tudo reaparece para me mostrar que os momentos intensos de amor jamais desaparecerão de minha vida.˜

    Tao delicado que dói.

    abraco forte. e beijoss!!

    ResponderExcluir
  14. Instantes belos na observação do fora e do que ele traz ao dentro. O sussurro da brisa nos transmite o que desejamos ouvir. Um nome! Aquele que a lembrança guarda com carinho. Muito terno! Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Observar
    Se encantar, questionar...
    Ver além
    Simples e transformador

    ResponderExcluir
  16. Tempo de parar e deixar os nossos olhos viajarem para la do pôr do Sol ou das ruas cercadas de casas e de jardins.

    ResponderExcluir

Postar um comentário