Não dessa vez!


Não vou atender meus desejos e olhar para alguém que vai tirar meu chão.
Eu não vou!
Não dessa vez!

Eu só preciso controlar esse ímpeto de querer olhar.
Segurar meu chão e fingir que teu olhar não me incendeia.
Perturba-me! 
Provoca o meu íntimo!

Ficarei dentro de mim, esperando que as estrelas que acompanham-me em toda noite, tornando-as menos escuras, brilhem no firmamento e repitam, vezes sem conta, mesmo se as nuvens as escondem, quando será bom tirar os pés do chão.

Poder abrir as asas e voar para ser feliz, por trás do sol que corta o horizonte, feito um pássaro no ar, para se encontrar, olhar pra trás e ter vontade de voltar!
°
[Repaginada,  qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!]
°
Novo Perfil no Facebook ⇒ Felisberto Nagata
°
Obrigado,