Cortando



Dizem que tudo começa quando ainda somos crianças .
Somos educados e cobrados a ter certas atitudes, ali aprendemos e apreendemos coisas boas e coisas ruins.
Pois é, nada à ver; comecei a fumar já com 18 anos.
Portanto, apto à responder por qualquer ato civil.
*Filava os cigarros dos colegas da instituição financeira onde trabalhava e dos amigos da instituição onde estudava e assim, comecei a fumar.
Na verdade eu nem sabia tragar, só deixava na boca e depois soltava devagar.
Um por dia, dois por dia, em progressão aritmética e geométrica, onde a constante era um cigarro na boca.
Mesmo com histórico familiar e péssimas notícias, problemas de saúdes decorrentes e relacionados, insistia em fumar. Mesmo com aquele pigarro insistente, mesmo que espantando lindas garotas pelo bafo de nicotina e pelo amarelo dos dentes, mesmo com a falta de ar no final de cada pequena caminhada, mesmo com o preço do maço, que me custava mais de cem reais por mês, insistia em fumar. Mas, resolvi, agora depois dessa crise de esofagite , diarreia e refluxo,tudo junto e misturado,  ser firme e condenar esse vício à morte. Antes ele do que eu! Ainda estou na primeira fase. Com a guilhotina e cortando a cabecinha de cada cigarro por cada cigarro.




*Filava - Bras. Pop. pedir sem pagar; obter graciosamente;
*
Mãe?
É uma palavra mágica que move todos dos corações. Afinal...
Dia das Mães é todos os dias.
Felicidades para todas as mulheres que são mães.

Obrigado, 
ℱelisberto N. Junior

Comentários

Descer Página
  1. Que bom que estás cortando! teus pulmões e saúde agradecem. Obrigadão pelo carinho pelo dia das mães! abração e continua firme! chica

    ResponderExcluir
  2. Oi Felis você com seus textos surpreendentes e criativos e eu sabia que nem tudo em você era perfeito, tinha esse defeito, o de fumar, hahaha,torço imensamente que consiga cortar definitivamente , sua saúde agradece.
    boa final de paulistão,beijinho e xauzinho

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela luta e pelas conquistas. Eu, por aqui, neste campo continuo derrotado ... rs

    Feliz dia das mães a todas elas que por aqui estão. Aquelas que não mais estão o meu carinho de saudade.

    Bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  4. Que bom você ter cortado esse vício amigo Felis!
    Graças a Deus meu marido deixou de fumar há muitos anos.
    Obrigada pelos cumprimentos pelos dias das Mães.
    Bjs E Um ótimo domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  5. Também parei de fumar, Felis. E olha que fumava 8 maços por dia. Muito boa a sua escrita.
    Beijo*

    ResponderExcluir
  6. Boa noite, amigo Felis!
    Como não tive precedente familiar, não temos eu e filhos o hábito do fumo... nem outros, graças a Deus pois só nos faz mal à saúde!
    Tenha um dia abençoado amanhã!
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  7. Excelente atitude em prol de sua vida saudável!
    Obrigada, pelo carinho ao Dia das Mães!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia, amigo Felis!
    É o curso de nossas vidas, desistindo de coisas, escolhendo entre o prazer e a saúde, entre fazer ou desfazer, entre isso ou aquilo. Cada caminho que escolhemos é uma incógnita, mas vamos aprendendo quando nos conhecemos mais profundamente e apreendemos o equilíbrio que precisa haver em nossas vidas para que a vivamos plenamente.
    Um anjo tem duas asas, uma é a razão, outra a emoção...somente voamos quando as duas estiverem equilibradas.
    Um abração!
    Bíndi e GHost

    ResponderExcluir
  9. Olá, Felisberto.
    Fico realmente feliz por você! Fumar nunca pode ser algo bom. antigamente, os médicos - ainda não conscientes dos perigos do cigarro - recomendavam aos nervosos que fumassem. Cigarro, segundo eles, ajudava a acalmar... melhor ficar nervoso.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  10. Olá Felisberto.
    Da o primeiro passo é o mais dificil, creio eu, não falo por experiencia propria pois dizem que o vicio do cigarro é algo terrível. Pedir meu irmão para esse vicio, devido ao fumo teve câncer na laringe e foi uma das piores experiencias que eu tive que lidar. Foi eu e a minha filha que tomamos conta dela do diagnostico ate o fim, e que fim doloroso, tomei horror ao fumo, mesmo assim quando ele me pediu para da a ultima tragada, já morrendo eu ainda fiz a sua ultima vontade, pois sabia que já era o fim, tinha tumores inoperáveis em toda a laringe. Já com traqueostomia e sonda para se alimentar. É um vicio cruel e fico muito feliz pela sua decisão, lhe desejo sucesso na sua sabia decisão. Tenho outro irmão que depois disso passou a mastigar chiquete nas pioras horas que na dele era depois do café, para resistir a fumar, esta firme e forte graças a Deus. Lembre-se você é um vendedor, vai conseguir, não desista. Um lindo dia aos pais que são pais e mães ao mesmo tempo, inclusive os que são pais e fazem o papel de mães também,enfim os que criam as suas crias com amor e dedicação. Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Salve, Felisberto, amigo blogueiro!

    Aprendi a fumar com 16 anos... meu professor foi meu marido que adorava mulheres fumantes. Fumei por muitos anos até 12/04/12, quando fui sequestrada na porta de casa, pq tinha parado na porta pra fumar e não queria entrar em casa fumando.
    Bom, já se passaram quatro anos e, se eu encontrasse hoje os meus sequestradores, que na ocasião foram muito cruéis comigo, hoje eu os abraçaria agradecida. Não fosse eles não teria parado de fumar.
    Os benefícios foram tantos que nem me lembro mais do gosto. Está tranquilo, nunca mais fumarei.
    Força pra vc, vá me visitar lá no blog quando puder.
    Abraço carinhoso!

    {W_[amar yasmine]}
    werthereamaryasmine.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Força aí, Felis. Vais conseguir!

    ResponderExcluir
  13. Olá kirido,

    O cigarro é mesmo uma droga. Muitos começam ou começaram como uma brincadeira, ou por influência de amigos, ou pelo apelo das mídias, quando eram permitidas belas propagandas de cigarros, ou até mesmo porque era 'chique' fumar. Depois, infelizmente, torna-se um vício. O primeiro cigarro que coloquei na boca me foi dado por um ex-chefe, ora falecido, que insistiu para eu experimentar. Não sabia fumar e nem desejava. Já estava com uns 25 anos. Daí pra frente, você pode imaginar o seguimento da história. Fumo até hoje, por teimosia, pois sou altamente alérgica, embora fume pouco. Meu marido, ao contrário, fuma demais. Chegamos à conclusão de que passou da hora de parar. No geral, os fumantes largam o cigarro quando levam um susto, ou seja, o abalo da saúde. Parece ser o seu caso. Fique firme em seu propósito, pois você somente terá a ganhar. Resista e tenha perseverança. Sua saúde agradecerá.

    O dia das mães, por aqui, foi regado a lembranças e saudades. Fizemos uma pequena reunião familiar, onde o assunto principal foi a trajetória de vida de nossa mãe, nela incluindo fatos engraçados e fatos tristes.

    Feliz semana!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Que bom, Felis. Um passo difícil, mas mt importante que com certeza te deixará melhor. Não irá se arrepender. Cigarro é uma merda. Livre-se disso. E fique firme. Espero que tenha tido um ótimo dia das mães. Abração!

    ResponderExcluir
  15. Parabens, espero que tenha sucesso! nunca fumei mas sei que é dificil! abraços energeticos para tua caminhada!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Subir Página