O inevitável desabrochar

Percorri caminhos sinuosos, estradas traiçoeiras, trilhas íngremes, ruas solitárias.
Com o céu nublado, de noite ou de dia, não sabia!

Sentia a luz da bendita estrela verde da esperança , que muito insistia em uma sentença , o encanto no meu coração , confuso e sereno, que com ou sem paciência, nem mais esperava.

Até que de forma sutil, os flertes e olhares com respostas começaram a moldar um cenário colorido.
E finalmente a encontrei.

E o inevitável desabrochar do amor aflorou.
Aflorou e descontrolou tudo.
Pudera, a razão me manda ir devagar.
O amor já me fizeste sofrer.
Coração insiste e não quer saber.

Nem sei mais o que poderá ser daqui para frente.
Sê tão forte, capaz de mudar o mundo; sê tão frágil, capaz de terminar num segundo.


ficção "qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência"ou não!

Obrigado,

Comentários

  1. Bom dia querido... belas palavras.
    "Sê tão forte, capaz de mudar o mundo; sê tão frágil, capaz de terminar num segundo".

    Se forte for, é um belo amor!
    Mas se frágil é, um belo amor não é.

    Abraço apertado e uma linda semana
    :*

    ResponderExcluir
  2. Olhares encontrados dardejam fagulhas levadas no ar das emoções mútuas...momento ímpar e revelador, daí pra frente só os dias anunciarão o que virá.

    Bela passagem, Felis.
    Excelente semana.
    Bjo,
    Calu

    ResponderExcluir
  3. Que lindo!!!

    Uma ótima semana pra você.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  4. Oi Felis nossa q linda de +, sempre esperamos que tudo dure, importante é viver a intensidade do sentimento e do momento, feliz semana Felis,my idolo,beijinho,xauzinho

    ResponderExcluir
  5. Nada importa além do viver ... plena e abundantemente ...

    ResponderExcluir
  6. Oi Felis!
    Um desabrochar é sempre lindo e ainda mais depois de percorrer caminhos sinuosos, estradas traiçoeiras, trilhas íngremes e ruas solitárias, fico daqui imaginando a felicidade com esse amor que aflorou.
    Bjssss amigo e uma semana abençoada p/vcs

    ResponderExcluir
  7. Boa noite, amigo Felis!
    O Amor é Etermo já o amor pode ser efêmero ou não...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  8. Seus textos românticos são sempre os mais inspirados, Felis. Ótima e tocante postagem. Abçs e boa semana.

    ResponderExcluir
  9. Bom dia menino poeta. Olha eu aqui!
    "E o inevitável desabrochar do amor aflorou.
    Aflorou e descontrolou tudo."
    E, como entendo isso. Não esperamos,
    nao planejamos e de repente, cá estamos nos
    apaixonados de novo. Lutamos contra a Razão,
    mas quando o amor quer aflorar, não conseguimos
    deter nosso coração.
    Passei pelo Gmail, te vi, te li e nao resisti.
    Beijos saudosos. :)

    ResponderExcluir
  10. Oi Felis ! Maravilhoso esse seu texto hem! Estou meio sumido dos Blog não e´mesmo? Esse Ano já escrevi um livro de romance e realidade; "Cancões de setembro" Estou escrevendo outro de cronicas onde exploro nosso folclore. Então não esta sobrando muito tempo , mas quando posso posto, um texto la em curvas, retas e esquinas. Pois e´o amor e- isso tudo... Nos desequilibra assim como nos eleva...Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  11. O jeito é deixar rolar, vivendo cada segundo.
    Bela imagem e palavras.
    Linda tarde, abração esmagador.

    ResponderExcluir
  12. Que bonitinho Felis!
    Este foi um dos mais mimosos que li, a começar pela imagem delicada e terna...
    Que belos versos, suaves, desabrochando como delicadas flores...
    Tudo que um dia era escuro e sombrio, transformou-se, como um passe de mágica, em um lindo e possível conto de fadas...ou será que não?
    Eu arriscaria tudo, mesmo ainda estando dolorida... Afinal quem não arrisca não petisca..rsrs
    Lindo amigo, amei, como sempre!!!

    Linda semana para você tá?
    Beijos!!! :))))

    *obs: Adorei essas sombras em degradê nos comentários!
    Ficou elegante por demais! :))))

    ResponderExcluir
  13. Oi querido amiga
    O amor pode ser lindo mais também teu o outro lado.Parabéns lindo demais. Uma boa noite para vc.

    ResponderExcluir
  14. Ah, meu querido, quando o Amor desabrocha não há como controlar o sentimento nem conduzir as emoções. Chegam simplesmente e ocupam a alma, o coração, o olhar, e todo o corpo fica a vibrar naquela sintonia, indiferente à vontade que se tem, muitas vezes, de não se entregar, de querer direcionar os sentidos... Inútil tentativa, pois o Amor "descontrola" tudo e é nesta confusão de sentires que está a beleza do sentimento. Há que se deixar levar pela correnteza das emoções, não há outro atitude, pois se insistirmos em podar ou bloquear sentimentos e emoções deixamos de viver um belo período da vida que é se deixar envolver pelas descobertas, pelos desabrochares, de tudo aquilo que faz parte da nossa trajetória de vida. Viver é isto, meu querido, se jogar, se envolver, se maravilhar...
    Teus poemas sempre encontram dentro de mim um eco que por vezes até me assusta quando o vejo despertar e trazer à tona sentires adormecidos no tempo e nas emoções. Bom demais te ler, meu amigo, bom demais!
    Fica meu carinho no sorriso que as lembranças em mim despertaste, e um punhado de estrelas a iluminar o teu olhar tão bonito com relação aos sentimentos.
    Helena

    ResponderExcluir
  15. Olá Felis!
    Fantastico texto. Desejo que ao percorrer caminhos sinuosos e estradas traiçoeiras desabroche um lindo e verdadeiro amor.
    Desejo as maiores felicidades
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Boa noite Felisberto.
    Quando o amor aflora. Nada consegue o deter e nem devemos tentar. Apenas deixar o amor controlar o nosso coração. Nada vence o amor e amar é bom demais rsrs. Um lindo poema. Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Olá, Felis, como vai? É curiosa essa dualidade do amor, nos torna tão fortes e ao mesmo tempo tão frágeis, podemos mudar o mundo em um segundo, ou ver nosso mundo desabar no mesmo tempo...
    Mas que graça teria a vida sem amor? E quantos de nós procura por alguém que seja feliz junto conosco numa relação mútua? Talvez eu seja somente uma romântica incurável, daquelas que não vive sem estar em romance, rsrsrsr.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  18. Olá Kirido,

    É lindo quando o amor desabrocha, ainda que bagunçando tudo, pois ele tem o condão de enfeitar os nossos dias. Sempre se tem resistência ao amor quando já se sofreu em razão dele, mas sua força é maior do que a razão. Melhor sempre embarcar no amor, sem se preocupar com o depois, pois toda compensação sentida em decorrência deste lindo sentimento valerá por qualquer lágrima derramada em razão dele.

    Lindo!

    Belos dias.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  19. Bem por ai meu poeta lindo, é nesse
    desabrochar das flores , do colorido
    do sol , da luz da luz que tudo começa
    adorei esse desabrochar deixa fluir
    Bjuss de bom final de semana
    Rita

    ResponderExcluir
  20. É tão lindo quando o amor acontece.. Acho que não existe uma explicação que aflore tanta beleza. O amor é inexplicável!

    Um ótimo dia dos namorado amiguinho. Bjs

    ResponderExcluir
  21. Boa noite, amigo Felis!
    Que o verde da esperança nunca desapareça do nosso coração!
    Bjm muito fraternal

    ResponderExcluir

Postar um comentário