Fico pensando

No alto da colina,  fico pensando no começo de tudo, no trecho estreito, na espreita ,   essência de amor-perfeito, perfeito amor eu conheci. 
De folga da rotina, fico pensando que a vida tem um quê de mistério, o  tempo corre e conjura, tudo muda , no criado mudo, o retrato mudo, silêncio em tudo, silêncio absurdo. 

Eu me pergunto porque você foi embora antes de mim.
 Por que não ficou?
É o choro querer chegar, querer fugir-me para seguir-te.

E se anjos vão, no céu estão,   me espere!
Quero fazer de nosso amor na Terra, 
rascunho de uma história com final feliz.

 [Qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência...Ou não!]
°
Obrigado,

Comentários

  1. Felisberto, eu já passei por isso, a gente fica sem chão, a lua entristece, a chuva batendo na vidraça me fez chorar.
    Depois o tempo passa, a vida muda e aprendemos a sorrir novamente. É Deu fazendo seu milagre.
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  2. Oi Felis cedo ou tarde temos que saber enfrentar a morte de alguém amado e eu amei a forma poética como vc escreveu sobre isto
    Feliz semana Felis my idolo beijinhos xauzinho

    ResponderExcluir
  3. Felisberto, a vida tem os seus porquês e cabe a nós sabermos enfrentar o que se apresenta pois nem tudo é eterno e nem tudo são alegrias. Viva, ame e faça dos seus momentos os melhores da sua vida.
    Beijo grande com carinho.

    ResponderExcluir
  4. Olá, Felis, como vai?
    Há amores que merecem ter um final feliz, ainda que transpassem a barreira entre a vida e a morte. Seu poema me fez pensar que não deve ser nada fácil perder alguém que amamos tanto, mas a solução que fica, é como diz, "vida que segue". Abraços!

    ResponderExcluir

Postar um comentário