O mundo gira

Quando ela me disse o que mais temia, o mundo se abriu abaixo dos meus pés.
Levantei - me do sofá e fui em direção ao banheiro.
Sentei na tampa do vaso e acendi um cigarro.  
Meus cabelos ganharam um pesado cheiro de nicotina. 
Minhas lembranças voltaram à medida que os segundos passavam. 
Meus olhos começaram à arder e a cabeça doía.
Em questão de minutos comecei a sentir o mundo girar.

Voltei para a sala com uma estranheza na alma e a sensação de não reciprocidade foi muito grande. 
E, num surto de raiva, abri a porta da saída com a desilusão amargando na boca .

[Ela só se defendeu à base do silêncio. Também não tinha certeza se estava fazendo a coisa certa. Mas, decidiu deixar que esse amor morresse aos poucos. Entendia que esse seria o melhor fim. Para congelar enquanto está tudo bem e levar assim para sempre.]

Sentei nas escadas à espera de amenizar um pouco a chuva torrencial, 
observando o movimento da rua ... 
minutos depois, ele apareceu com um buquê de flores ...
°


Obrigado, 

Comentários

Descer Página
  1. Texto que dá uma certa angústia, Felis. E também com um quê de mistério. Gostei. abçsss

    ResponderExcluir
  2. Um triângulo amoroso...
    Um dia feliz para si.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso mesmo Elisabete, obrigado pelo carinho, belo dia,abraços!

      Excluir
  3. Angustiante mesmo!

    Belos dias neste resto de semana amigo ...

    ResponderExcluir
  4. Felis, seu lado melancólico está retornando amigo?
    Puxa, é divinamente lindo e sombrio ... Todos os seus versos, mas não posso negar que quando enaltece o encontro do amor, e não o desencontro, tudo fica mais colorido!! Não é?
    Enquanto lia seu poema ouvia a canção da Jessie J - Flashlight.
    Aí sim que tudo ficou de cortar o coração... rsrs

    Um grande beijo e um restinho de semana lindo amigo! :))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é verdade, voltando um pouco ao início do blog, mais intimista, melancólico, desencontro, cinzento; sim, uma tristeza perfeita junto com a música; sim, obrigado pelo carinho, belos dias, amiga Adriana beijos!

      Excluir
  5. Afinal, a vida não pára mesmo...bem como o Tempo...
    Tira as lições que tiveres de tirar e segue em frente... é o melhor, apesar de ser o mais difícil também.
    Abraços fortes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, amigo João, importante tirar as lições e seguir em frente, a vida segue, o mundo gira; belos dias,abraços!

      Excluir
  6. Amei esse final poeta lindo bjuss querido!!
    Sentei nas escadas à espera de amenizar um pouco a chuva torrencial,
    observando o movimento da rua ...
    minutos depois, ele apareceu com um buquê de flores ...

    ResponderExcluir
  7. "Me calei na calada da noite.
    Sussurrei palavras desconcertantes.
    Murmurei sem sentido, palavras inconstantes.
    Mas foi na descoberta de teu sorriso,
    que me vi gritando e cantando seu nome!"
    Beijos em silenciosos :)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Subir Página