Metade

(...)
aproximadamente seis horas  da manhã. 
Fiquei deitado decidindo se deveria me levantar ou esperar até que pegasse no sono novamente. 
Metade de mim era sonho, a outra metade era sono.
E fui surpreendido repentinamente pelo som agudo irritante do celular. 
Dei um toque desligando-o sem ao menos olhá-lo direito. 
Olhei o relógio novamente. 
Sete horas.
Mais um dia de muito trabalho. 
Dei um suspiro enquanto me levantava da cama e andava preguiçosamente até a porta do guarda roupa , 
vesti-me, peguei meu notebook e celular, desci as escadas e me arrastei até a cozinha.
Enchi uma xícara de café e sentei no balcão, bebendo vagarosamente.
Ajeitei o cabelo com a ponta dos dedos.
Mordi os lábios e pensei na vida. 

- Metade de mim é cansaço,  a outra metade precisa descansar . 

 Resolvi   *dar o cano no emprego e ir ao bar  tomar umas cervejas com os amigos. 
Lá, passaram-se muitas horas, metade  com algumas  caixas de cervejas , a outra metade com  muitas risadas, quando  fui surpreendido pelo som estridente do celular. 

Era Amanda: 
-Metade de mim está chateada , a outra metade irada. 
Liguei para te acordar e você não atendeu, passei no escritório  e você não estava lá, onde você se meteu?"

-"Môzinho, lembra-se da joalheria onde você viu um anel cravejado de diamantes e se apaixonou por ele, e que eu não tinha dinheiro no momento e disse: 
"Mô, um dia será seu"?

Com tom de  voz metade um pouco envergonhada , a outra metade com um sorriso de orelha a orelha, ela respondeu: 
-"Sim, meu amor. Claro que me lembro. "

-"Pois bem, eu estou no bar, com meus amigos, ao lado daquela joalheria"!

Metade de mim está  com um olho bom , a outra metade...
    *dar o cano: faltar, nizar, sacanear .

Metade de mim não é o autor da "ideia" da piada, a outra metade é o autor da ficção,

Obrigado,
ℱelisberto N. Junior

Comentários

Descer Página
  1. Ai ai ai, rsrs, eu pensei que estavas comprando o anel, imagino o final, um olho bom e o outro...rsrs!
    Gostei, deu para rir, bom humor é tudo de bom!
    Ah, as metades, boa metade a que deu a ideia da ficção bem humorada!
    Abraços, amigo Felisberto, muito bom te ler!

    ResponderExcluir
  2. Oi Felis pensei como comprou o anel se estava no bar, hahahaha, para o olho roxo uma compressa de água fria e depois uma compressa de água morna hahaha, você tem um talento e criatividade d+ e de tão bem que você brinca com as palavras,seja em poemas, contos nem sei mais como te parabenizar fã sempre fã beijinho xauzinho

    ResponderExcluir
  3. aaaaaaaaaaaa metade de mim precisa de mais café, a outra metade também!

    ResponderExcluir
  4. Metade de mim deu boas risadas, metade de mim acompanhou atentamente. Mas ambas as metades amaram.
    Beijo*

    ResponderExcluir
  5. Oi...boa noite querido poeta.
    Metade de mim ta rindo muito, a outra metade franze a testa pensativa...talvez amanha falte na escola tbm...pq metade de mim ama a profissão, mas a outra metade quer sair da rotina...bjos obrigado por me fazer rir 😉😂

    ResponderExcluir
  6. Boa noite, Felix!
    rs.. só rindo! E pensar que tem mulher que se vende por qualquer desculpa que lhe convenha...
    Muito bem escrito seu conto!
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  7. Boa noite, Feliz
    Gostei do humor! Dei boas risadas!
    Abraços,💋💗

    ResponderExcluir
  8. rssssssss...Ele vai chegar em casa e terá metade viva e metade cheia de chapuletadas,rs Adorei! abraços, chica

    ResponderExcluir
  9. Oi Felis,você me fez rir,pois muitas mulheres acreditam,mas ficam com um pé atrás pensativas e sabem quando o homem diz a verdade.
    Adorei.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  10. kkk, gostei ri muito.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  11. Meu querido Felisberto, que leitura agradável, bem construída e leve, já te falei que escreves bem demais ? Ora assim, ora assado, assim nossa vida é feita, a todo instante são escolhas e consequências. Por vezes se tem vontade disso mesmo, hoje poderia dormir o dia todo, me atrasei um pouco, mas fui trabalhar, não poderia, as consequências não seriam nada agradáveis rs...gostei da coragem de decisão do personagem e ri das consequências. Uma piada muito bem reescrita, com status de conto, criativo e bem humorado. Sempre bom estar por aqui.
    ps. Carinho respeito e abraço.

    ResponderExcluir
  12. Olá Felisberto!
    Metade de mim gostou de ler esta bela escrita outra metade adorou.
    Momento alegre me fez rir.
    Uma noite muito feliz :-)

    ResponderExcluir
  13. Quando o meu despertador toca às 6 da manhã para eu ir trabalhar, este seu verso é todo ele para mim: "Metade de mim é cansaço, a outra metade precisa descansar".
    De resto, achei um piadão ao seu humor.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  14. rsrsrs...
    Adorei o humor da prosa.
    Ri por inteiro-rs.
    O autor da ficção deu um ótimo toque de ousadia ao desafiar a amada, já chateada e irada, com o detalhe da joalheria-rs. Muita criatividade.
    Lembrei da música 'Metade', de Oswaldo Montenegro, que gosto de montão.
    Pois é, estou como o personagem da ficção: "Metade de mim é cansaço, a outra metade precisa descansar", ou 'Metade de mim é preguiça, a outra metade também'-rs.

    Mais uma deliciosa prosa. Bom ler textos assim, que descontraem e fazer abrir sorrisos.

    Excelente final de semana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  15. hahahahaha Gostei, Felis! E tem um humor preciso essa postagem. Aliás, de fácil identificação, inclusive... rs abçs e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  16. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Ai, Felisberto, como é bom ler um texto e rir!
    Parece-me que tudo tem dois focos e, por vezes, ambos nos chamam com tamanha intensidade que acabamos fazendo escolhas equivocadas (rss).
    Dizem que somos inteiros, mas isso não quer dizer que não tenhamos partes que brigam entre si, querendo se impor. E entre as opções que se apresentam, nosso estado de espírito momentâneo é força motor na escolha. Sua criatividade me encantou, mas que maldade colocou na resposta final!!!!!! kkkkkkkkkkkk.

    (Obrigada pelo gentil oferecimento. Quando tiver alguma dúvida, certamente pedirei socorro a você.) Bjs.

    ResponderExcluir
  17. Rsrsrsr, adorei, Felis!!! Seu poema me fez pensar na música "Metade", de Oswaldo Montenegro, um dos mais belos poemas que já ouvi... conhece?
    Penso que de vez em quando largar a rotina e se dar um tempo é primordial. Já comprar briga com a amada... não sei se é tão prudente, kkkkk.
    Somos sempre metades de muita coisa e quem consegue administrar esses paradoxos, vive feliz.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  18. hahahaha Felis, adorei, delirei, quase infartei com essa narração! kkkkkkkkkk
    Aliás, desde a semana passada o seu forte tem sido piadas né?
    kkkkkkkkkkkkkkkk
    Eu adoro rir, dar gargalhadas, me aliviar dos problemas do dia...

    E piadas assim deixam a nossa noite mais leve, tranquila, com a sensação de que tudo correu bem e que decerto, no dia seguinte, tudo dará certo!!
    Aliás, muito interessante!
    Piada inteligente é assim, suave.. só o roxo no final que coloriu tudo...kkkkkk
    Amei amigo, obrigada!
    Desejo uma semana maravilhosa e de muitas risadas!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  19. Querido poeta lindo que metade é
    poeta e outra metade tbém kkkk me faz
    rir e pobre Amanda acho que sentiu por uns segundos
    que ia ganha rum anel kkk
    Abraços de sempre
    Rita

    ResponderExcluir
  20. Muito linda e fantástica esta tua história,gostei bastante!!

    ResponderExcluir
  21. Mas esse Felis, me fazendo rir por inteiro. :)))

    ResponderExcluir
  22. OI FELISBERTO!
    AS METADES TEM DE SE ENCONTRAR POIS, UMA DELAS NÃO DEVE ESTAR ENXERGANDO DIREITO.KKKK
    MUITO BOM TEU TEXTO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Olha aqui, meu querido, esta tua veia humorística é algo de causar inveja! Meu marido me viu rindo e logo perguntou do que se tratava. Contei-lhe a piada e, é claro, recriei-a com doses e trejeitos que já o fizeram rir desde o início e a gargalhar gostosamente quando ao final.
    Grata meu querido, por este delicioso momento!
    Fica com os sorrisos e as estrelas que meu carinho está deixando para ti no desejo de que o final de semana chegue do jeitinho que planejaste, acrescido de muita alegria.
    Helena

    ResponderExcluir
  24. Boa noite Felisberto.
    Você é demais, cria piadas que nós faz descontrai geral KKKK. As mulheres da minha família, depois de ligar para acordar o marido, depois para o trabalho, e não os encontrar, ligariam para o necrotério rsrs, se não estivessem la, seriam por pouco tempo, elas mesmas matavam rsrs [ estou brincando] mas pensariam com certeza que estariam sendo traídas rsrs. Enfim uma boa piada meu amigo. Um feliz final de semana. Abraços.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Subir Página